As declarações contundentes de Marcelo Tadeu, juiz aposentado, já eram esperadas. Elas formam o conteúdo de um desabafo curtido em doze anos de uma história doída, se muita humilhação, de deboche e de permanente risco à sua vida.

A versão de que ele deveria ser a vítima do crime que tirou a vida de Nudson Harley Mares de Freitas, em 3 de julho de 2009, foi mantida pelo ex-juiz desde a ação dos pistoleiros.

Evidentemente, as suspeitas lançadas então mereciam um tratamento cauteloso, mas não a omissão da entidade de classe que Marcelo Tadeu integrava, muito menos o desprezo que lhe foi dado pela Polícia Civil.

O desfecho de agora é provisório, mas indica que não havia insanidade nem leviandade na versão de Marcelo Tadeu.

O que ele aponta agora que merece redobrada atenção?

O magistrado aposentado afirma que a sua atuação funcional, principalmente, foi a razão de ter se tornado alvo dos assassinos – como acusa a PF.

A pergunta que ele faz, a merecer a replicação aqui: Paulo Cerqueira estava a serviço de alguém?

Se positivo, de quem?

 

Renan Filho: "Quando Alagoas queria pintar uma escola ia buscar tinta em Brasília"
CPI da Covid-19 no Senado é resultado de ação de advogados alagoanos
  • australopithecus afarensis

    Tal desprezo ao magistrado se dá por suas posições filosóficas, políticas e quetais?
    Ahhh uma enebriante d´úvida verde no ar… tomara que passe.
    Marcelo é pessoa proba, integra e que merece o respeito de todo alagoano que ama reclamar, mas não faz porra nenhuma… mas quando há alguém que o faça ou deseja fazer, é o primeiro a achar “defeitos”…

  • Carlos

    Imagina a insegurança que nos cidadão comum se vê diante de uma autoridade guardião da segurança do povo, envolvido numa trama criminosa de magistrado de conduta ilibada no combate dos cremes …

  • Tadeu

    Absurdo total o que fizeram com o Marcelo Tadeu. Como dito, pessoas que exercem seu labor com afinco e isenção são perseguidos. Afinal, estamos em Alagoas.

  • Tony

    A Polícia Federal está convencida da participação do Delegado Geral da Polícia Civil de Alagoas, Paulo Cerqueira. Certamente a PF deve ter o nome da pessoa que encomendou o crime ao delegado Paulo Cerqueira, resta divulgar o nome ou nomes.

    A NOVELA ESTÁ SÓ NO COMEÇO…
    RESTAM MUITOS CAPÍTULOS PARA A NOVELA CHEGAR AO FIM.

  • Bembem

    Entre os atuais blogueiros e os velhos bandidos, eu fico com os blogueiros!

  • FABIAN

    A NOVELA DA VIDA REAL CONTINUA…A SEGUIR CENAS DOS PRÓXIMOS CAPÍTULOS:”DE UM LADO DR° MARCELO TADEU (JUIZ APOSENTADO), PROFISSIONAL ILIBADO, COMBATENDO, QUANDO NO EXERCÍCIO, DA SUA PROFISSÃO COMBATEU, COM O RIGOR, DA LEI A FAMOSA”GANGUE FARDADA” E DO OUTRO LADO, “UM DELEGADO PAULO CERQUEIRA, O QUAL ESTÁ A SERVIÇO, DOS SEUS APADRINHADOS POLÍTICOS E QUE FOI “OMISSO”, DIANTE DAS EVIDÊNCIAS DENUNCIAS, DO MAGISTRADO”. O DELEGADO PAULO CERQUEIRA, ESTÁ A SERVIÇO DE QUAL GANGUE? “A FARDADA OU A POLÍTICA”? COM A RESPOSTA A PF(POLÍCIA FEDERAL). ACORDA ALAGOAS!!! “A VERDADE VAI APARECER, DOA A QUEM DOER”. “CHEGA DE “TANTA IMPUNIDADE COMETIDA”, POR “POLÍTICOS E SEUS BAJULADORES”. “DEUS É JUSTIÇA”. AGUARDEM O FINAL, DESSA NOVELA… “MUDA QUE QUANDO A GENTE, MUDA O MUNDO MUDA COM A GENTE”.

  • O moita

    Há OAB TÁ TÃO CALADA. TEM UM ADVOGADO ASSASINADO.

  • William

    PC, caso condenado, só terá sido mais um boneco na mão desse “Poderoso Chefão”. Abre o olho, povo de Alagoas!!!

  • Antonio Carlos Barbosa

    Uma Noite de Doze Anos, repletos de angústias, dores, sofrimentos, humilhação e pavor. Que continua e continuará na vida do Dr. Marcelo Tadeu e também na vida dos familiares do Advogado Nudson, covardemente assassinado por engano, que veio somente para morrer em Alagoas, e seu cadáver continua insepulto, até a descoberta da verdade da sua execução, e de quem foram os mandantes, dor que não fecha na sua família. Dr. Marcelo Tadeu foi salvo pelo acaso.
    Quem dever que pague. Exigimos justiça!

  • Sebastão Iguatemyr Cadena Cordeiro

    APENAS UMA AMOSTRA – GRÁTIS DO CONCUMBINATO CRIMINOSO ENTRE AS INSTITUIÇÕES DE ALTO COTURNO , QUE IMPERAM NA SOCIEDADE ALAGOANA , HÁ PRISCAS ERAS : EXECUTIVO , LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO ( E SEUS ACÓLITOS , ENTRE ESTES , SEUS TRADICIONAIS OPOSITORES , ORIGINADOS JUSTAMENTE PARA ESSA IRREVOGÁVEL MISSÃO . . . ) ESTOU CARECA DE REPETIR ESTE COMENTÁRIO , NÃO ESTOU NÃO , MATÉRIA !? SAUDAÇÕES DEMOCRÁTICAS . . .

  • Tô de olho!

    Se o Juiz Marcelo Tadeu tivesse sido assassinado de fato, provavelmente tudo teria dado certo e o crime ficaria impune. Mas como ele ficou vivo, teve como reivindicar que a investigação da PF fosse feita paralelamente a essa daqui de Alagoas. Meus pêsames à família do Advogado assassinado que não tinha nada a ver com a situação.
    É, Cumpadi Washington!
    O negócio tá apertando!
    Alagoas não é mais como antigamente!

  • Dalvo

    Do sertão para o mundo. Concluído a divina comédia da Lapinha, as novas ou antigas cenas voltam com capítulos inéditos no espetáculo do caso Marcelo Tadeu. Quem imagina como será o final deste novo dilema?