Apesar das dificuldades próprias impostas pela pandemia, os partidos que são ou querem ser grandes em Alagoas fizeram um exercício de ostentação de riqueza para atrair bons candidatos a vereador.

A operação consistiu em oferecer dinheiro para a campanha de postulantes ao posto – principalmente – de suplente de vereador, os tais escadas, personagens fundamentais na eleição dos que brigam pra valer por cadeiras nas Câmaras Municipais (principalmente em Maceió). Filiação garantida, promessa esquecida.

É claro que podemos colocar na categoria de tolos os que acreditaram nas propostas dos donos de partidos e/ou de candidatos com chances reais de vitória.

Os valores?

A partir de R$ 50 mil.

(E não dá nem pra reclamar com o bispo – ele não seleciona mais os eleitores.)

MDB suspende filiação de Luciano Barbosa e abre processo de expulsão
A força das ruas na campanha é tão somente a força da grana
  • Celso

    Candidatos a suplente de Vereador?
    Resposta

    Sutil?

  • Marcos vergel

    Ricardo, conheço um no bairro do vergel que confiando no presidente municipal de seu partido levou uma rasteira, lhe oferecerão pra campanha uma rasteira…. E o candidato a prefeito fez e faz questão de ignorar….