Por que duvidamos tanto do nosso potencial? – Vamos Falar da Gente

Nesta minha jornada enquanto Psicólogo sempre recebo mensagens de pessoas que duvidam do próprio potencial, que não acreditam que são capazes, que se sentem menos em relação aos outros e que por diversas vezes não conseguem alcançar uma melhor performance nos papéis que desempenha. Essa é uma realidade séria e precisamos refletir um pouco sobre isso e tentarmos perceber quando nos sentimos assim e o que podemos fazer para nos relacionarmos melhor com a gente mesmo.

São infindáveis as mensagens que recebo das pessoas com a mesma essência, elas não sabem quem são, o que estão fazendo e o que podem fazer. Não há problema em nos sentirmos sozinhos e perdidos, o desafio consiste em permanecer assim. A partir do momento que fortalecemos o nosso autoconhecimento tendemos a não perder tempo, levamos uma vida de forma mais assertiva e conseguimos chegar aonde desejamos.

Precisamos sair do lugar da vítima, daquele que se questiona por que as coisas não dão certo, do porquê a vida social não é fluida, por que os relacionamentos amorosos são fracassados, por que a carreira não decola e por que tudo que toca “morre”. Enquanto estivermos nesta posição não encontraremos as respostas que tanto procuramos. Exercite se reposicionar, assumir um lugar de ação, olhe para dentro e se questione: O que posso fazer para alcançar mais resultados? O que me impede de estudar mais e alavancar minha carreira? Quem são as pessoas que desejo me conectar e o que posso oferecer a elas? Será que eu sou a pessoa que desejo me relacionar? Por vezes só estamos atraindo pessoas que se parecem com a gente…

Antes de buscarmos responsáveis externos, devemos olhar para dentro com coragem, inteligência, sensibilidade e acima de tudo, compreensão. Entender quem somos, o que estamos fazendo e o que desejamos fazer, vai fazer toda diferença ao longo da sua jornada. Não viva como se tudo isso não fosse sobre você, é por estar preocupado com a vida dos outros que esquecemos de cuidar da nossa, ou seja, se nos concentrarmos nos nossos passos, nas nossas estratégias e em tudo o que podemos fazer, nos aproximaremos cada vez mais da vida que desejamos.

Portanto, chegou o momento de deixar as desculpas de lado e procurar um suporte psicológico que lhe auxilie a se desenvolver e alcançar uma melhor performance nesta vida.

Atualmente não há comentários.