O senador Fernando Collor deu sinais claros de que já está em campanha para a reeleição e vai em busca dos espaços que o governador Renan Filho tem deixado.

A sua visita à Assembleia Legislativa, hoje, é um aceno às lideranças políticas – interioranas, principalmente – insatisfeitas com a postura distanciada do governador, que já acumula “dívidas” incontáveis para com elas – a começar pelas emendas parlamentares não liberadas.

A se destacar o fato de que a visita foi acertada entre as partes, num sinal claro de que nada nesse meio é para sempre.

E ela acontece num momento de vulnerabilidade de Renan Filho, Collor bem o sabe, e ele investe no que pode lhe render alianças e votos no futuro próximo – 2022.

Se o governador soubesse o que os parlamentares – todos – dizem dele e sobre ele nos bastidores seguramente teria razões de sobra para se preocupar com o seu futuro político.

 

Governador admite a possibilidade de rever algumas medidas na próxima semana
Arthur Lira saiu ganhando com o troca-troca no Planalto
  • Andre Monteiro

    É só fazer uma simples comparação o que Renanzinho fez por Alagoas e o que o Collor fez até hoje .Vivemos um novo momento , uma nova era.Sei que estamos numa grave pandemia mas o Governador Renan filho tem dado o sangue pra ver o estado dele em ordem.Já o Senador Collor só aparece quando precisa .E olhe que não estou no trazendo aqui os problemas que trouxe aos brasileiros enquanto Presidente.Acorda Alagoas .Collor nunca mais .

  • Há Lagoas

    Collor é uma raposa esperta, tal qual Renan – o pai – ele é um sobrevivente entre a raposada que é o Congresso Nacional.
    Renan – o filho – marcou seu governo com muitos acertos, principalmente na construção de obras, mas seu principal inimigo – quem diria – será a pandemia, ou mais precisamente, a sua escolha entre atender as demandas da economia ou priorizar a saúde!
    Collor vai saber lidar muito bem com isto para desgastar a imagem do governador, pois uma coisa é certa, os pobres “descamisados” já perderam até as calças…

  • Oliveira

    Lamentável é ver a ´postura de deputados e deputadas que comem do governo do estado e ao mesmo tempo alfinetam o governo. Comem, se lambusam e cospem. Seja quem for o governador, os deputados sempre irão trocar no final do mandato, visando uma nova mamata.

  • Mário

    “Um político pensa nas próximas eleições; um estadista nas próximas gerações.”
    (Noel Clarasó Daudí).

  • Bernardo

    PARABÉNS PELO DECRETO GOVERNADOR. VIDAS SE SALVAM!

  • Silvia

    Eu não sei quem é o pior, se é Fernando Collor que nunca bateu um prego numa barra de sabão por absolutamente ninguém nessa Alagoas, a não ser em benefício próprio, e, agora reaparece nas redes sociais querendo ser o engraçadão atualizado para os jovens, por saber que esses são maioria no mundo infantil do Instagram e consequentemente se influenciam por essas besteiras (Sem falar no legado de Presidente… Esse dispensa até comentários…); ou Renan Filho que também não vale um conto furado(ele e o pai), coronéis do interior.
    O pior de tudo é sabermos que essas são as opções.
    Se correr o bicho pega, se ficar come.
    Amo minha Alagoas mas… Ô terra de político ruim!

  • Pedro

    É trite! Esse senhor fez barbaridades quando foi Presidente. Décadas se passaram e a criatura continua mamando. Isso significa que ainda vamos vamos ter o Bozo na mídia durante muito tempo. Isso vale para os outros exemplares tb. Nada muda se não for para pior.