Estamos vivendo tempos em que se parecer com qualquer outra pessoa que não seja a gente mesmo virou um dos objetivos de vida. As referências que tivemos ao longo da nossa vida nos trouxeram até aqui, processo esse que nos ajuda a olhar para frente, para os lados, para trás, mas muito pouco para dentro. Hoje desejo te inspirar a se enxergar e reconhecer o que te faz especial, uma constatação que se alcançada poderá te levar a lugares que jamais pensou em pisar ou estar.

Acredito que muitos de vocês já ouviram falar sobre o conceito da felicidade condicionada, serei feliz quando comprar um carro novo… Serei feliz quando comprar minha casa própria… Serei feliz quando me casar… Serei feliz quando tiver um filho… Serei feliz quando… Por vezes parece que esse quando nunca chega e nos tornamos adultos insatisfeitos e com expectativas inatingíveis, uma convivência difícil para todos aqueles que estão ao nosso lado, seja quem for.

Já ouvimos a expressão “A grama do jardim do vizinho é mais verde que a minha”, ela pode até ser, mas uma a reflexão que trago é, por que os outros sempre possuem um resultado melhor do que o seu esforço? Quando passamos a acreditar nas nossas forças, habilidades, competências e talentos temos a possibilidade de reaquecer a nossa chama e fortalecer o nosso brilho. Não perca a fé na sua história e lembre-se o que te trouxe até aqui. Não importa o que fizeram com você, o desafio consiste em o que fazer com tudo o que lhe aconteceu, sem desculpas ou procrastinação.

Aprenda algo e nunca esqueça, o que te faz diferente te torna especial e não se distraia diante deste processo. Por vezes acabamos duvidando do nosso potencial e isso é uma verdadeira tragédia face a nossa missão na terra. Viemos ao mundo com um tempo determinado e isso está se esgotando a cada dia, nada escolha ser nada menos do que você é, isso é incrivelmente singular.

Atualmente não há comentários.