O problema à frente é o que o monopólio privado pode fazer – e faz com a população.

Sem instrumentos de fiscalização que funcionem, as empresas concessionárias dos serviços públicos pintam e bordam, como se as cidades fossem de ninguém – manda o conquistador que aqui chegar.

O exemplo está sendo vivenciado hoje por Maceió, que vai sendo impiedosamente esburacada, sem que as empresas que fazem o serviço de saneamento – necessário – remendem de forma decente as crateras produzidas por elas.

É um serviço de baixíssima qualidade, típico de quem despreza o contribuinte.

Sanema e Sanama, que fazem a obra de esgotamento sanitário – repito, necessárias -, estão sob o comando da Casal, que já não manda em nada.

Imaginem o que pode vir por aí com o futuro mopolólio privado.

A morte por Covid-19 de quem foi vítima do vírus e dos homens
BRK Ambiental avisa à prefeitura de Maceió que vai pagar R$ 1,4 bilhão ao Estado
  • Marco Aurélio Ximenes

    Não apenas de buracos da casal vive Maceió. Impressionante a incompetência da atual gestão da prefeitura em fazer tapa buracos. Gestão de Instagram

  • José Inácio costa

    Essas empresa faz o que quer, ninguém fiscaliza, tá na hora do ministério público entrar em ação.

  • Daniel

    O asfalto de Maceio está um verdadeiro caos, quem mora na parte alta sabe o que estou falando, a neblina de barro e os buracos de categoria lunar fazem da capital um verdadeiro pasto para se andar, se continuar assim só vai dar para andar de troller.

  • um ALAGOANO

    Esse sistema de recuperação das valas feito pelas empresas de saneamento está sendo um absurdo, em capitais do sul e sudeste a recuperação tem de ser no trecho todo ou seja a rua toda tem de ser recapeada.

  • Vrdebarros

    Quem transita por Maceió já não aguenta mais tanto buraco…moro na parte baixa de Maceió e não dá mais para suportar tanto buraco

  • INÁCIO

    Prezado Ricardo, acredite esse título além de muito apropriado, é a verdade: Buraqueira na parte alta mostra Maceió como “terra de ninguém”
    Importante, seu apoio nesse assunto, atualmente estou andando cerca de 10 km ida e volta para tentar me desviar de um trajeto mais curto, porém totalmente detonado, é importante fazer a uma entrevista com o Prefeito e/ou secretário, das ruas que eu tenho andado 85% dos defeitos vem dessas empresas que nem sabia o nome direito Sanema e Sanama, que fazem a obra de esgotamento sanitário, porém o resultado está degradante, estressante, … a ponto de despertar na gente a vontade de usar um tom de fala mais agressivo para demonstrar a indignação por ser desrespeitado.
    A intervenção nas ruas são profundas, que apenas um remendo, ainda que de boa qualidade não é suficiente. Veja se faz sentido: As ruas depois de restauradas, ou de asfalto novo pela primeira vez, vem essas empresas destruidoras, fazer o saneamento e deixar uma desgraça dessa, é irracional.
    Tem locais, que parece Maceió há 30 anos atrás sem asfalto apropriado, absurdo!

  • Observador

    Na parte baixa tbm

  • Carlos

    Quem pensa que privatizar é a solução do problema do mundo os fatos estão aí. A equatorial, só tem mostrado eficiência em cortes de energia principalmente dos pequenos usuários do sistema elétrico. Imaginem se a saúde fosse toda privatizada agora nessa pandemia talvez vez os números fossem mais alarmantes .

  • Thiago

    É buraco na cidade toda. Nunca vi uma situação dessa…. Uma prefeitura inoperante e sem tato para administrar. Também um prefeito quem raízes bem obscuras (JC pai) e um vice que já está pensando que vai ganhar ano que vem da nisso. Palanque! O maceioense está jogado às traças. Parabéns para quem votou neste lixo.

  • Kleber Cruz das almas

    Concordo com todos os comentários , Não é oposição, é realidade, ando a trabalho em toda a região de Maceió e vejo o descaso, não tem desculpa de pandemia e período chuvoso, infelizmente estamos entregue às baratas.

  • Mário

    Parece que grande parte da população trocou seis por meia dúzia (Rui Palmeira/JHC). A outrora cidade sorriso é um buraco só.
    “O dinheiro que sobra para a manutenção de privilégios é o que falta para garantir a oferta de serviços essenciais – Ismar Viana”.
    (raríssimas exceções).

  • Marta

    Essas empresas estão prestando um péssimo serviço a população e ninguém vê isso não. Kd Ministério Público e os gestores dessa cidade???

  • Emanoel De Lima

    As via que foram feitas, no conjunto B. Bentes estão totalmente destruida pela empresa de saneamento. No conjunto. Eustáquio Gomes, via principal, está toda, destruída, os conjunto adjacentes, às empresas quebraram, o calçamento, estão todos afundando. No Vilagem Campestre, não se fala. Todos asfalto, com buracos. Cadê às autoridades constituintes desse estado? Com à palavra, MPAL, PMM!

  • Zé

    Convido o jornalista a ver as obras de recuperação do asfalto no “condomínio” Jardim do Horto. Lá você verá a perfeição. Parece que é uma obra de pavimentação.
    *A propósito, o nome condomínio está entre aspas porque ali não é condomínio, é associação, apesar de o acesso ser fechado, quem faz a sinalização das vias, coleta de lixo, iluminação pública é o município.

  • RICARDO H BARBOZA

    mas tem mas.eles interrope as ruas em pleno horario de movimento.ja fui a varias capitais e esse tipo de serviço sempre e feito a noite……….

  • Maria Lucia

    Oportuno comentário. Realmente, verdadeiro descaso . A Casal/Sanema encontra-se desrespeitosa com a comunidade da cidade. A nossa parte alta tá um caos mesmo. As ruas sendo rasgadas, quando tapadas fazem o serviço de péssima qualidade, não mostram ou apresentam a comunidade o que será realmente feito. Asfalto virou verdadeiras ondulações sem nivelamento nenhum. O estudo de impacto da vizinhança referente a localização das estações ou bombas elevatórias (odor e ruido) nem se fala. Entram nos condomínios sem apresentar nenhum projeto sanitário. Depois sabemos das existências dessas instalações. Elas vão ocasionar ruído ou odor na circunvizinhança? Onde encontra-se os nossos direitos pra sabermos o que vai acontecer na nossa rua ou porta? Acredito que os órgãos fiscalizadores deveriam atuar melhor. Cadê o Ministerio Publico, ARSAL (Agência Fiscalizadora dos Serviços Públicos) e Prefeitura referenciando as leis ambientais? A lei 6.938, da Politica Nacional de Meio Ambiente retrata os nossos direitos ambientais, mas o silencio pra tal tá assustador!!!
    Lamento isso tá acontecendo e nunca é tarde pra todos responsáveis fazerem o dever de casa mais profissionalmente. Nossa cidade é linda e se for bem cuidada todos têm a ganharem.
    Agradeço a oportunidade em comentar algo. Vamos trabalhar meu povo pra deixar nossa cidade arrumadinha.

  • Abrahão

    Aqui na parte alta também é buraco por todo lado, quem transita de veículo corre o risco de danifica-lo, aí faço uma pergunta. Aonde estão os vereadores que falam que são representantes da parte parte alta para cobrarem da prefeitura? Só aparecem de quatro em quatro com promessas, mas não são santos, resumindo, nada fazem.

  • alisson

    Esse prefeito só tá preocupado em achar o roubos do rui palmeira. rodo de Uber gastei 2.600 só de suspenção dianteira por culpa dessa buraqueira que e feita na parte alta. E falando claro 5 anos que rodo não vi tanto buraco que nem agora. E pior que as pistas estavam lisas agora coisa mais feia do mundo tapa buraco. Quando pegar turista vou atolar eles nesses buracos para eles verem a Maceió do buraco .

  • Moura

    Hoje andei vi isso mesmo,andei Av santa Lúcia ,Av Cleto, Salvador lira,via expressa , distrito industrial, Eustáquio Gomes, Benedito Bentes…..
    Sinceramente o descaso e grande.

  • Danilo

    O pior é eles asfaltarem ruas que eram no barro desde sempre e, semanas depois ,chegar uma equipe de saneamento e cavar no asfalto novo e nivelado e depois “tapam os buracos de qualquer jeito. A pessoa vai do “finalmente!!” para o “mas já”?
    Andar em rua calçada faz menos estragos que andar nessas ruas asfaltadas e “remendadas”.
    Lamentável

  • Carlos Alberto

    Onde a casal está fazendo obras de saneamento esta deixando as ruas terríveis, principal do cleto só anda quem não tem outro caminho, principal da Santa lucia a mesma coisa, a avenida que liga a Fernandes Lima a menino Marcelo, saindo ali próximo ao ecopark, também já esta terrível, agora isso é falta de fiscalização da prefeitura nas obras da casal, ela simplesmente quebra o que já tava ruim e deixa pior.

  • Bruno

    Aqui na Gruta as obras não acabam nunca e quando finalizam ficam os buracos e os remendos para nos lembrarem de nossa impotência diante do poder público.

  • Sebastão Iguatemyr Cadena Cordeiro

    RAPAZ !!! E AS VIAS “ASFALTADAS” DA PARTE BAIXA COMO PONTA-GROSSA , VERGEL , TRAPICHE !? NÃO TEM UMA QUE PRESTE ! NA PARTE ALTA , QUE DEIXEI DE FREQUENTAR HÁ MUITO TEMPO POR ESSAS MESMAS MAZELAS A SITUAÇÃO DEVE ESTAR SEMELHANTE À DE CIDADES SITIADAS , EXPOSTAS À BOMBARDEIOS INTERMITENTES COMO ALGUMAS QUE SEMPRE APARECEM NAS MANCHETES INTERNACIONAIS E NOS SÃO COTIDIANAMENTE REVELADAS . COMO SOU MOTOCICLISTA ( FAVOR NÃO CONFUNDIREM COM MOTOQUEIROS , OS NOVOS BÁRBAROS DO ASFALTO ) , TENHO PRIVILEGIADA AUTORIDADE PARA PALPITAR SÔBRE ESTE VIÉS DISCRIMINATÓRIO QUE ENVOLVE CONDIÇÕES DE DIRIGIBILIDADE E TRÂNSITO EM UMA CIDADE DE PORTE MÉDIO . NÃO TENHO PALAVRAS PARA CLASSIFICAR A PORCARIA( TERMO AINDA INSATISFATÓRIO ) QUE SE TORNARAM AS VIAS MACEIOENSES.NADA PODE SER PIOR DO QUE ESTÁ . É UMA DAS MAZELAS DESTE ESTADO QUE ME FAZ SER UM CRÍTICO CONTUMAZ DESTA TERRA EM QUE VIVO E QUE VOU MORRER . POR FALAR NISSO , HÁ ANOS ESPERO QUE SE FAÇA UM CREMATÓRIO NESSA TERRA EM QUE SE MATA TANTA GENTE E NÃO TEM MAIS NEM AONDE ENTERRAR . AINDA (CADA VEZ MAIS INTENSAMENTE ) PREFIRO SER TORRADO DO QUE ENTERRADO EM TERRAS BRASILIS , TÃO MIASMENTA E INJUSTA . EXEMPLIFICANDO : AVENIDA MÁRIO SIMONSEN , NO OITÃO DO HOSPITAL DOS “USINEIROS” (KI-KI-KI—KI-KI-KI) , UMA VIA RELATIVAMENTE NOVA MAS COM TANTOS “OBSTÁCULOS”, REMENDOS TRANSVERSAIS AO SENTIDO DA RUA , SEMELHANTES AOS FAMIGERADOS “QUEBRA-MOLAS” , QUE SE TORNA IMPOSSÍVEL O CIDADÃO MOTOCICLISTA TER UMA PRÓSTATA SAUDÁVEL SUBMETIDO A ESTE TRAUMATIZANTE CASTIGO COTIDIANO EM SUA REGIÃO PUDENDA . PASSEM LÁ PARA CONSTATAR . . .

  • OSWALDO RAMOS

    Constato, pesarosamente, que existem cidadãos que são a favor das privatizações. Qual é a deles? Se forem cidadãos comuns, tenho pena do seu nível mental. Mas é compreensível que aqueles que veem o Estado apenas como um impulsionador da economia, que coloca em primeiro plano os empresários, investidores nacionais e internacionais, que põem as leis do mercado acima da constituição, que dolarizam produtos de primeira necessidade, para que os estrangeiros possam consumi-los às custas da penúria dos brasileiros. Mas esses são minorias. Por que têm tanto poder? Por que são tão ricos? Por que são tão convincentes, quando dizem que são os empresários que dão empregos, mas não dizem que precisam tanto do trabalhador, quanto este deles. Na verdade, o que se viu, foi os postos de trabalho serem substituídos por robôs, provocando desempregos. E vão jogando no limbo, aqueles que não são atualizados com as novas tecnologias e que são maioria. Alguém me sabe dizer, por que esses privilegiados da Nação têm tanto poder?