A Fase Verde da flexibilização em Maceió só chegará quando houver algo próximo a um entendimento entre donos de escola e pais (e mães) de alunos.

O que acontece hoje?

A divisão dentro de cada grupo, com manifestações a favor do retorno das escolas e contra a volta às aulas presencial.

Na rede pública, onde a situação é mais complicada, já que as crianças e os adolescentes não têm muitas opções de lazer (e vida) que não fora de casa, a expectativa é de que a Secretaria de Saúde analise e defina os protocolos de retorno presencial.

Nas escolas particulares, o ensino remoto vai apresentando resultado tolerável e até custa mais barato, ressalte-se, do que o ensino presencial.

Enquanto uma das forças contrárias não se mostrar majoritária, o governo não deve publicar um avanço para a Fase Azul em Maceió.

Outro problema é o setor de eventos, que vem funcionando aqui e ali, mas sem ainda o reconhecimento formal.

Quanto ao interior, a campanha eleitoral nas ruas já deixou claro o protocolo: aglomeração faz bem (imagino que ao coronavírus).

Lista de "inelegíveis" do TCE-AL vira piada na Assembleia Legislativa
Pinheiro: Conselho Nacional do MP arquiva reclamação contra procuradores
  • Saogala

    Uma coisa é certa, entre as várias discussões e argumentações pró e contra, vão citar vários países, mas com certeza, esquecerão propositalmente a Suécia!
    Meu filho volta pra escola!

  • João Neves

    Escolas particulares são capitalistas selvagens. Estão nem ai para a saúde de crianças e professores.
    Solução: abram as escolas para os pais que queiram enviar seus filhos e continuem com ensino remoto para os pais que deixarão filhos em casa esse ano, claro que mantendo a redução de 30% na mensalidade, para estes.

  • Alexandre

    O Governo Estadual precisava ver a situação dos 800 alunos do Curso de Formação de Praças da PMAL, são já quase 6 meses parados com a paralisação do curso, onde é uma perca imensa pra populaçao e pra segurança pública, todo ano centenas de polícias vão pra reserva, diminuindo cada vez mais o contigente da corporação, e a formação desses soldados alunos ia aliviar um pouco mais essa queda, vários estados o curso de formação de policiais estão acontecendo normalmente tomando todos os devidos cuidados…já tá na hora de retornar a formação desses soldados pra o mais breve possível estarem nas ruas ajudando no combate a criminalidade e na segurança pública…Bares, Praias, Shoppings, Comércio, Igrejas, tudo lotado, a vida já voltou a normalidade , o vírus já se espalhou..está aguardando o que Senhor Governador Renan Filho? As aulas dos cursos de Formação de Sergipe, Rio Grande do Norte, Minas Gerais, São Paulo…já voltaram…dos cursos de formação em andamento, só o de Alagoas não voltou…o único do Brasil

  • James

    Não pode ir pra escola, mas pode fazer aglomeração como no parquinho de frente ao hotel ponta verde.

  • Jose da Silva

    E a fraudemia segue deixando seus rastros…

  • Ana luiza

    Quer dizer que os outros seguimentos como eventos vai ter que esperar por escolas? O que tem haver uma coisa com outra? Se os pais e escolas não chegaram a um acordo, problema deles. Nós que fazemos eventos estamos prontos pra fechar as portas agora em setembro. O seguimento de festas infantis está se acabando. Os restaurantes fazendo festa é.is salões a 6 m3ses fechado. Que seja feito uma alteração na fase azul e.se.permita alguns eventos reduzidos. Isso é um absurdo!

    • Cleyton

      Problema deles? Engraçado como cada um olha para seu umbigo. As escolas também estão fechadas, muitas fecharam definitivamente…

  • Carlos Eduardo

    O interessante é que a maioria dos pais que não querem a volta das aulas, são os mesmos que levam os filhos ao shopping, à praia e outras coisas mais.

  • Abrante Pedrosa

    Meu filho na escola já!

  • Mario Cesar Jucá Filho

    Qual a dificuldade de autorizar o retorno, garantindo o direito dos que não querem ou não podem retornar? As escolas estão preparadas para garantir a estes a possibilidade de continuar estudando remotamente.
    Não vejo outra resposta que não seja a falta de interesse.

  • Carllo

    Crianças na escola só com vacina! E quem leva os filhos pra shoppings e parquinhos também está fazendo errado.

  • Josivaldo

    Os nossos governantes só irão entender que estão trabalhando contra a vontade da maioria do povo, após as eleições deste ano. Aguardem que a resposta virá através das urnas.

  • Lilian

    Quem não quer voltar são os papys que querem continuar com o desconto de 30% para curtir as praias e shoppings .

    Fica fácil decidir aos olhos dos que possuem condições de assistir as aulas remotas , empatia falta muito por parte da burguesia .

    Como diz na matéria e os alunos das escolas públicas como ficam ?

    Como docente eu sou volta às aulas !

  • Aline

    Acredito que umas das soluções seria que os professores recebessem o auxílio também. A maioria das escolas quer a volta as aulas principalmente pela parte financeira porém os pais não pagam pois não estão recendo o devido suporte. Aula online não é a mesma coisa que presencial. Este é um assunto muito delicado onde as escolas precisam dos pais, e os pais tmb da escola. Então se o governo pagasse aos professores um auxílio eles teriam que trabalhar pois estariam recebendo e os pais não precisariam pagar . Por de certa forma muita gente perdeu o emprego tem outras coisas como prioridade e isso é compreensível, talvez se as escola públicas e estaduais tivessem um melhor funcionamento não tivesse tantas escolas particulares e nem estariam passando por tal complicação.

    • Clara Maria

      Meu amigo, muitos professores estão recebendo o benefício emergencial do governo( tipo um seguro desemprego), estão com os contratos suspensos totalmente ou parcialmente e trabalhando normalmente. Na escola que eu trabalho já vai fazer 6 meses de salário pago através do benefício do governo. Ou seja, estamos trabalhando normalmente, recebendo pelo governo federal, sem recolher fgts ou INSS e as escolas particulares estão a todos esses meses colocando o dinheiro da mensalidade no bolso. Mesmo com desconto de 30% , as escolas estão lucrando e muito, pois não estão tendo gastos com funcionários nem com a estrutura da escola. Essa é a realidade não só minha, mas de muitos professores que eu conheço.

  • Marcus

    É muita palhaçada! Fazer festinha de aniversário, churrasco, etc.. com 30 pessoas em casa ou em catamarã não tem problema. Frequentar bares, restaurantes e shoppings lotados também pode. Aí quando fala em voltar as aulas é o fim do mundo.

  • Escola no Brasil nunca foi essencial

    Ninguém cita o Estado do Amazonas? Lá voltou a alguns meses e não teve problema, Pernambuco vai voltar dia 5 do mês que vem, outros Estados bem piores já voltaram ou vão voltar! Já ficou claro que o problema nunca foi o coronavírus…
    Enquanto isso vão enchendo bares, praias, festas privadas, etc…
    É por favor, não venha com a desculpas que esses são opcionais, porque tudo na sua vida é!

  • Jardellaine

    Incrível como a Educação no “BRASIL” fica sempre em última opção.
    Tanta verba que entra para o investimento das escolas, vem dizer que está sem condições para o retorno as aulas. Se deixassem de roubar, verba teria!
    Criança não tem condições de ir a sala de aula, mas, adolescentes tem condições sim.
    “Sim! ao retorno das aulas.

  • Interiorano

    Eu nunca tinha visto uma Pandemia deixar a Humanidade ajoelhada, que nem essa! Uns, dizem uma coisa! Outros, dizem outra coisa! Uns, dizem que a Vacina sai ainda esse ano! Outros, dizem que a Vacina só sai no meio do ano de 2021! E outros dizem que a Vacina só sai no final do ano de 2021! Algumas autoridades dizem que vão fazer consórcio com alguns Países para adquirir a Vacina A! Outras autoridades dizem que vão fazer consórcios com outros Países, para adquirir a Vacina B! Algumas autoridades médicas dizem que a Covid -19 afeta isso! Outras autoridades médicas dizem que a Covid-19 afeta aquilo! E por aí vai! A realidade é que ninguém têm certeza de nada! Infelizmente, de tanta incerteza, muitas pessoas ainda estão temerosas de colocar seus filhos nas escolas! Essa é a humilde opinião desse velho matuto!

  • Edjane Chalegre

    Mais uma vez fica claro, que a educação não é prioridade. #Voltaasaulasjá!

  • Castillo

    Meu Deus, é extramamente angustiante ver como nossos líderes tratam da educação. Sou professor e procuro todos os dias uma boa explicação para que escolas estejam fechadas e todos os outros segmentos – shoppings, praias e bares – abertos. Pessoas falam que as escolas privadas só querem voltar pelo dinheiro, e estão extremamente enganadas pois a maioria está pagando apenas 30% do salário aos professores. Então entendam de uma vez que quem está sofrendo são professores – com salários defasados – e alunos – com essas aulas online que nem de longe são iguais a presencial. Pais tenham consciência, pois quem não quer voltar não precisa – o protocolo tem sistema híbrido como prioridade. Espero que o governo possa encerrar de vez essa sacanagem com nós da educação, uma vez que os números só caem mesmo com mais de 90% dos segmentos totalmente abertos.

  • Micheline da Silva Santos

    As pessoas esquecem que as praias e shoppings são ambientes amplos ventilados, enquanto as salas de aula, em sua maioria, são fechadas e sem ventilação , sendo obrigado a utilização de ventiladores ou ar condicionado.

  • Roberto

    Bom pra escola que tá economizando energia, água, material escolar, eu mesmo estou gastando horrores! estou pagando uma professora pra acompanhar minhas filhas na aula remoto, praticamente estou pagando duas escolas.

  • José Máximo

    Espero que a SEDUC não ache que todo aluno da rede pública fica perabulando pela rua. Minha família toda estuda na rede pública, são 6 alunos que estão em casa, saindo apenas quando nescessário.
    Para a volta as aulas, tem que ter testagem em todos os alunos e professores.
    Se formos ver a desobediência ou a incredulidade de algumas pessoas, possivelmente já estamos próximos de uma imunidade de rebanho.
    O que ainda não entendo e porque o ser humano é tão difícil de ceder para o bem comum, tivemos várias chances para que essa pandemia não tivesse proporção mundial, mas a China estava próximo das férias e final de ano, então não poderia parar; o vírus migrou para outros países da Europa, mas era festival, férias de inverno, carnaval na Itália, e o vírus migou novamente chegando no Brasil que também não poderia fechar as fronteiras pois seria início do carnaval, enfim… VIVA O DEUS DINHEIRO!!!
    SALVE A GANÂNCIA, OREMOS PARA NOSSA ARROGÂNCIA. Ipocritas governantes mundiais.

  • Mais indignada impossível!

    Como assim? Vão fazer plebiscito para abrir as escolas?
    Se isto não é uma prova cabal de negligência do poder público, já não sei o que seria.
    Assim é fica muito fácil para o governador e perfeito!!! O poder público lava as mãos e pais e empresários que se entendam e assumam a responsabilidade???
    Quem puxar a corda mais forte, ganha???
    Neste Cabo de guerra, o que menos interessa são as crianças, que precisam de saúde e de EDUCAÇÃO, que aliás, são indissociáveis!
    As grandes escolas e faculdades estão lucrando mais com o ensino a distância.
    Apenas as escolas que tem exclusivamente ensino infantil estão na briga. Do contrário, isto já estaria resolvido antes da abertura dos shoppings.

    Quem tem que decidir o momento de retorno as aulas são as autoridades públicas, baseadas nas mesmas informações utilizadas para a abertura de outros setores.

    Eis o nó crítico: o Estado (poder municipal e Estadual) não tem shoppings e restaurantes que precisavam ser estruturados para garantir a segurança dos seus próprios clientes. Mas tem escolas. Eis o X da questão.

  • Maria

    Faz-se necessário ouvir a opinião dos professores também. Pais mandam se quiserem, mas os professores obrigatoriamente deverão ir às escolas, principalmente de escolas públicas, onde em muitas nem papel higiênico tem suficiente, imagine estrutura para receber os alunos. Só Deus !!!
    Crianças do ensino fundamental usando máscara não se pode nem imaginar, sei não, viu! Os adultos não usam, imaginem crianças.. Uma criança infectada passa para todas e para a equipe da escola, pois são quatro horas na sala de aula.

  • É difícil

    A situação é muito difícil, pois, faz-se necessário ouvir a opinião dos professores também. Pais mandam se quiserem, mas os professores obrigatoriamente deverão ir às escolas, principalmente de escolas públicas, onde em muitas nem papel higiênico tem suficiente, imagine estrutura para receber os alunos. Só Deus !!!
    Crianças do ensino fundamental usando máscara não se pode nem imaginar, sei não, viu! Os adultos não usam, imaginem crianças.. Uma criança infectada passa para todas e para a equipe da escola, pois são quatro horas na sala de aula.

  • Edilene

    Meu filho não volta pra sala antes de uma vacina, tenho um pai de 86 anos em casa, não quero perde nem meu filho nem muito menos o meu pai, quem quiser manda o seu filho qual o problema quer trazer o Covid pra sua casa , continua indo pra o shopping, a praia e a ESCOLA, qual o problema né. O filho e seu quem tem que tomar conto e VOCÊ MESMO. MAS O MEU NAO VAI, SO TENHO 1 E NAO QUWRO PERDE, PRA DOENCA NENHUMA.

  • ERIK BISPO

    Acordo entre pais e escolas?
    E os professores, Meu Caro Ricardo?
    Meros assistindores dessa aula de perdigotos?
    Sou seu leitor assíduo!
    Abraço!
    ERIK BISPO

  • Ana Lúcia Dias Brandao

    Meus filhos permanecem na fase vermelha , estudam em casa. Nao voltarão p escola. N tem logica isso. Adultos nal seguem os protocolos, imagine criancas e adolescentes. Jamais. Ficarao em casa. Absurdo cogitar isso.