A legislação eleitoral tornou-se muito mais tolerante com a fase chamada de pré-campanha.

Antes da atual eleição, quase tudo era proibido, com o risco de os candidatos cometerem crime ou alguma irregularidade passível de multa.

Agora, quase tudo é permitido – o que até seria um avanço. Dando ao candidato, por exemplo, a chance de se reunir e debater diretamente com eleitores e lideranças comunitárias.

Eis que o terrível momento vivido pela humanidade transformou-se no maior impeditivo da movimentação de postulantes às vagas de prefeitos e vereadores (que tal estudar?).

É preciso ser criativo, mas também, e acima de tudo, responsável.

A ordem número um, para quem juízo, é isolamento social, se protegendo e protegendo os outros (ainda que desconhecidos).

Na reta final de filiação, partidos oferecem até R$ 300 mil para candidata a vereadora
Um aviso necessário à Braskem
  • Vassouradas das Barreiras

    Isolamento social e converse como os seus eleitores, pela rede social. já turma daqui de Coruripe,que sabe trabalhar oferecendo dinheiro estão apostando que o coronavírus ,pode ser mais um reforço para garantir eleição de um número bem expressivo de vereadores da família e de continuar com a prefeitura. A crise ainda maior do desemprego e falta de dinheiro a fome deve puxar pra baixo o valor do voto….O apocalipse !

  • Antonio Moreira

    Formigas – Onde estavam e quem disseram a esses bichos que tinha uma grãozinho de açúcar lá em um cantinho que aparentemente estava 100% limpo?!? Dinheiro, comida, objetos, promessas diversas – ah, eh uma tentação! Necessidade, faz o humano encontrar tudo isso sem ser por instinto, mesmo nos momentos em que vivemos hoje. É só cutucar que encontra…

  • sertanejo cagota

    Deve adiar pra que se tenha apenas uma eleição de 4 em 4 anos…