Foi, sim, um ano de eleições municipais, necessárias, mesmo em tempos de pandemia.

Quem assume agora carrega consigo alguma esperança, de que não podemos abrir mão – nunca.

Se tivesse de escolher um fato local, entretanto, que marcasse a dolorosa passagem do tempo – nesses tempos -, eu apontaria a entrada em vigor do “novo” AL Previdência.

Lembrando que o projeto de reforma do órgão previdenciário estadual, destinado a servidores públicos e seus dependentes, foi aprovado no apagar das luzes de 2019 – por unanimidade, na Assembleia Legislativa.

A maldade, no entanto, não foi sentida naquele ano – trouxe para a pandemia o seu golpe mais perverso: a cobrança de 14% de alíquota do AL Previdência para os já aposentados e pensionistas (acima de qualquer coisa que exceda um salário mínimo).

A punhalada?

Eles e elas não pagavam nada, até o “novo” AL Previdência começar a moer.

De 0% para 14%?

“É como se o aposentado passasse a pagar uma pensão, de repente”, na definição do desembargador Tutmés Airan.

Para quem acha que tinha de ser assim mesmo – por força de lei -, reproduzo a afirmação convicta de um dos mais profundos conhecedores da matéria em Alagoas: o presidente da Associação dos Procuradores de Estado de Alagoas, Marcos Savall.

Ele é enfático: o governo de Alagoas deveria ter seguido o padrão da Previdência Social brasileira: descontar dos aposentados apenas o que exceder o teto do Regime Geral, hoje em torno de R$ 6.100,00.

Ou seja: quem fez o que fez aqui sabia o que estava fazendo, tornando ainda mais difícil a vida de idosos, viúvas e órfãos de Alagoas.

Uma gente que nem pode gritar, e se o faz não será ouvida por aqueles que poderiam atenuar seu sofrimento.

Câmara Municipal de Maceió começa 2021 dividida
Convidado desiste e JHC anuncia novo secretário de Economia de Maceió
  • MONTEBISPO

    Esse tipo de traição junto ao povo se paga nas urnas.

    Uma parcela já foi paga na recente eleição municipal. O saldo devedor deverá ser parcelado com o primeiro vencimento em 2022.

  • Laskdo

    E no regime geral algum aposentado ou pensionista recebe acima do teto de R$ 6.101,06?
    Resposta
    Servidores federais aposentados.

  • Tony

    Eu imagino como ficou o servidor aposentado e até mesmo o que ainda está na ativa com esse reajuste na alíquota da previdência, num salário defasado, sem reajuste e nem mesmo a reposição das perdas salariais. O aposentado ao invés de ter um reajuste no salário, perdeu mais 14%. Os da ativa, tiveram os descontos aumentados, consequentemente, seu poder de comprar diminuiu. Tudo isso para cobrir o rombo da previdência estadual, causado pela má administração do erário público por parte dos governantes, que se diga, mal escolhidos pela população alagoana. Que o erro não se repita, e que nas próximas eleições o povo saiba escolher melhor seus governantes e também os representantes do Legislativo.

  • mARIA rOSA

    nÃO FOI SÓ IDOSOS , VIÚVOS E ÓRFÃOS…. VC ESQUECEU TB DOS APOSENTADOS POR INVALIDEZ, SE OS OUTROS ESTÃO SOFRENDO IMAGINE OS APOSENTADOS POR INVALIDEZ, QUE ALÉM DE AUMENTAR GASTOS CON REMÉDIOS, SALÁRIOS DIMINUINDOS, NÃO PODEM TRABALHAR PARA COMPLEMENTAR O QUE LHES FOI TIRADO.

  • Há Lagoas

    Fico imaginando – e não com inveja – como terá sido a ceia de Natal e ano novo na mesa de Renan – o filho – e de todos os deputados da Assembleia Legislativa?!
    E fica a minha pergunta, será que eles conhecem o significado da palavra empatia?

  • Francisco Jose Souza

    O governador quer matar os aposentados para fazer a melhor reforma. É um miserável que nunca trabalhou sempre foi playboy. Os servidores públicos que o elegeram merecem. Aguardem 2022 e votem nele novamente ou então votem no candidato que tenha o apoio dele. O TJ que já deveria ter julgado as ações que por lá correm mas também é omisso, ou fim quando for julgado será um ano de precatório para todos, daí sabe qual o resultado ? Se o estado for pagar o que roubou dos aposentados quebra, então fica tudo como está. Fumo nos aposentados.

  • Williams Roger

    A “reforma” da previdência estadual foi uma aberração.
    Pow, nem reajuste tivemos, e o cara ainda tira. O nosso poder de compra já tava ruim. Ficou pior.
    2016, reajuste zero, 2019 e agora 2020. Pode não cara. É lei Constitucional, artigo 37, X.
    E a lei de responsabilidade fiscal em seu artigo 22, ៛único, I. Nos dá esse direito.
    Esse governo pisou na bola com os servidores da saúde. Falta de sabedoria.

  • APOSENTADO DO ESTADO

    Nem ceia de natal tive, tenho que comprar os remédios, e a ceia de natal do governador e dos deputados estaduais, como foi?

  • João Acioly Lins Neto

    O governador e alguns deputados foram os críticos de primeira hora da reforma da previdência nacional, bateram o quanto poderam no presidente Bolsonaro, em Paulo Guedes e nos demais apoiadores da reforma, por fim, reformaram a estadual um pouquinho mais perversa .

  • Um crime inominável!

    Espero que o povo de Alagoas tenha mem´ória, e sobretudo vergonha na cara, e nunca mais vote nos Calheiros e nos Deputados Estaduais autores desse crime contra os menos favorecidos do Estado de Alagoas!
    2022 vem aí!

  • Carlos

    Uma maldade tão grande que o desnaturado governador Renan!
    Tinha que ter o apoio dos compradores de mandato os deputados estaduais.
    A indiferença dos deputados e do governador mostra o valor que o povo tem com esses políticos!
    Foi dose dupla o coronavírus vírus e o novo Al previdência.

  • Modido do poico

    2022 daqui a pouco chega, e vamos fazer igual as eleições da Capital..
    São 70.000 servidores estaduais , entre ativa , aposentadoa e pensionistas ,se multiplicar esse número por 5 , são 350.000 eleitores, pois cada emprego se reflete em 05 bocas que NÃO vão votar em candidato de Renan Filho, como também não esquecer do nome de cada deputado e deputada estadual que foi conivente com esta crueldade, vamos em 2022 , fazer novamente a faxina ,e aos poucos fazer a limpeza dessa turma É este cidadão Renan Filho, ainda colocou o seu nome desposiçao para concorrer a presidência da República..
    Das duas uma ou está tirando onda com a cara do povo , ou comeu bosta de cachorro doído.

    • Carlos

      Aqui em Coruripe, o deputado Marcelo Beltrão, foi eleito prefeito se comenta que pode fazer um projeto igual ao do estado.
      Ele gravou um vídeo desejando a todos alagoano e que foi um ano difícil para todos devido ao coronavírus imagine para os aposentados e pensionistas do Al, que ele e o primo votou para ferrar os idosos!

  • FEI.JÓ

    MAS A FAXINA PARA ELEGER QUEM ? OUTROS CORRUPTOS !