Quem ou o quê transformou o delegado em inimigo mortal do então juiz?

Esta é uma pergunta central no caso que ganhou todas as atenções na imprensa local – revelado, ontem, pelo jornalista Odilon Rios: como e por que Paulo Cerqueira virou acusado do crime?

Na coletiva que vai conceder hoje, o advogado (e ex-juiz) Marcelo Tadeu contou um pouco dessa história trágica,  que já dura quase doze anos e que teria resultado num “homicídio por engano”.

O ex-magistrado sempre insistiu que a vítima do crime que tirou a vida de Nudson Harley Mares de Freitas, em 3 de julho de 2009, seria ele.

Tadeu procurou a polícia logo em seguida para falar da sua presença no local do homicídio na hora em que ele ocorreu, mas só ouvido um ano e meio depois do assassinato, típica ação de pistolagem. Surgiram, então, versões do envolvimento de um importante empresário local e até de um magistrado.

O inquérito inicial,  arquivado, foi presidido pelo delegado Paulo Cerqueira, na Polícia Civil.

Como e por que ele se tornou o indiciado – como mandante – agora?

As investigações da PF avançaram graças à ação quase solitária do ex-juiz Marcelo Tadeu.

Parte do mistério parece revelado, agora; muito ainda há para ser explicado – a começar pela questão que dá título a este breve texto.

Delegado Paulo Cerqueira vai deixar a direção da Polícia Civil
Renan Filho confirma Maykon Beltrão e Fabiana Pessoa no seu secretariado
  • carlos

    um absurdo! por isso não só confiamos quando a PF entra nas investigações.

  • Tadeu

    Caso que merece muita atenção. Realmente, é de se alarmar um Estado onde o próprio cidadão tem que buscar as provas.

  • Carlos

    Um estado onde os políticos só pensem em permanecer no poder de pai para filho. As questões de segurança , Educação e Saúde, é uma questão que pouco eles se importam. Onde o governador tem como prioridade a segurança e um chefe delegado vai investigar o crime onde ele é o principal suspeito de um crime onde um magistrado era o alvo e alertando de que poderia ser morto. É um escândalo e deixa a credibilidade da polícia civil em cheque ,apesar do bom quadro que a polícia civil dispõe. Se o delegado acusado pistolagem estava sendo alvo de investigação pela federal. Por que foi nomeado pelo governador ?

  • Bel

    UMA VERGONHA!

  • Luciano

    Seria a velha história da Raposa vigiando o galinheiro…

  • Alagoano de verdade

    Batatinha frita, 1, 2, 3 !!!!!!

  • um ALAGOANO

    Mistéeeeerio.

  • Bembem

    Esaa PF daqui ta mais parada que as obras da amelia rosa

  • CÍCERO FREDERICO DA SILVA

    Ricardo, bem eu fui policial civil, e isso vem agora mostrar um verdade nua e crua, o poder é deslumbrante, nessa semana li no estadão o artigo do ex-ministro Almir Pazzionoto, ele faz uma narrativa do poder, que quiser lê está lá.
    Bem, o senhor Paulo Cerqueira diretor, eu fui ao seu gabinete, disse a um assessor: eu quero falar com o nosso delegada, pasmem, o que você quer falar?. Eu particular, o assessor tem que dizer o que é, por que ele não atende.
    É grande é duro, é triste é lamentável, um diretor mais importante que o PAPA.
    Torço que a verdade seja colocada na frente, não esqueçam que ele é de PINDOBA.

  • Sebastão Iguatemyr Cadena Cordeiro

    DE PINDOBA ! ? V I G I M A R I A ! ! ! VALEI – ME MEU PADIM CIÇO ! ! ! . . .