A saída de Pedro Madeiro, que pediu demissão, da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió expõe para fora da prefeitura a influência de João Caldas (pai) na administração de JHC.

Madeiro, que tem laços com o deputado estadual Davi Maia, reclamava discretamente de ingerência na sua pasta.

Será substituído pela médica Célia Fernandes, ligada à família do prefeito – e que tem vasta experiência na Saúde Pública. Que ela faça um bom trabalho, dando sequência ao que encontrou de positivo.

Há sinais, ainda que menos ruidosos de que na Educação o cenário não é muito diferente.

Claro que ninguém imaginava que João Caldas pai passaria ao largo da gestão de Maceió, mas ele há de evitar ser pivô de crises na prefeitura dirigida pelo seu filho.

Em meio à turbulência política, PF ganha novo comando em Alagoas
Ausência de Marcelo Victor e constrangimento de Arthur Lira marcam visita de Bolsonaro
  • Marcos Jorge Calado

    Nós trabalhadores da saúde estamos atentos e estamos vendo toda a movimentação que comissão João Caldas de avaliação de seletivo que foi publicada e vamos fiscalizar junto com o MP e MPF esse processo seletivo que a Dra Célia quer tanto fazer. Querem tirar os que o Rui colocou e colocar os deles, política parece sempre uma repetição fatos, sai os que mamaram entram os que querem mamar.

    • Justiça para Alagoas

      Se vcs são trabalhadores da saúde mesmo, sabem que a política é assim mesmo. E está certo em tirar os do Rui, ficar com esses para quê? Tem de colocar os deles sim. Se liguem, querem mesmo mudar? Aprendam a votar então.

  • Thiago

    Mas já?

  • Zezim

    Isso pq o prefeito disse q ia acabar com as influências politicas na gestão da saúde
    Aqui infelizmente não acaba nunca todo posto é na mao de um vereador da situação
    Precarizando o atendimento e forçando as pesssoas a correrem pros tais intitutos mantidos por nobres politicos com boas intenções (seu voto) em politica so muda o cpf o resto é sempre o mesmo

  • Antonio Carlos Barbosa

    Velho Mota, pelo histórico da Doutora, o futuro será nebuloso. Vida que segue.

  • Anselmo Rodrigues

    Pedro saiu da Secretaria de Saúde pois tem compromisso com os beltrão em Coruripe .Márcio Beltrão indicou ele na gestão de JHC e será candidato a federal pelos Beltrão e JC pai de JHC não gostou.Pedro vai ser secretário de saúde em Coruripe anotem ai na gestão de Marcelo Beltrão .E será um excelente secretário pois foi por onde passou inclusive Penedo.

  • Fernanda

    Fiquei muito decepcionada com JHC ! Eu e minha família votamos todos nele. Achávamos que ele faria realmente a diferença. Prometeu secretários técnicos. E o que vemos são pessoas despreparadas. Tantos técnicos bons, aqui em Maceió! E não são valorizados. Uma pena! Continua tudo do mesmo jeito! Só mudaram os personagens.

    • Cidadão do bem

      Concordo Fernanda, mas do mesmo, o novo virou velho e assim a banda segue tocando.

  • Carlos

    Sim já tem alguma novidade os estudos difícil, da alíquota da Al previdência, que segundo o secretário da fazenda falou que o governador logo no início da semana estava recebendo para decidir?…

  • Há Lagoas

    Para os eleitores inocentes – e o brasileiro faz questão de ser – deve ser uma desilusão amarga!
    Ele era considerado o “novo”, mas está mostrando, que na política, qualquer lampejo de esperança é massacrado pelos conchavos politiqueiros!
    E quando a política é um negocio de família…
    JH Caldas é apenas mais um entre seus pares, quando vamos aprender a não acreditar em altruísmo no meio político?!

    • Pedro

      Verdade. Há pessoas até se desiludindo. Isso indica que eram iludidas! Aí já beira a bestialidade. Político já chega mal intencionado. Se tiver brecha, passa a mão grande. O que poderia frear a fome de políticos e pastores evangélicos era uma boa cadeia. Isso ajudaria muito a poupar esses “inocentes:!

  • José Maranhão

    Madeiro saiu porque essa gestão do João Henrique Caldas é puro marketing! Economia? Não pagando prestadores, não pagando fornecedores, não fazendo qualquer reforma administrativa e o meio mundo de comissionados e cargos que nunca comparecem aos postos de trabalho!
    Os servidores? Todos caladinhos, ainda mais com seus altos salários: um agente de endemias nível médio ganhando 8, 9 mil reais; um procurador do município ganhando mais que presidente da república, quase 40 mil reais!
    Duvida que o prefeito Glacê irá fazer qualquer coisa sobre isso!

  • Alves

    Prefeito, JHC conhece os caminhos das pedras, tá com credibilidade junto população maceioense. . . Política é dinâmica. q Deus o ilumine nas suas escolhas. . . .

  • Robson Cardoso

    Só falta tirar o irmão do Davi Maia e colocar algum técnico de carreira na secretaria.

  • Sérgio Eduardo

    A questão aí é q o deputado Davi maia é candidato a dep. Federal e João caldas também. Aí dois bicudos n se beijão

  • Marcinho da Levada

    Quer ver sofrimento é quem é motorista da saúde tem um passa fome que veio de Ibateguara pra humilhar pai de família e anda dizendo o prefeito gosta do que eu faço o que faço ninguém desmancha. Vai simbora JHC ser candidato a outra coisa deixa o vice pra ver se muda algo ou então serão os piores 4 anos de Maceió já viu principalmente na saúde.

  • Oliveira

    JHC nunca me convenceu, embora tenha votado nele por acreditar que faria algo bom, me decepcionei, o pai dele, João Caldas acaba mandando no governo do filho, diferente no estado, onde o senador não manda no governo do filho… São tudo farinhas do mesmo saco. Lamentável a perda do Pedro Madeiro, agora ex-secretário. JHC decepcionou ao estar com Bolsonaro aglomerando. vergonha dessa classe política que seria a terceira via e é apenas mais do mesmo.

  • Robson

    Vamos ficar de olho, não esqueçam da máfia das ambulância principal pivor, JOÃO CALDAS,será que vai se repitir? Com a palavra JHC.

  • Claudio rios

    Meu amigo Ricardo, onde vamos parar com Vanderlei, Célia, Sônia e sua turma! Cai fora Aldo Calça, essa turma é da pesada.