O Ministério Público do Trabalho destinou mais de R$ 470 mil para o projeto de UTI Virtual, desenvolvido pelo Hospital do Coração e pela Fundação Cardiovascular de Alagoas. Os recursos são decorrentes do acordo firmado com a Braskem, através da Justiça Federal.

O serviço, que ainda recebe o apoio da Equatorial Energia e Aloo Telecom, contará com a participação de médicos especialistas no trabalho por meio da Telemedicina, enfermeiros e fisioterapeutas.

Segundo nota do MPT, “o projeto trata da implementação do serviço de telemedicina destinado exclusivamente para o auxílio à decisão médica do tratamento da Covid-19 em Alagoas. Faz-se necessário, para tanto, uma estrutura da UTI Virtual que viabilize a realização de atividades de teleorientação, telemonitoramento e teleinterconsulta, de modo a contribuir, à distância, com o trabalho de profissionais intensivistas”.

Denúncia leva Conseg a suspender promoção por "merecimento" na PM
Sociedade de Infectologia muda orientação e não recomenda uso da cloroquina
  • wal

    O Governador RENAN FILHO do PAI, Alaogoas, é um dos que MANDA TODA A POPULAÇÃO FICAR EM CASA, perguntas..
    Quem vai pagar minha conta de energia ?
    Quem vai pagar minha conta ( oi ) elefone ?
    Quem vai pagar minha internet ? ( casa ), trabalho
    Quem vai pagar minha conta de energia 2 meses em atraso, ( já recebi aviso de corte ?
    Quem vai pagar minha conta de Áua ? ja recebi aviso de corte.
    Quem vai pagar meu cartão de crédito ? ( Feira, remédio, ?
    RENAN FILHO ,diz aí, o sr, vai topar ? sabe quem da sua turma pode topá ? Se o sr achar quem eu fico em casa, e não boto nem a cabeça na Janela…
    DEUS SEJA LOUADO.