Atualizando às 18:42

O governador Renan Filho confirmou no início da noite de hoje o avanço na reabertura econômica no estado: Maceió vai para a Fase Amarela e as regiões Metropolitana Norte vão para a Fase Laranja, iniciando a retomada (ver matéria abaixo).

Há duas correntes dentro do governo, mas ambas convergem para um cenário mais avançado de retomada da economia. Uma conversa, ainda, com o prefeito Rui Palmeira vai arredondar a posição do estado e do município (o decreto da prefeitura vigora até a quinta-feira) – e ambos têm mantido uma postura de muita prudência.

Maceió sai da Fase Laranja – a atual – para a Fase Amarela, com reabertura dos seguintes estabelecimentos:

– lojas ou estabelecimentos de rua acima de 400 m²;

– shoppings centers, galerias, centros comerciais e estabelecimentos congêneres;

– templos, igrejas e demais instituições religiosas, funcionando com 50% da capacidade;

– bares e restaurantes, funcionando com 50% de sua capacidade;

– transporte intermunicipal e turístico, funcionando com 50% da capacidade.

Lembrando que ontem a ocupação de leitos de UTI na capital se manteve no patamar de 65%, um índice alcançado desde a última sexta-feira, segundo as fontes oficiais.

No interior, a situação ainda exige um acompanhamento mais cauteloso, principalmente em duas Regiões de Saúde, que ainda preocupam muito as autoridades e os técnicos do setor: a 5ª Região, englobando São Miguel dos Campos, Junqueiro, Campo Alegre e Teotônio Vilela; e a 7ª Região, da chamada Grande Arapiraca (e ainda o Sertão, por falta de leitos).

Renan Filho, entretanto, anunciou a reabertura da economia na Região Metropolitana de Maceió e na Região Norte, que ganhou o Hospital de Porto Calvo, na semana passada.

As duas regiões passarão para a Fase Laranja, autorizando a reabertura:

– de lojas ou estabelecimentos de rua com até 400 m²;

– salões de beleza e barbearias (com hora marcada);

– templos, igrejas e demais instituições religiosas, funcionando com 30% da capacidade.

 

Reunião do Conselho Superior do MPE expõe críticas a acordo com a Braskem
Quem será o candidato de Bolsonaro a prefeito de Maceió?
  • Maurício Reis

    Quero saber é do repasse IPCA, da correção do desconto do AL Previdência e do pagamento salarial do estado dentro do mês trabalhado….., Chega de mi mi mi sobre o COVID- 19

    • Idosamente MONGE no Sertão: busca SUS sem úi nem Ái!

      Só queres Pecado CAPITAL, óh Mau … rício AmçéyZzado?
      Q purgante: Óleo de RÍCINO dá azia, meu Reis!
      # Sou + a POESIA a poesia sertaneja [Da Djessyka Silva]
      – Educadora Social, Assist Social quase Bióloga – UNEAL é Sertão!
      * Diz a moça:
      > Mas nesses isolamentos de luxo o que muitos ignoraram,
      – foi o AGRICULTOR garantind’a mesa farta se arriscando pra cuidar do ROÇADO.
      > Era empresário se agoniando … CNPJ’s c’a mão na cabeça
      – Er’a mulherada tudo doida … salões d’beleza, fechados,
      > E os fitness: notificado! … Gente paVê namoradX,
      – até 1 dos 2 adoecer: vírus inventado?
      [Terça 14jul20]
      https://www.alagoasnanet.com.br/v3/observacoes-de-isolamento-parte-1/

  • Carol Rocha

    Flexibilizar sem fiscalização será um enorme risco. Aglomerações estão acontecendo e ninguém está fazendo nada. Ônibus estão passando lotados. Não adianta ficar apenas nos terminais e durante o percurso? Clínicas e laboratórios não estão seguindo em sua totalidade as recomendações, supermercados nem se fala. ESteve final de semana Assaí da Serraria lotado. CADÊ A FISCALIZAÇÃO. Farmácia clientes com máscaras no queixo e funcionários nem aí. Essa história de dizer que todos os funcionários dos 3 shoppings estão sendo testados tudo “conversa fiada” , conheço várias pessoas que já estão trabalhando e nenhum teste foi feito e não é nem falado. Sei não….E no interio ainda é pior a situação. Pode esperar os próximos 10 dias….Espero que esteja errada. Ah, Centro Médicos elevadores cheios. …As pessoas ignoram os avisos e ninguém fiscaliza.

  • Bel

    DEVERIA SER FEITO UMA PESQUISA COM A POPULAÇÃO, ANTES DE COLOCÁ-LA EM RISCO.

    • Chega

      Isso é sério? Sai quem quer ou quem precisa… ou vai perguntar aos que saqueiam cargas, jogam entulho nas calçadas e praças, dirigem sem habilitação, fazem festas em meio a uma crise sanitária, obrigam outros a ouvirem a maldita música de seu carro, ocupam irregularmente os espaços públicos… dessa população não temos nada a ouvir.

  • Denisson

    Tem que ter fiscalização!! Começar a multar os irresponsáveis que estão indo fazer atividade física na orla sem máscara.

  • santos

    TESTAGEM NOS SHOPPINGS KKKKKK , 3 MESES E AINDA NAO VI ISSO AQUI
    SALVEM – SE QUEM PUDER !!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Walker

    Amigo Ricardo, boa tarde. Nesta nova fase, inclui-se os Mercados do Artesanato, Shopping Popular, Mercado de Jaraguá?

  • Maria Goretti

    Boa Tarde
    Presado Jornalista Ricardo Mota . A região norte do nosso estado recebe turistas de várias regiões do país, e a população dessa região chamada Costa dos Corais. São poucos os que abedecem os protocolos de segurança a saúde, pousadas funcionando .aglomeração. Festas. Prostíbulos abertos. Mercadinhos sem álcool a disposição dos clientes.uma completa alienação imagemos passar pra fase amarela se não houve resguardo na fase vermelha.

  • Carlos

    É momento de incerteza e muita reflexão. Eu, tu, ele, nós ,vós e eles. Todos são responsáveis o vírus continua circulando e sejamos os nossos fiscais e assim mesmo os riscos são grandes. Eita coisa difícil e vamos deixar de culpar só os governadores.

  • JUNIOR

    VEJO MUITA PRESSÃO NO GOVERNADOR E AINDA TEM MUITO RISCO ENVOLVIDO Á POPULAÇÃO MUITOS AINDA NÃO OLHAM ESSA DOENÇA NA SERIEDADE QUE DEVE SER DADA. SEI QUE TODOS PRECISAM TRABALHAR E GANHAR SEU DINHEIRO PRA PAGAR SUAS CONTAS MAIS ESSA DOENÇA NÃO TEM REMÉDIO PRA ELA E MUITOS ESTÃO MORRENDO. DEVE SER INTENSIFICADA A FISCALIZAÇÃO POIS NO ATACADÃO PRAIA HOJE TINHA FILA E SÓ 2 CAIXAS ATENDENDO E POR MAIS QUE SE FALE COM A GERÊNCIA NADA É FEITO. TEM QUE SE FAZER A LIBERAÇÃO JUNTO COM A FISCALIZAÇÃO POIS ASSIM O GOVERNO FAZ A SUA PARTE E A POPULAÇÃO A DELA.

  • Benedito pontes

    Meus amigos alagoanos se em Porto Alegre os governantes deram pra trás em relação a flexibilização quanto mais aqui heim? O vírus está em todo canto esperando os hospedeiros maceioences.
    Infelizmente nós alagoanos somos imprudentes e vamos agravar está crise mais e mais.
    50% não adianta botar máscara e ser receioso se os outros nao estao nem ai.
    Quem puder ficar em casa e se esconder se esconda.

  • Mário Jorge

    Nem Jesus Cristo agradou a todos. Vamos todos para debaixo da cama e esperar descobrirem uma vacina. Ficamos lá até o ano que vem, que tal?

  • TSantos

    Já que em Maceió LIBEROU GERAL, não vejo motivo algum para os ÓRGÃOS PÚBLICOS não voltarem ao ATENDIMENTO PRESENCIAL. A população está sendo prejudicada com os órgãos públicos fechados. Nem todos tem habilidade para manusear um computador para resolver seus problemas pela Internet. Os SERVIDORES PÚBLICOS já descansaram o suficiente, e agora tem que voltar a atender a população que paga seus salários. #PREFEITURADEMACEIÓ, #GOVERNODEALAGOAS, #DETRAN-AL, #TJAL, #MPAL, #TRT19, #TCAL, #TRE-AL, #RECEITAFEDERAL, #INSS, #SEFAZ-AL e todos os demais órgãos públicos.

  • Jose

    Boa noite gostaria de saber ser às provas práticas do Detran vai volta nesse novo decreto

  • Dúvida cruel?

    Boa noite , em relação a igreja é permitido a ida se crianças para a mesma ?

  • Dúvida cruel?

    São as pessoas comuns que vão colar suas vidas em risco apesar de algumas regiões como o Benedito Bentes nos ônibus de integração não é respeitado o limite de passageiros colocando desde o início desta pandemia a população em risco.

  • Leyla

    Boa noite, gostaria de saber se a Barra de São Miguel, será liberada a abertura das igrejas.

  • Junior

    Boa noite, queria saber se a reabertura de academias tbm está sendo liberadas!?…