Os policiais militares, seguramente, não se sentem à vontade para fazer a fiscalização do cumprimento do decreto estadual de isolamento social em muitos lugares.

Mas é exatamente o que eles têm de fazer, tanto que a cobrança de muita gente diz respeito exatamente à ausência de policiamento nos locais de maior aglomeração.

Como em tudo na pandemia, no entanto, também este trabalho – quando executado – sofre duas críticas de uma parcela da população, dividida e ativa nas redes sociais. Foi o que aconteceu ontem, no Francês.

Fato concreto e objetivo: não há uma solução boa para um problema que envolve educação doméstica, empatia e senso de cidadania, respeito aos outros – mais até do que respeito às leis,

A polícia, neste caso, é cobrada para que cumpra o seu papel, o que acontece principalmente por parte dos empresários que se veem prejudicados pelas restrições de  funcionamento dos seus negócios.

Infelizmente, fiscalizar – o que deveria ser desnecessário, pela gravidade dos números da Covid-19 em Alagoas – surge como a melhor solução neste momento tão grave, por mais que haja críticas ao trabalho.

Simplesmente acusar a periferia pelas aglomerações, por outro lado, é uma demonstração de quanto somos preconceituosos ao lidar com as camadas mais carentes da população.

É como se dissessem: “Polícia é para pobres.”

E não deve ser.

Ocupação de UTI em Alagoas supera 90% em todo o mês de junho
Aliado histórico de Roberto Jefferson, Collor pode voltar ao PTB
  • Albino

    Eu até entendo que a população precisa contribuir evitando aglomerações, o que fico triste é proibir que o pessoal faça sua caminhada na orla, isso é saúde e uma recomendação médica. A atividade física faz parte também para o melhor desenvolvimento do sistema imunológico. Qual a diferença que tem caminhar durante a semana e fechar nos finais de semana as praias para esse tipo de atividades? Tudo bem que houvesse a fiscalização evitando a aglomeração, mas, tirar esse direito do cidadão, acho isso um absurdo. As pessoas estão também ficando doentes de depressão, isso sim baixa o sistema imunológico. Acredito que deveriam conscientizar a população e ofertar medidas para que as pessoas pudessem cuidar do seu sistema em seu corpo. São atitudes hipócritas que não conseguimos entender

  • Ronaldo Medeiros

    A PM com a fiscalização salva vidas, essa minoria que teima em descumprir é a mesma que nega a ciência e se considera superior a tudo e a todos!

    • James

      Mas essa fiscalização não deveria ser feita também com os políticos e o governador?

    • Fernando

      Manter as praias abertas de segunda a sexta, e fechadas aos fds… que ciência é essa?
      É chamar o povo de idiota e querer que o povo admita que é idiota.

  • Oliveira

    São negacionistas parabéns a polícia e ao governador

  • Fernando

    Caro Ricardo, a fiscalização vista nos vídeos de ontem parece um tanto quanto cinematográfica e publicitária. Sábado por volta das 18 horas estava de carro em Cruz das Almas dirigindo coincidentemente atrás de uma viatura da Ronda no Bairro. Era dia dos namorados e contei cerca de 20 casais andando pela orla daquele bairro. A viatura ignorou por completo a presença dos caminhantes.

    Sou a favor da restrição, estou cumprindo, cobro a fiscalização, mas não vai ser lançando um helicóptero na água e uma tropa de choque na areia em um dia que vai me convencer de que essa vigilância está sendo feita, mas sim ações diárias (e sem cinematografia hollywoodiana).

  • Bel

    A COVID no Brasil vai ser difícil de acabar!

  • Renato

    O erro foi não ter feito como fazem pra dispersar aglomerações na periferia, largando bala de borracha.

  • Zezim

    Fiscalização não há é fato, quem aqui em maceio ja viu ou ouviu falar de alguem que foi abordado por não usar. Mascaras?
    Sabado por volta de 11:00 passei pela orla de carro e vi varias pessoas sem mascara e andando no calçadão ao lado dos pms e nada eles apenas fingiam que não viam.

  • Karolinne

    A Polícia cumpre a fiscalização de um Decreto Estadual, o problema é que as pessoas não tem bom senso em compreender isso, na realidade sequer tem bom senso em compreender a gravidade da situação.

  • DE MARECHAL

    O DESCASO DA POPULAÇÃO EM MARECHAL DEODORO E POR DEMAIS. TODO DOMINGO TEM JOGO NO CAMPO DO GREMIO E A POLICIA NEM A SAUDE FAZEM NADA. TEM CERCA DE 300 TORCEDORES TODOS SEM MASCARA DE PROTEÇÃO.

  • Ivo

    Eu acredito que muitos porque tem o seu rendimento assegurado trata da questão como negscionismo e outras politicagem. Nada disso, a questão envolve muito mais complexidade. Em nenhum momento esses lacradores chegaram com soluções para aquele que depende do seu trabalho diário para trazer o alimento para sua família,sem ele torna-se impossível a dignidade. A convid é uma realidade, mas pode se encontrar um meio termo, o que não pode e parar tudo, pois, alimentos, água,luz e outros, para milhares depende do trabalho diário . Tenho ouvido muitas críticas, mas as soluções ,nenhuma, a não ser a de me ferrar “fecha tudo, fique em casa, trabalhe só até determinada hora”.Esse vírus r obediente,pois no transporte, no mercado, nas rodas dos abastados ele não entra, precisamos de nenhuma politicagem e todos arregaçar as mangas em prol da humanidade contra esse mal, os afagos aos políticos nesse momento é dispensável.

    • Pedro

      Mas ninguém está falando das pessoas que são obrigadas a descumprir o isolamento para fins de trabalho e sobrevivência.
      A matéria fala sobre os que estão descumprindo a ordem para ir passear na praia, promover festinhas e aglomerações desnecessárias, como o presidente da república, por exemplo.

  • Maurício Reis

    E o salário óóóó….Quero saber é do desconto do AL Previdência e da votação desse imbróglio na ALE!!!!!
    COM A PALAVRA OS “universitários”

  • Renan Relator

    A Praia de Guaxuma, Ipioca e muitas outras estavam lotadas, não adianta o Governador baixar um decreto fictício sem ordenar a PM para fiscalizar, até na praia de Ponta Verde tinha algumas pessoas tomando banho de praia, um absurdo. As pessoas não tem respeito pelas outras, pelos que ficaram pelo caminho com a pandemia e as autoridades que devem fiscalizar não o fazem…

  • Lú

    A fiscalização precisa ser constante e em todas as regiões de Alagoas, não só na orla marítima. Por onde ando, encontro pessoas sem máscara circulando como se estivesse na sala de sua casa. As forças de segurança pública (estadual e municipais) precisam fazer cumprir os decretos da Covid-19 e a população consciente precisam apoiar.

    POLÍCIAS E GUARDAS MUNICIPAIS FISCALIZANDO JÁ!

  • Carlos

    Exatamente Lú, o decreto das máscaras não é multado ninguém é muita gente nos dias permitidos sem máscara e a polícia infelizmente faz vista grossa.

  • Flavio Gequita

    Deixo aqui meus parabéns aos policiais, às autoridades e a todos que reforçam a necessidade que a pandemia nos impõe. É uma vergonha precisar de viaturas e sirenes ligadas para remover os semoventes à marra. O dinheiro gasto nessas ações (necessárias, reafirmo) poderia render mais alguns leitos de hospital tão necessários nestes dias.
    Vergonha desses que se afirmam “gente” mas desrespeitam a vida do próximo.

  • David Jatobá

    Isso tudo está se tornando um estado policialesco em determinadas regiões para coibir não sei lá o que!
    Em se tratando de saúde, essas restrições e duração do período de pandemia em que estamos vivenciando está afetando a saúde mental. Eu mesmo, já tinha ansiedade e tomo remédios. Nos últimos meses tenho sofrendo de doenças psicossomáticas, em detrimento de tantos problemas enfrentados com essa pandemia. Senhores políticos, vejam esse problema de forma holística! Eu mesmo, passei em curso na Ufal novamente, e não temos aulas presenciais, a biblioteca da Ufal está fechada há mais de um ano (livros e equipamentos sendo corroídos com o tempo e falta de manutenção). Tudo está ficando insustentável! Até mesmo os “grandes pequenos” empreendedores do dia dia estão sem ter sua margem de lucro. Tudo é uma fantasia! O mercado para os pequenos empreendedores está colapso, não a margem de lucro suficiente para se ter uma vida digna a longo prazo.
    Parece uma súplica o que estou escrevendo, mas é a realidade de muitos que não gostam de falar ou que ainda não percebeu a real situação em que estamos inseridos.

  • Maria José Da Silva

    Em quanto tiver dinheiro o vírus nunca vai acabar principalmente aqui no Brasil já mais acabar

  • Marcelo lins

    Ricardo mota,ontem aqui na praia de guaxuma até paredão de som teve,a praia estava completamente lotada com vários carros com seus sons potentes,como morador fiz o meu papel e liguei para PM e no 181 que não apareceram pra tomar providências nenhuma,a farra se estendeu até começo da noite!!
    Vale ressaltar que ao ligar pra o 181 me madaram ligar pra PM e a PM mesmo tendo recebido várias ligações sobre o ocorrido nem aqui apareceu!!!

  • Francisco

    Depois das cenas vistas nas eleições o governador e seu governo perderam a moral de cobrar ou fiscalizar qualquer coisa.