Este número pode ainda aumentar, mas hoje é mais do que suficiente para emplacar, em caso de necessidade, o governador-tampão de Alagoas no próximo ano.

O objetivo definido por eles é eleger um integrante da Casa de Tavares Bastos para completar o mandato de Renan Filho – se ele sair do cargo para disputar uma vaga de senador, no próximo ano.

Quem está fora, hoje, dessa composição?

Com segurança, apenas o líder do governo na Assembleia, Silvio Camelo, e o deputado Antônio Albuquerque.

Os demais, ou fecharam o pacote da sucessão ou são futuros potenciais “aliados”.

O nome da preferência? Marcelo Victor, já que ele não pode mais ser reeleito presidente do Legislativo Estadual, na próxima legislatura.

Rafael Brito e Alexandre Ayres já são nomes certos na disputa de estadual
Rodrigo Cunha põe um pé em cada canoa
  • Carlos

    quando a gente pensa que não pode piorar…

  • Carlos

    Imaginem pra chegar a esse consenso o que está sendo oferecido aos deputados se assim a Assembleia Legislativa, indicar o governador tampão.
    Com certeza o próximo governador vai encontrar o estado até o gogó com dívidas .
    A conta todos nós já estamos acostumados apagar. Seu erário.

  • Andrade

    Tem um Deputado que mereçe ser eleito, Galba Novaes, esse sim tem história.

    • SK

      Andrade deve ser mais um da família na fila da prefeitura para se aposentar ilegalmente.

  • Roberto Gomes

    E todos pensando apenas no bem de Alagoa$$$$$$ SQN.

  • CÍCERO FREDERICO DA SILVA

    Ricardo, você é um cara antenado, os dois prá mim fora são Antônio Albuquerque e Marcelo Vitor, são seus históricos.
    Os outros o passado não tem tanto deslize, pois na vida o passado condena, e na política vem a público, o que tem de pior.
    Os que tem mais vantagem ou de carteira do lado do GOVERNADOR é o mais forte.
    Renan filho tem suas preferências, e vai escolher como sempre os amigos .