Conheço muitas pessoas que dariam quase tudo para voltar alguns anos e décadas para tentar modificar o que fizeram ou o que deixaram de fazer, como isso ainda não é possível ficamos angustiados, tristes e muitas vezes descontentes, o que impacta nossa força interna, foco e comprometimento. Refletir sobre isso nos transpõe automaticamente para o momento presente e desta forma podemos pensar, “o passado já foi escrito, que futuro desejo viver?”. A oscilação temporal nos revela o quanto podemos ser o que queremos e viver o que desejamos, só precisamos nos concentrar e não nos distrairmos.

A insatisfação com o seu hoje possui raízes no seu ontem, é válido lembrar que hoje colhemos o que plantamos e que estamos vivendo a soma das nossas escolhas que fizemos lá trás, ter essa consciência reforça o nosso senso de autoresponsabilidade, não nos fazendo esquecer que estamos onde nos colocamos. Essa realidade de assusta, desafia ou tranquiliza? Seja qual foi a sua resposta, o nosso tempo está acabando e ainda há muito a ser feito, tanto por sua evolução, quanto pelo desenvolvimento da humanidade.

Você já conseguiu compreender o seu propósito? Já entendestes o que viesse fazer na terra? Seus objetivos são claros? Você está seguro do que precisa fazer e de como isso pode ser feito? Essas são perguntas poderosas e que talvez você leve uma vida para encontrar as respostas, mas é válido anotá-las e relacionar-se com elas. Quando entendemos quem somos, o que podemos fazer e do quanto temos a capacidade de sermos melhores, a vida flui e a prosperidade chega.

Chegou o momento de deixar as desculpas de lado, desconsiderar as dificuldades e ser o que nasceu para ser. Uma vida sem propósito é composta por ansiedade, estresse, gastos desnecessários, confusão mental e noites mal dormidas. Lembre-se que não sabemos a hora que iremos partir e isso nos estimula a nos adiantarmos. Voltar ao passado para fazer algo diferente ou viver algo novo não é possível, mas você pode fazer novas escolhas hoje para chegar onde deseja e se orgulhar amanhã.

Se concentre, não se distraia e por favor, faça a sua parte.

Atualmente não há comentários.