Ainda não foi dessa vez que a nova secretária de Turismo de Maceió, Patrícia Mourão, ganhou presença em momento de destaque no cargo.

Ela não estava na recepção ao ministro Gilson Machado, do Turismo, em Maceió. Mourão está chegando do Rio de Janeiro, onde mora, hoje.

Pela foto oficial, a família Caldas engrossou o comitê de recepção ao representante do governo Bolsonaro.

Além do prefeito JHC, o irmão dele, João Antônio Caldas – assessor do Ministério do Turismo –, e o ex-deputado João Caldas (pai), foram ao aeroporto receber a autoridade vinda de Brasília.

Em pleno feriado, um programa em família.

Também estavam lá: o ex-prefeito Zezeco, da Barra de São Miguel, hoje administrada por Biu de Lira, e Tito Uchôa, amigo-irmão do senador Renan Calheiros.

Coooomo?!

Aqui, todos os caminhos dão em… (complete).

Arthur Lira recomendou a deputado "tornar pública" a denúncia sobre a Covaxin
Renan avisa que CPI pode pedir prisão de ministro de Bolsonaro
  • Carlos

    Falando dos que foram recepcionar o Ministro do Turismo, com a boa vinda dos benefícios para o turismo da terra dos Marechais! Destaque para o primo irmão Tito Uchôa,do senador Renan Calheiros, que já foi o guardião Mor, dos sacos das Laranjeiras doces e gostava de chupar umas laranjinhas ,na moita era quando nas intervistas a sua voz era idêntica ao primo senador e agora recepcionar o Ministro do governo Bolsonaro e atual inimigo de infância do senador. Sai de baixo…” Cooomo?

  • Antônio

    Que coisa feia Patrícia Mourão… JHC tá ficando sem comando

  • Marcos Paulo

    Tantos Caldas juntos…