Não respeitar o tempo dos outros é altamente deselegante – Vamos Falar da Gente

Se tem uma coisa que precisamos refletir é sobre a forma como lidamos com o nosso tempo e sobre como encaramos o tempo dos outros. Não há nada mais deselegante do que acreditarmos que alguém pode ficar nos esperando ou que nossos atrasos são esperados e que os outros devem ser flexíveis as nossas dificuldades e realidade. Se você acha que o que faz ao longo dos seus dias é mais importante do que a atividade de terceiros, esse texto foi feito para você.

No Brasil instaurou-se a cultura do atraso, estamos sempre atrasados para os compromissos, algumas pessoas até preferem se atrasar, deixando a pontualidade de lado e acolhendo um comportamento egoísta e muitas vezes desrespeitoso. Para entendermos melhor porque nos comportamos assim, devemos expandir o nosso olhar sobre algumas variáveis; política, econômica, geográfica e culturais, todas essas nos ajudam a entender algumas questões, mas jamais justificarão um atraso.

Se moramos longe do nosso trabalho, isso significa que devemos sair mais cedo de casa. Se temos uma viagem marcada e o embarque inicia em um determinado horário, devemos nos organizar para chegar alguns minutos antes do que nos foi informado. Se temos filhos pequenos, algum tipo de necessidade especial ou uma logística complexa, isso exige de nós uma melhor gestão de tempo e mais alguns minutos para melhor administração das variáveis.

Muitas vezes o atraso se instala porque pensamos “Aquele médico sempre atrasa…”, “Todas as vezes que marco com meu amigo ele chegar 30min após o que combinamos…”, “O professor passar os primeiros 20min da aula conversando com os primeiros alunos que chegaram…”. Diante desta realidade devemos refletir porque o comportamento do outro acaba definindo o nosso? Por que a deselegância dos outros molda nossa forma de ser? Por que espelhamos o comportamento disfuncional das pessoas?

Sempre que atrasamos em um compromisso passamos uma mensagem que o nosso tempo é mais importante do que o tempo daquela pessoa que aguarda por nós e essa realidade é altamente deselegante. O ciclo do atraso só poderá ser rompido quando todas as pessoas que esperam por alguém passarem a não esperar mais, afinal de contas, o desrespeito só se instala quando ele é aceito. Portanto, aprenda a considerar o tempo daquele que se disponibilizou para estar contigo, antes que ele perceba que sua companhia ou presença são completamente desnecessárias.

Atualmente não há comentários.