Foi lamentável o primeiro debate televisivo do segundo turno em Maceió.

As acusações repetitivas e sarcásticas, as propostas inexequíveis e fantasiosas, tudo transformou os “debatedores” em personagens de um ringue pobre, politicamente, e desestimulante, eleitoralmente.

Como me disse uma autoridade de alto escalão do governo do Estado, hoje, com o que concordo integralmente: escolhemos o modelo do Rio de Janeiro, com Crivella e Eduardo Paes, dois personagens lamentáveis.

Poderíamos ter optado pelo padrão de São Paulo, onde Bruno Covas e Guilherme Boulos se atacam, mas apresentam propostas viáveis e usam uma linguagem civilizada.

O debate local pareceu-me mais apropriado ao território da beligerância e da linguagem vazia encontrada no pior das redes sociais (e até lá tem coisa boa e saudável). Seguiu a lógica de que vence quem tira mais sangue, quem acerta o tiro em um órgão vital do adversário.

A “galera” pode até gostar, mas que tristeza!

Acho que os dois podem apresentar algo num nível melhor.

Se não for assim, farão um convite à abstenção ou ao voto nulo, no domingo – o que de pior pode acontecer.

Em tempo:

O marketing político pode até dar uma boa embalagem ao candidato, mas não garante conteúdo a quem não tem.

Deputados federais são excluídos do guia eleitoral de Maceió
Eleições em Alagoas revelam o Santoro "mão aberta"
  • FUTURO PROMOTOR

    Um saiu do MP estadual sem respeito dos próprios colegas de trabalho. Oportunista, gosta de holofotes, só investigava quem queria. O outro nunca deu um dia de trabalho na vida. Chama DAVI…

  • Laskdo

    Nas alegações finais o “PROMOTOR” terá a última oportunidade de convencer o “júri” ( o povo) de que os réus (Rui/Renan F) são inocentes das acusações a eles imputadas: má administração, abandono de incapaz (crianças), má gestão na educação municipal/estadual e o mais grave, usurpação dos recursos dos IDOSOS, ou seja, servidores aposentados”. Vai ser complicado, pois PROMOTOR não defende acusados, a sua natureza institucional é acusar, proteger o bem público, os interesses do povo. Felizmente as provas que provam a culpa dos réus são incontestáveis! Espero a condenação deles, por pelo menos uns 4 anos de inelegibilidade política.

  • Diego

    Davi não concorre no segundo turno “futuro promotor”!

  • Salles Baff

    Nunca anulei meu voto ou o deixei em branco em respeito aos que trilharam os caminhos da democracia nesse país e não o farei agora… Tive ânsia de vômito ao assistir o debate de hoje no SBT… Contudo, entre o 40 o 15, opto pelo 40… Espero que o PSB faça valer o SOCIALISMO que esbanja em sua sigla.

  • Mário

    Perfeita sua análise.
    ” A carência é a necessidade de receber aquilo que precisa e as vezes atrai o oportunismo com as máscaras da gentileza e das “segundas intenções. Portanto deixe com a sabedoria o presente que o oportunismo quer”. (Henrique R. de Oliveira).

  • Alagoas quer mudança

    Renan Calheiros,
    Próximo domingo de noitinha, o Tácio (vice do Alfredo) estará de novo em cima de um trio elétrico na porta do seu prédio na Ponta verde, dizendo:
    Chuuuupaaaa Renaaaaan!

    • Paulo

      Kkkkkk essa foi boa. Tá vendo que uma aliança dessas só pode dar errado.

  • Batista

    Ricardo, fica a pergunta porq tantos ataques e ninguém da justiça toma uma providência.
    Esses jornais clandestinos difamatórios é horrível, esquecem q todos tem família.
    O Renan e Rui não querem perder a
    Todo custo.
    Eles não fizeram nada no Bairro do Feitosa em 08 anos agora asfaltaram 05 ruas em 03 dias.
    Isso não existe.
    Ta claro o uso da máquina.

    • jezualdo

      Boa noite, aqui no Jacintinho próximo da pista que liga o Feitosa sai muitas outras sendo asfaltadas. Muita imoralidade.

  • BRUNO MARINHO

    Ninguém merece esse votar nesses candidatos.

  • Paulo Malta

    As propostas do Boulos em São Paulo são um bolo amargo para os paulistanos. Nada que ele promete fazer, caso seja eleito, é exequível. Ele crê em Mula Sem Cabeça, Saci Pererê, Papai Noel e Bicho Papão. Quanto aqui, estamos péssimos de candidatos!

  • E A BLACK FRIDAY CHEGOU!

    E A BLACK FRIDAY CHEGOU!
    O MDB de Alagoas aderiu à Black Friday. No dia 29/11 votando no Gaspar, o candidato camarada, o eleitor de Maceió leva junto Ruim Palmeiras (Sem Partido) e toda a Família Calheiros (Donos do MDB)! E sustenta essa turma por mais quatro anos, no mínimo!
    Isso é que é promoção!

  • GUSTAVO

    40 NELES!

  • Jorge Paes

    O grande problema são as ofensas. Um lado tem amor de adolescentes pelo Governador(Renan Filho) e o Prefeito (Rui Palmeira), só fala deles e esquece de debater propostas ou falta delas com o Candidato adversário. Do Alfredo Gaspar não tem o que falar. Já por outro lado, tanto Gaspar quanto Davi Filho, falaram no primeiro turno da família Caldas, que não é mentira e realmente o filhinho tenta proteger. Ora… se o JHC pode falar do Governador e Prefeito que não são candidatos, porque ele chora tanto quando falam do pai, mãe e família atolada na corrupção. Respondo: É o medo da verdade que ele esconde do seu eleitorado.

    ´´É o sujo falando dos “mals lavados”. Entre o Continuimos de Jhc (10 anos na política), Anular o voto como covarde… tenho 5% de chance de votar no Alfredo Gaspar de Mendonça. Infelizmente é o menos ruim que temos como opção! Infelizmente não há nova política no candidato do PSB, pois leva com ele as raposas velhas: Katia Born, Ronaldo Lessa, José Tomaz Nonô… e o discurso de que é mudança se quebra no momento que esse cidadão dará continuidade (continuísmo) a política antiga, a velha política que já conhecemos.
    Fora que se elegendo, esse cidadão poderia mudar o nome para Rui Palmeira, a quem tanto tem amor e vai aproveitar gente da gestão atual, onde o mesmo critica veemente.

    Vale a reflexão ao povo de Maceió. Não aos lunáticos que estão aguardando(se o novo da política velha se eleger) ou tem cargo comissionado no estado ou prefeitura!

    • Laskdo

      Fique tranquilo, pois “As flores brotam em meio a espinhos”

  • Henrique

    Pq aliviar para a família dos que ferram literalmente a família do povo? Tem mais é que os expor, para que saibamos o que teremos pela frente!