Desde a semana passada, quando já se prenunciava a vitória de JHC, que Arapiraca voltou ao centro das preocupações dos comandantes do MDB local.

O objetivo é: evitar que Luciano Barbosa tome posse na prefeitura da maior cidade do interior de Alagoas.

Assim como JHC em Maceió, Barbosa se elegeu com folga em Arapiraca agregando os votos contrários à intervenção de Renan pai e Renan Filho na disputa pelo poder municipal na capital do Agreste.

Ele teve mais de 55% dos votos dos arapiraquenses.

É claro que não há mais chances de ganhar no voto, mas o MDB de Alagoas aposta na sua – inegável – força no tapetão.

Deputado Davi Maia será o coordenador da transição na prefeitura de Maceió
Maior derrotado, Renan Filho levou um choque de realidade do eleitor
  • Carlos

    Pois é o tapetão é o caminho mais curto pra frustar o voto do eleitor que não se curva aos Coronéis da! A capital e Arapiraca, mostra que o povo é independente e o voto é uma ferramenta importante!
    Enquanto isso vários municípios continuam amarrados aos seus Coronéis da política! A região sul, é um exemplo de Continuísmo e de mudança FAKE… Que está em moda!

    • Tarciso

      Se o Renan, tirar o Luciano Barbosa, da prefeitura de Arapiraca, ele se perde todo, a população vai ficar revoltada… E nunca mais os Calheiros, veram votos de Arapiraca e região…

  • Hildebrando

    Renan, reconheça que você errou feio em sua condução eleitoral este ano.
    Quis dar uma de esperto, mas foi tragado pela arrogância – Mal de parte dos grande poderosos.
    Una – se novamente em Arapiraca politicamente, seja um estadista, retire o processo arbitrários das costas de Luciano e de cinco vereadores eleitos legitimanente pelo voto democrático. E outra na política de uma estadista , as emoções não tem espaço. Seja um estadista que o povo arapiraquense vai enchergar em você um grande líder.
    Repito, retire este processo e retornará mais fácil, a simpátia que outrora à terra do fumo em corda, tinha por você.
    Esta é a hora de se tornar um RENANZĀO.

    • Cida Rocha

      Respeitando sua opnião, mas não vejo como um alagoano pode ainda querer que esse Reinão ainda tenha alguma oportunidade política no nosso Estado. O povo de Arapiraca votou não só por Luciano, mas no “fora Renans”, assim como Maceió.

  • Alagoano Consciente

    Ricardo, sei que é um pouco precipitado esse assunto, porém, para quem gosta de política, é inevitável não projetar o futuro (breve). Mas, em sua opinião, nas atuais circunstâncias de derrota dos Calheiros (Arapiraca e Maceió), bem como as inegáveis “ascensões” (?) de Artur Lira e Marcelo Victor (especialmente nos interiores), como ficará a composição para a sucessão do governo em 2022?! Quem serão os possíveis candidatos a suceder o atual governo do estado?! Fica aí a dica de Post de um leitor assíduo e fã de seu blog, sempre muito bem escrito, sóbrio e sábio. Obrigado e Abraço!

  • Há Lagoas

    E se depender de algumas figuras do TRE…

  • Servidor público Revoltado

    A família Calheiros tá perdendo espaço político, a única forma dele reverter esse cenário é valorização do servidor público!! Coisa que ele não faz a tempo!!!

    • James

      Só pra lembrar o mundo não é feito de servidor público. O povo também já está de saco cheio dessa raça que só reclama e odeia trabalhar.

    • Servidora Revoltada

      Os dois: governador e prefeito. E acredito q ele perdeu força aí. Concordo com vc.

  • Samuel

    A vitória com “V” maiúsculo do Luciano Barbosa em Arapiraca, e a consequente derrota do Gov. Renan Calheiros Filho, se constitui um recado bem dado do eleitor, além de refletir uma total dissonância, uma inequívoca e verdadeiramente rejeição da população Arapiraquense por essa figura tirana, ditatorial, nefasta e repugnante em que se tornou esse Gov. Renan Calheiros Filho.
    A resposta da população consolida o prenúncio da derrota de quem se achava o dono do destino de uma cidade.
    Podem ter certeza que – com essa fragorosa derrota em Maceió e em Arapiraca -, ninguém mais se sentirá bem em ter apoio desse Gov. medíocre, pois certamente terá a “canoa afundada”, bem como a consequente e vergonhosa derrota.

  • Francisco Jose Souza

    Calheiros e seu jeito de fazer política está em franca decadência e uma verdadeira máquina de moer gente. Acabou com o Ciço, Ronaldo Lessa – esse penou e se não fosse o acordo em Brasília estaria sem mandato – agora a bola da vez foi o Alfredo. Luciano até a família foi atingida e se tiver de fato honra segue o caminho sem os Calheiros. Quanto ao TRE restou a teratologia da decisão esdrúxula que pretendia retirar o direito do povo arapiraquense de eleger seu representante.

  • Joana

    Renan Filho e o Ruim Palmeira subestimaram o funcionalismo público!!!
    Retirar 14% dos aposentados foi um tiro no pé.
    Rui não tem nem o que falar. Tratou a categoria com total desprezo. Não tem dinheiro para aumento, mas tem para pagar inúmeros comissionados incompetentes. Toma essa Rui!!!
    Nunca fiquei tão feliz com o resultado de uma eleição. Não pq JHC venceu e sim pq Rui perdeu!!!
    JHC vá se ligando, ou trabalha direito ou daremos a mesma resposta

  • JOAO ACIOLY LINS NETO

    As perguntas que não querem calar…O que esse povo do tapetão deve a Renan, por que a decisão é sempre política, e quando veremos uma justiça realmente independente ?

  • Paulo Magalhães

    Foi a resposta dos alagoanos contra a canalhice desse governador miserável, em FECHAR TUDO em Alagoas e levar a falência inúmeros empresários e autônomos…a população está de saco cheio da arrogância desses Calheiros.

  • Jorge

    NÃO QUEREMOS MAIS ESSES CALHEIROS!!!!

  • fernando

    Gerte, acorde! Sõo todos iguais, eles figem que brigam.

  • Valdemar Januário da Silva

    O povo tira os Calheiros e trás uma desgraça maior. Artur Lira e o centrão são o que há de pior na política brasileira. No entanto o PP, partido com maior número de políticos envolvidos em corrupção. foi o partido que mais cresceu. Pobre do povo, constantemente feito de massa de manobra.

  • Santos

    Arapiraca já disse nas urnas que quer se libertar de Renan Filho e sua turma. O TSE não iria liberar Luciano Barbosa como candidato e agora desrespeitar a decisão das urnas. Mais vergonhoso será se Luciano Barbosa se unir novamente aos Calheiros. Se os próximos dois anos forem de um excelente governo em Maceió e Arapiraca, os Calheiros acabam de vez em Alagoas.

  • Carlos

    Concordo James o mundo não feito de servidor!
    ” Que ideia trabalhar”
    Agora vai lá no plantão do HGE, nos finais de semana e feriadão e você ver o que é não gostar de trabalhar. Vc tem coragem de visitar no hospital de doenças infectologia e doenças parasitária os pacientes?

  • RCesar

    O PODER E A FÔRÇA ESTÃO CONOSCO, VAMOS FORTE EM 2022, TUDO SÓ DEPENDE DE NÓS ALAGOANOS. FORA ÊSSE CLÃ USURPADOR.

  • Observador

    Os Calheiros escolheram o caminho de uma política menor, manipulando a tudo e a todos, mas a mascsra caiu!
    Partidos não são feudos de seus tiranetes. O TSE deve ser a corte máxima que referenda a democracia partidária e dará uma lição a velha política dos Calheiros.
    Ninguém é dono dos partidos que devem ser espaços democráticos e representativo da vontade política de sua população.
    Adeus, Renan!