Eu sei que as coisas estão bem aceleradas e parece que o tempo está voando, com isso a nossa ansiedade aumenta, assim como a antecipação dos sofrimentos. Sempre que trazemos o futuro para o presente, perdemos a chance de modificarmos o hoje e isso pode ser muito angustiante para algumas pessoas. Quando olhamos para o lado tendemos a achar que a grama do outro é mais verde que a nossa, assim como os desafios e conquistas, mas vale lembrar que somos responsáveis por nossas escolhas e isso é de fato um privilégio.

O Brasil vem passando por meses desafiadores nesta pandemia e de alguma forma você pode sentir-se ansioso, temeroso, intolerante, desanimado, preocupado e até estressado. Só de pensar nos novos desafios que estão por vir, nosso coração acelera, a mão começa a transferir, nossa respiração muda, a insônia chega, a geladeira começa a ser assaltada e parece que não conseguimos enxergar as coisas com clareza, esses são alguns sintomas que você precisa tranquilizar-se, encontrar seu eixo e centrar-se. As coisas não serão como imaginamos e isso exige de nós paz de espírito, temperança, domínio próprio e esperança.

Sempre quando antecipamos o sofrimento trazemos para o momento presente uma realidade que talvez possa não se concretizar, ou seja, nos preocupamos, nos desesperamos, criamos ilusões e nos distanciamos da realidade, pois a teoria que criamos só existe na nossa cabeça e parece que todos ao nosso redor não estão enxergando o cenário catastrófico que estamos vivendo.

Portanto, encontre formas de relaxar, respirar, reduzir sua exposição a realidades que possam te deixar ansioso e entenda que o amanhã é apenas uma previsão, quando ele chegar teremos a chance de vive-lo e desfruta-lo, viva o seu hoje, talvez não estejamos aqui amanhã.

Atualmente não há comentários.