Os comitês eleitorais acenderam a luz amarela, na preparação do Dia D (o da eleição).

Com a ausência da biometria, a desconfiança geral é de que está aberto campo para as fraudes nas urnas, até por causa da escassez de pessoal da Justiça Eleitoral, em decorrência da pandemia.

Pode até parecer exagero, mas os principais comitês – todos – trabalham com dois horários críticos: 10 horas da manhã, do dia 15, quando a maioria dos idosos já deve ter votado – ou se ausentado -, e após 17 horas, quando as urnas forem fechadas.

Aí entraria em campo o Grande Eleitor, que, estando dentro da sessão eleitoral e com pouca fiscalização, pode aumentar a sua participação eleitoral.

“Pode parecer lenda urbana, mas não é”, me disse um especialista do ramo.

A ordem nos comitês é até contratar pessoas que possam fazer a fiscalização permanente em todas as urnas.

Todo mundo desconfia de todo mundo – e não pode ser diferente.

Otávio Lessa garante antecipadamente reeleição na presidência do TC
Servidora denuncia conselheiro por assédio moral e TC abre Processo Ético
  • O segundo grande ausente da Eleição de 2020!

    Boa tarde, amigo Ricardo Mota! Espero uma postagem sua a respeito do segundo grande eleitor do presente pleito (o primeiro é o eleitor, claro!): O Senador Collor.
    A quem apoia em Maceió e Arapiraca, as duas maiores cidades do Estado de Alagoas!

  • José

    A justiça eleitoral é uma piada de mau gosto. De norte a sul do país as aglomerações se sucedem.Umverdadeiro carnaval . Aí fala de prevenção no dia da votação. Brincadeira.

  • Williams Roger

    Protogenes Queiroz, um herói nacional, avisara!

    https://youtu.be/x_cpioJWIFk

  • Valdemir Barreto

    Por quanto a justiça não se fizer respeitar (temer,obedecer, buscar, agir) os ratos, se fartarão.

  • Consigliere Alagoano

    ..

    CURIOSO!

    Se não posso TOCAR no “SCANNER DIGITAL”;
    Porque POSSO “TOCAR o TECLADO” para o VOTO, vai ter alguém limpando o mesmo a cada VOTO??

    .