Independentemente do que acham as “torcidas”, no embate entre o senador Renan Calheiros e o presidente Bolsonaro, ganham os dois.

Por óbvio, o senador do MDB de Alagoas conseguiu superar o período em que passou no baixo clero – segundo a própria avaliação – para ganhar no espaço no proscênio da política nacional.

E tem aproveitado bem a visibilidade que a CPI tem dado a ele, com críticas cada vez mais duas ao presidente da República, que não está “nem aí” para os protocolos sanitários.

Bolsonaro, por sua vez, faz cada vez mais o que sempre fez: fala para a sua tropa, e, de quando em vez, investe contra Calheiros (que não há de achar isso ruim).

Na seu último ataque, o presidente disse que Calheiros é “especialista” em desvio de recursos e deveria, portanto, apurar esse tipo de golpe ao erário na CPI.

Ressalto: o embate não é artificial, mas se enquadra naqueles em que os dois lados saem ganhando – pelo menos por enquanto.

 

 

Mudança do AL Previdência tem PEC e Projeto de Lei só para "servidores civis"
Ocupação de UTI em Alagoas supera 90% em todo o mês de junho
  • Carlos

    O que será que está por trás que o presidente não saí da boca do povo e dos comentários dos principais órgãos de imprensa 24 horas?
    É Bolsonaro de sem máscara, de moto, montado no cavalo, no avião comercial, na padaria tomando café, na praia é Bolsonaro pra lá e Bolsonaro prá cá….

  • Sérgio Eduardo

    Renan Calheiros quer indicar o vice na chapa de lula com apoio do MDB. Por óbvio ele mesmo ou o filho renazinho

  • ROBERTOPAIVA

    RENAN CALHEIROS É E SEMPRE SERA RENAN CALHEIROS.

  • ISSO É BESTEIRA!

    O que é a relatoria de uma CPI para quem já conseguiu fatiar um artigo da Constituição Federal no impeachment de Dilma “Estoca Vento” Rousseff, e manobrar, como sempre, para a Ex-PresidANTA continuar com o direito de exercer a função pública?

  • Jorge

    RENAM NÃO ENGANA MAIS NINGUÉM! A CPI PERDEU O CRÉDITO COM ELE COMO RELATOR E, O MITO VAI TERMINAR NAS ENTRANHAS DO MINOTAURO… FORA OS DOIS!