Começo afirmando que acho fundamental que o tema Braskem e seu rastro de destruição seja intensamente debatido na campanha eleitoral.

Da mesma forma, creio ser inevitável que o debate eleitoral sobre o assunto seja ralo e prenhe de oportunismo, visando atingir o coração – sangrando – de uma população revoltada e vulnerável.

Os moradores do Pinheiro, Bebedouro, Mutange e Bom Parto estão entrando em desespero pela demora da empresa – a Braskem – em resolver um problema crucial: trata-se da vida deles, simplesmente isso.

Não há de se ignorar a persistente atuação do Ministério Público e da Defensoria com o objetivo de cortar caminho na longa e interminável trajetória que pode levar à Justiça.

Houve avanço até, mas isso não bastou e não basta: a mobilização dos moradores, com os seus veementes protestos, deve arrancar dos candidatos a prefeito de Maceió mais do que discursos demagógicos – compromissos por escrito, com promessa de renúncia em caso de não cumprimento (e isso não é exagero. Corresponde ao grau de seriedade da questão).

A Braskem vai, sim, ajudar a eleger o futuro prefeito, pela sua omissão ou demora em socorrer os prejudicados por ela.

O resto pode ser simplesmente falácia, discurso vazio, se a população calar e aceitar o oportunismo, quando ele se apresentar evidente, o que já é o caso tantas vezes.

DC pode usar as pesquisas para tirar Cícero Almeida da disputa a prefeito
Assembleia aposta que pode ter candidato no segundo turno em Maceió
  • Há Lagoas

    Quem dera os eleitores levasse este tema a sério, e não me refiro apenas aos atingidos por esta tragédia, mas os eleitores de toda Maceió!
    Contudo, é preciso considerar que um evento de tal magnitude, como o que esta ocorrendo nos bairros atingidos, envolve a casa dos milhões de reais, e neste quesito, o cidadão é refém do poder econômico, político e – letárgico do – judiciário.
    E uma pergunta tão importante quanto a indenização dos moradores, como vai ficar a mobilidade urbana naquela região, e o que dizer do trajeto da linha do VLT?!
    Com a palavra, os candidatos…

  • Carlos

    É filtrar a historia de cada candidato como chegou na politica e família que é toda atolada na velha e enfadonha politica.

    • ZIL

      Não só a história política! Os apoiadores! Como chegou a ser candidatado com o apoio dos piores gestores que alagoas e Maceió ja teve, engavetado processo de investigação! Apoios! Quem está por trás de cada candidato! Candidato apoiado pelo Rui Palmeira e pelos Renans, não voto e faço campanha contra de graça!

  • FEI.JÓ

    OS CANDIDATOS A PREFEITO E A VEREADORES DE MACEIÓ SÃO VÁRIOS QUE DEVERÃO TER O APOIO DA BRASKEM. MAS ISSO É APENAS NO SILÊNCIO, NINGUÉM PODE SABER OU ATÉ CONHECER O REAL MONTANTE DE MILHÕES QUE CADA POSTULANTE DEVE RECEBER.

  • Antonio Moreira

    Não faz muito tempo, o Eduardo pediu para eu entregar um documento para o meu filho. Um tempo depois eu estava fazendo a minha atividade física e parei para atendê-lo. Ele me disse que tinha 4 imóveis em um desses bairros e conseguiu receber tudo. Agradeceu muito ao meu filho (advogado) . O meu filho disse que o cliente(Eduardo) ajudou muito também.

  • Ex. Morador de Bebedouro

    RESUMO GERAL; Basta não REELEGER POLÍTICOS DE CARREIRAS. Escolha um candidato de 1º mandato, tanto para vereador, como para prefeito. E aposte, se durante os 4 anos, ficou frustrado com a sua atuação. Exclua no próximo!! Estes que estão em evidencias na TV. São filhos de raposas, ou raposas velhas.

  • Amauri Mariano

    Prezado Ricardo boa tarde. Aprecio a anos o seu programa no rádio, porém, alguns dias perco. você já tem um podcast ou algum link para os programas? O TNH poderia grava-los e disponibilizar em alguma plataforma, como o youtube por exemplo. Abraços.

  • Morador do pinheiro

    Não votem em Gaspar de Mendonça, ele foi um traidor. Ele foi lá no bairro e mostrou seu pulso firme. Mas de repente o lobo virou um gato manso, se calou e tirou da gaveta um acordo injusto, mosoro obrigando os moradores a sair de suas casas sem data prevista pra ser indenizado. Concordou com um dano moral de 40 mil que é um tapa na cara de cada morador. Gaspar é apoiado por Ruim Palmeira e Governador Renan Filho . Ambos não se importam com o caso dos bairros afetados. Dois políticos omissos que querem agora eleger um Gaspar traidor de todos os moradores. Cadê seu pulso firme Gaspar contra a Braskem?

  • Santos

    Eu acredito que a Braskem vai ajudar a eleger o futuro prefeito de Maceió, mas financeiramente. É público que a Braskem, ao longo dos anos, tem ajudado financeiramente a campanha de muitos candidatos e essa campanha não será diferente. Se não oficialmente, por baixo dos panos, a Braskem deve já ter entregue a vários candidatos, uma boa soma em dinheiro vivo. Prejuízo mesmo, só a população que mora nos bairros afetados e nos bairros próximos, que tiveram seus imóveis afetados e os dos bairros próximos que tiveram seus imóveis desvalorizados.

  • Moradora e comerciante do Pinheiro

    Os principais estão comprometidos e são coniventes com toda a situação. No final da história somente nós moradores é que saímos lesados e tristemente prejudicados. E o resto da população se prevalece , aproveita da nossa fragilidade, aumentando os aluguéis e valores de seus imóveis.
    E quanto quanto aos políticos…se elegem do mesmo jeito enchendo seus lindos bolsos de dinheiro.😰😤😤😤

  • Eduardo Vicente da Silva

    Só tem um jeito: 0000,e digitar ok.o