O bate-boca entre os senadores Renan Calheiros e Flávio Bolsonaro pode fazer uma vítima de destaque: o ministro  Humberto Martins, presidente do STJ.

Alagoano, Martins vinha acumulando forças em busca de uma cadeira no STF, em substituição a Marco Aurélio Mello, que se aposenta em junho.

Ele tem o apoio do senador Renan Calheiros, seu amigo de longas datas, o que lhe pode ser muito útil no Senado, responsável pela sabatina dos potenciais ministros (do STF).

Flávio Bolsonaro também não escondia a simpatia em relação ao nome do presidente do STJ, o que pode ter sofrido desgaste, em decorrência do embate.

Quem pode desempatar esse jogo?

Arthur Lira, que na causa forma com Calheiros.

 

Ronaldo Medeiros: "Marcelo Victor tem maioria na escolha do governador-tampão"
Em meio à turbulência política, PF ganha novo comando em Alagoas
  • Consigliere Alagoano

    Humberto SABIA do PREÇO, e ele mesmo atendeu o RENAN em um INVESTIDA recente que foi rapidamente, controlada e não agradou as BOLSONAROS

    ‘Na briga entre o mar e o rochedo, é o marisco que apanha’

    E não esqueça caro HUMBERTO:
    Se um cavalo selado passar perto de você, suba porque pode ser que ele passe apenas uma vez

    Nessa Arthur Lira, não vai QUEIMAR um CARTUCHO.

    .

  • Carlos

    Um vítima com às indicações políticas. Em favor de outras vítimas, que tem as condenações vítima de decisões políticas no arrepio das leis…

  • Sergio

    Será um enorme ganho pro País se este cidadão não for o escolhido. O STF já está ruim demais com a atual composição. Ninguém merece que fique pior do que já está, com a indicação de alguém tão despreparado. Esse sujeito só sabe fazer política. No Direito é – e sempre foi – uma negação.

  • SK

    NOSFERATU EM CARNE E OSSO.