Do que você se arrepende hoje? – Vamos Falar da Gente

Ao longo da nossa jornada temos a possibilidade de vivermos experiências boas e ruins e com isso podemos viver a sensação de arrependimento, de circunstâncias que vivemos ou deixamos de viver. É natural nos sentirmos assim algumas vezes ao longo da nossa vida, mas devemos ter atenção se não estamos vivendo uma vida completamente arrependidos. Se essa é sua realidade então esse texto foi feito para você, vamos entender melhor tudo isso.

Vamos avançando na vida e por vezes nos deparamos com realidades as quais gostaríamos de viver ou definitivamente se pudéssemos voltaríamos no tempo e escolheríamos diferente. A depender das nossas experiências de vida adquirimos maturidade e crescemos bastante, isso nos ajuda a nos conhecermos melhor e a entendermos o que faz sentido para nossa vida e o que devemos abandonar. Quando conseguimos alcançar esse entendimento a nossa vida fica muito mais equilibrada e tranquila.

Podemos nos arrepender de algo que vivemos ou de algo que desejaríamos viver, o processo do arrepender-se nos remete sempre ao passado, nos retirando do momento presente e nos desconectando do futuro que desejamos alcançar. Algumas pessoas estão tão presas aos arrependimentos que esquecem de viver o que existe para elas hoje e consequentemente deixando-as ainda mais distantes do futuro que tanto desejam viver.

Muitas vezes nos arrependemos porque olhamos para o nosso passado com a maturidade que temos hoje e talvez esse movimento seja uma tremenda injustiça, afinal de contas, se pudéssemos fazer diferente talvez tivéssemos feito. O Coaching me ensinou que todos nós damos o melhor, não importa o que aconteça, estamos fazendo o que podemos o tempo inteiro. Ter esse entendimento expande nossa consciência sobre aprendermos a acolher o que fomos e o que nos tornamos.

Quando pensar em se arrepender ou em manter-se agarrado a ele, lembre-se dos motivos que te fazem avançar, se nos conectarmos ao que nos move tenderemos a esquecer o que passou e nos animaremos pelo que tem por vir, tente!

Atualmente não há comentários.