Alvo de denúncias e da fiscalização do Ministério Público do Trabalho, que vem cumprindo um grande papel neste momento, a UNCISAL – Universidade de Ciências da Saúde – vive a tragédia da Covid-19 como sempre: sem dinheiro e sem poder adquirir o que precisa – equipamentos e insumos (que vão se acabando).

O que não é pouco.

O blog ouviu dois personagens de posição destacada na instituição, embora o reitor Henrique Costa tenha se negado a falar sobre o tema.

A questão é: a UNCISAL não tem autonomia financeira e não recebeu recursos nem insumos adicionais, apesar da evidente necessidade, como “a imprensa tem sempre denunciado”.

A conclusão: “A UNCISAL está sendo escanteada e o governo não assume qualquer responsabilidade pelo que está acontecendo aqui”.

É claro que o volume de trabalho tem aumentado e a falta de equipamentos e insumos vem crescendo, o que é alvo da precisa intervenção do MPT.

“Nós temos 75% do portfólio da Saúde em Alagoas, são cerca de dez unidades”, afirma uma das pessoas ouvidas pelo blog. E listou:

– Hospital Helvio Auto, diretamente envolvido com o combate à Covid-19, tendo alguns dos melhores especialistas de Alagoas (o médico Fernando Maia, dos quadros do HEHA, é presidente da Sociedade Alagoana de Infectologia);

– Maternidade Santa Mônica;

– Hospital Portugal Ramalho;

– 2 Centros de apoio Psicossocial (CAPS);

– Serviço de Verificação de Óbito (SVO);

– Centro de Patologia e Medicina Laboratorial (que realiza exames para toda a rede pública, inclusive o HGE);

– Centro de Diagnóstico por Imagem;

– Ambulatório de especialidades;

– Centro Especializado em Reabilitação.

(A Sesau cuida do HGE, Unidade do Agreste, Hemoal e SAMU – onde os problemas também aparecem.)

Resumo da ópera: o governo do Estado não pode usar o discurso do “toma lá que o filho é teu”.

“A UNCISAL é uma autarquia vinculada à Secretaria da Saúde” – como está no site da Sesau –, sem dinheiro e sem ter como sobreviver sem os recursos do Estado.

Bolsonaro tenta ocultar os cadáveres da Covid-19
Conselho diz que 105 profissionais de Enfermagem estão afastados pela Covid-19
  • Giovanna Bicalho

    Concordo 100% com esta informação. Se a sociedade soubesse o que se passa lá dentro da Uncisal todos ficariam perplexos! Eu sou servidora há anos e nada muda. É uma vergonha as gestões que entram e sai e nada melhora. O que o servidor passa lá dentro é algo que o Ministério Público do Trabalho deve fiscalizar. Muita perseguição e politicagem. Os atuais administradores não sabem nem pra onde vão. São irresponsáveis pois existem servidores passando todo tudo de necessidade lá dentro. Fora que não temos um plano de cargos e todos dependem de uma gratificação cara crachá. Só ganha essas gratificações altas quem faz parte da panelinha e quem quer trabalhar de forma séria fica desvalorizado e escanteado. É muito absurdo! Muita picuinha, por isso nada anda na Uncisal. Como pode uma Universidade administrar várias unidades de saúde? Isso deveria ser responsabilidade da Sesau e deixar a Uncisal somente com a parte acadêmica, sem tirar, claro, a finalidade de ensino das unidades! Mas a administração deveria ser toda da Sesau. A Uncisal é uma universidade, mas parece um puxadinho da casa de cada um que se intitula dono daquele lugar. Terra sem lei já que fazer o que querem lá dentro. Tá na hora do povo acordar! Muito absurdo o que fazem com a Uncisal! É uma universidade genteeeeeeeeeeee… temos que cuidar!

  • Zé indignado ,

    Pois sim… Tanto o reitor e os diretores só deve falar o que for possível o melhor para imagem do do governo Renan Filho. A SESAU, é a gestora dos recursos e o reitor tem que mendigar os e o resultado estão aí. A servidora Bete Omena, que teve a hombridade de denunciar a falta de EPIs, suficiente para segurança dos servidores está sendo vista como patinho feito.

  • wal

    O RENAN FILHO DO PAI, é engraçado, HÁ DÉCADAS, que os Jornais TV PAJUÇARA, ( não assisto o jornal do TV GAZETA ),
    mostra matéria, onde as casas de sáudes, bem como os hospitais, faltam o básico, ( Luvas, Gases para suturas ), e o RENAN FILHO DO PAI, só compra por força da MINISTÉRIO PÚBLICO.
    VIVA O GOVERNADOR. Vivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…

  • Pedro Rangel

    O PROBLEMA DA UNCISAL NÃO É FALTA DE DINHEIRO, NÃO! DINHEIRO TEM DE RODO! ELES RECEBEM DINHEIRO DE VÁRIAS FONTES. DINHEIRO TEM ATÉ DEMAIS! O PROBLEMA DA UNCISAL É FALTA DE GESTÃO E DE DIRECIONAR O DINHEIRO PÚBLICO AOS FINS QUE REALMENTE SE DESTINAM. SERÁ QUE O CAMINHO NÃO TÁ SENDO DESVIADO? OS SERVIDORES SÃO TRATADOS COMO LIXOS E SEGUNDO QUE ESSA GESTÃO ATUAL NÃO TEM PROJETOS INSTITUCIONAIS E, SIM, PESSOAIS LÁ DENTRO. ACOMPANHO TODA ESSA NOVELA DA UNCISAL. TEM DINHEIRO PRA GRATIFICAÇÕES ALTÍSSIMAS MAS NÃO TEM DINHEIRO PARA COMPRAR EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL? COMO ASSIM? TEM ALGUMA COISA ERRADA NESSA LÓGICA. OS ÓRGÃOS DE FISCALIZAÇÃO EXISTEM EM ALAGOAS? NINGUÉM FAZ NADA NÃO? ACORDEM! DIZEM QUE O GOVERNADOR NÃO SE BICA COM O REITOR E PORQUE ELE DEIXA SERVIÇOS ESSENCIAIS DE ASSISTÊNCIA COM A UNCISAL? TÁ NA HORA DA SESAU ASSUMIR AS UNIDADES ASSISTENCIAIS DA UNCISAL QUE É UMA UNIVERSIDADE E MAL FAZ O DEVER DE CASA EM RELAÇÃO AO ENSINO. A UNCISAL TEM QUE FICAR SÓ COM O ENSINO. CONCORDO. EM RELAÇÃO AO DINHEIRO EU DISCORDO QUE SEJAM “SEM DINHEIRO”. SE FIZER UMA VARREDURA E PRESTAÇÃO DE CONTAS VÃO PERCEBER QUE DINHEIRO NÃO É O PROBLEMA.

  • O sofredor da noite

    Concordo com o primeiro comentário, mas vale ressaltar que, mesmo que a Uncisal trate apenas a parte acadêmica fica a desejar. A Uncisal recebe muito dinheiro, o problema é saber para onde essa verba vai, gastaram uma nota para fazer aquele ‘retorno’ em frente a porta, mas pra quê aquilo serve mesmo?

    Tem uns 7 meses que não consertam o ar-condicionado da biblioteca, impossível ficar ali dentro com o calor absurdo que faz. Sem contar que os cursos tecnólogo não tem o suporte necessário, à noite, 70% das salas não tem ar-condicionado funcionando, professores que não querem dar aula.

    É muita coisa a digitar, se focar colocar na ponta do lápis…

  • servidor

    O problema é o que fazem com o dinheiro. tem um monte de gente ficando rica. Essa covid vai ser uma mãe. agora tudo ela leva a culpa. Alo PF presta atencao no dinheoro do sus. tem processo de mil virando milhao no emergencial

  • Carlos

    Todo mundo ficando rico. Já os servidores da linha frente adoecendo e correndo o risco de morte e deixando os filhos os miseráveis salários e não vejo um comentário e tomara que não pode inclusive eu ser tratado por estes heróis da saúde pública. Plano de cargos e carreira da uncisal, pode ir junto para o cemitério com ….

  • Zil

    Eleição vem ai! Voltem nos mesmos, nos HOLANDAS, NOS NOVAES, NOS PEREIRAS, CALHEIROS, BELTRÕES, BARBOSAS, ALBUQUERQUES, NOS TENORIOS, LIRAS, PALMEIRAS, DAVINOS, LESSAS, CALDAS, ETC.. Políticos qie estão a centenas de anos no poder, passando de pai para filho! E depois venham reclamar aqui no blog ou em outro lugar ou vocês não sabiam que essa turma aí não serve para Alagoas?

    • Na real

      Se liga PF em empresas abertas com endereço em municípios como por exemplo Pão de açúcar, arapiraca, palmeira, coruripe…a roda gira para as mesmas pessoas, só que com diferentes figurantes.

  • Carlos

    Aqui em Coruripe, os coronéis estão na moita. Não move uma palhinha para socorrer os pobres com cesta básica. Nem o famoso 50 reais do voto está aparecendo. Não voto nessa turma sempre votei em outros candidatos e agora tem um de verdade da oposição. Não falo o nome em respeito ao momento onde no fico é o coronavirus.

  • Paulo Henrique Soares – PHS

    Esse povinho debochado que ocupa nossas instituições públicas se acham os donos… se realmente for investigar… duvido que saia um inteiro… a Uncisal tem muito dinheiro público, mas ninguém sabe pra onde vai. Pra onde vai, gente? Agora votem nos mesmos para a reitoria e nunca terão resultados diferentes. Teremos mais do mesmo. A nossa universidade tá com a porteira aberta pra político. Parece mais uma prefeitura de tanto político de fora que se meteu ali dentro… São um bando de incompetentes! Como diz kiko do chaves: “gentalhas, gentalhas, gentalhas!” Enquanto ganham GPF de 10.000,00 os servidores da ponta não tem nem um plano digno e a progressão na carreira… que carreira? Aí aí aí… muitos servidores também deveriam ter vergonha em se venderem por uma GPF de 200,00… se bem que os corruptos pegam pela cepa… Paciência! Vergonha de chamar a Uncisal de Universidade, não pela instituição mas pelo que estão fazendo lá dentro. Em época de covid-19 estão todos se escondendo…. Todos!!!!!!!!!!!!

  • José Márcio Ribeiro

    UNCISAL não tem dinheiro!?
    Ela poderia ter R$ 1 Bi de orçamento que com pessoas que a Sesau conheceu, como Rozângela, Rosemeire, “Dôtor” Marcelo, Helion, Eraldo…teria mais R$ 2 Bilhões negativos ao final da gestão! Nunca vi tantas pessoas desorganizadas, arrogantes, baixíssimos conhecimentos técnicos e de escrúpulos duvidosos!
    Parem com essa ladainha que aquela Universidade boa culpa é de reitores e suas turmas que devastam orçamentos e afins para ficarem de picuinhas com turminha Y e Z.
    E para completarem, na último concurso “estranhamente” foram aprovados e já estão trabalhando meio mundo de ex prestadores dessa universidade! Ricardo, ou seja, HÁ A PRÓPRIA MÁ GESTÃO, MÁ FÉ, MÁ POLITICA dos próprios servidores na Uncisal!!!
    Outra, pra quÊ um estado pobre como o nosso ter quase uma dezena de universidades públicas!? Deixa isso só a cargo do governo federal e pronto! Governo estadual focar no ensino médio e técnico, pra os fazerem de qualidade!!!

  • Patricia

    Não podemos esquecer que muitos dos que desviam ou desviaram verbas da saúde são também culpados pelo caos que vivemos hoje.

  • Cadê a obra

    O sumiço das duas placas de obras que ficavam na porta do ETSAL da UNCISAL uma no valor de um milhão e duzentos e cinquenta mil e a outra no valor de setecentos e noventa e cinco mil. Coisa feia a obra inacabada só a carcaça no alicerce! Coloca a janela verde no lugar! O famoso prédio feio da Rua Pedro Monteiro.

    Reforma da Casa da Gestante da Maternidade Escola Santa Mônica aonde está funcionando o estacionamento a placa no valor 520.951,35
    https://novo.uncisal.edu.br/secretaria-vistoria-obras-da-casa-da-gestante-bebe-e-puerpera/
    https://www.cadaminuto.com.br/noticia/287387/2016/05/23/secretaria-de-saude-vistoria-obras-da-casa-da-gestante-bebe-e-puerpera
    http://www.radiogazetaweb.com/noticias/10449/Or%C3%A7ada-em-R$-850-mil,-Casa-da-Gestante,-Bebe-e-Puerpera-inicia-obras
    http://www.saude.al.gov.br/2016/05/20/secretaria-de-estado-da-saude-inspeciona-obra-da-casa-da-gestante-nesta-segunda/

    Reforma da Sede
    Ambulatório Prof. Mariano Teixeira

  • geraldo

    Os problemas são grandes, mas também podemos ver nos comentários sobre a Uncisal, o que acontece na nossa politica, ou seja, os que estão na gestão defendem e os que já foram gestão taca o pau. a coisa não tá fácil, porém a solução somente ocorrerá com a união de esforços de todos que fazem a Universidade. A situação diz estar tudo correndo bem e a oposição diz que tudo está errado e quando a coisa se inverte, ou seja, oposição vira situação e vice e versa, todos simplesmente trocam de papeis e tudo continua como está, enquanto isso a instituição vai pro fundo do poço.

  • Silva

    Não é briga de oposição e nem de situação é uma realidade absurda que acontece há décadas e eu acho que deveria acabar com essa aberração de grupos políticos alternando o poder nas eleições. Nada muda mesmo quem sofre com isso os estudantes, servidores, prestadores de serviços, fornecedores e os pacientes.

  • Felipe

    Quando pararem de brincar com algo tão sério gestão pública é coisa séria e deve ser técnica.

  • servidor

    Desse mato até hoje nunca saiu coelho e nem vai nunca eleição lá dentro não adianta acho que só o governo do estado chegando pra intervir pra mudar tudo. O tempo passou e o modelo de administração pública nesse lugar continua sendo a “patrimonialista” sem esquecer do “clientelismo”. Parece um círculo vicioso de várias décadas e que teria sido diferente nos anos 90 se um diretor da antiga ciências médicas tivesse ficado por mais tempo tinha inciativa pra mudar, apareceu morto e ninguém sabe exatamente o motivo.

  • Jacob

    É uma ilusão acreditar que o problema do desabastecimento nessa universidade iniciou só agora com a pandemia do covid19.