Os cálculos e fórmulas, por óbvio, devem ser feitos pelos especialistas, mas já surge uma boa discussão que pode ajudar o Brasil a sair da condição de um dos países mais injustos do planeta.

É claro que o tema é polêmico e será alvo da pancadaria de quem tem amplo acesso à mídia, pela posição socioeconômica daqueles que serão ou seriam atingidos.

Mas o momento de crise, quando o Estado brasileiro tem a obrigação de intervir seriamente e com todos os recursos disponíveis, exige decisões excepcionais (não de exceção).

A taxação de dividendos, por exemplo, é um tabu do capitalismo brasileiro, mas pode ser um bom reforço de caixa para a União, estados e municípios – que estão obrigados a bancar a conta da pandemia (a União, por óbvio, mais do que os outros).

Imposto sobre herança, grandes fortunas, tudo isso deve ser posto em discussão, até porque o liberalismo do ministro Paulo Guedes só vinha andando numa direção, mas teve de mudar a rota, impulsionado pela realidade.

Os pobres pagam muitos impostos – todos os de consumo e serviço -. a classe média também transfere renda para a União, mas o grande empresariado ou rentistas dão risadas da carga tributária que lhes é cobrada – como pessoa física – no Brasil.

Churchill, que foi um estadista, afirmava que nunca se deve “desperdiçar uma crise”.

Qual seria o melhor aproveitamento do momento para o conjunto da população brasileira?

Parece ter chegado a hora do Estado “Robin Hood”.

Bolsonaro e Maduro se igualam, segundo o Twitter
Justiça do Trabalho destina recursos Braskem para combate ao coronavírus
  • BETE irmã de NESTOR tios, ela mãe d’Diogo: ZAP finado em 6 msgs

    Até onde sei, Ricardo Mota … Robin Hood e Batman ao fazer o BEM,
    mostram-se de BOA índole e sabem escutar, são preparadíssimos!

    Já VAGABUNDOS preguiçosos e teimosos … são apenas CRIMINOSOS!
    > BolZonaro comete o crime de infração de medida sanitária preventiva,
    – Art. 268 do Código Penal Brasileiro.
    # Desrespeito BANDIDO a determinação do poder público,
    – destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa.

    > Cevando MILÍCIAS infecciosas, o varão da FamiGlia BANANINHA
    – apoia bandidos pé rapado de chinelo ruim, hum!

    > MAS pedem PENICO na hora H, como se fosse + fácil
    … vem K(h), parça é bom p’un$! … – p’un$ FEDIDOS!

    # Como vemos: Entidades de saúde consideram
    – discurso de Bolsonaro ‘intolerável e irresponsável’ … CRIMINOSO!

    # Presid’ANTO nega conjunto de evidências científicas RACIONAIS
    – que pautam os RISCOS no combate à pandemia da Covid-19

    * Entre outras,
    – ASSOCIAÇÕES Brasileiras: de Economia da Saúde e da Rede Unida
    – de Enfermagem e de Saúde Pública, de Saúde Coletiva e de Saúde do Trabalhador(A)
    – dos Terapeutas Ocupacionais e de Nutrição, de Educação Médica e de Ensino em Fisioterapia

    – FEDERAÇÕES dos Psicólogos e dos Farmacêuticos,
    – de Sindicatos de TrabalhadorXs em Inst d’Ensino Superior Públicas (UNIVERSIDADES)
    – e CONFEDERAÇÃO Nacional dos Trabalhadores na Saúde

    – Centro Brasileiro de Estudos da Saúde e Sociedade Brasileira de Bioética
    – Rede Nacional de MédicXs Populares e Frente Ampla em Defesa da Saúde dXs TrabalhadorXs
    – Sindicato dos Médicos do RiJ e Movimento Nenhum Serviço de Saúde a Menos

    – CONSELHOS Federais de Nutrição e de Serviço Social. [30mar20]
    https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/03/entidades-de-saude-consideram-discurso-de-bolsonaro-intoleravel-e-irresponsavel.shtml?origin=folha

  • Há Lagoas

    O Estado brasileiro como um “ladrão bom”?!

    • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

      Pois É, Há Lagoas … no Recife tem, é METRÓPOLE!
      e na Casa do COLEGIAL tão bem servil desde 1817! … rsRs

      # Agora cabrão servindo de bandeja a GRINGO yankee nem aí?
      … – Go home, vá s’imbora fidapeste! … # Fora palhaço BOZO!

      > P q lamber botas e babar ovo de galego americano?
      – Se nem sabe o Q a bahÊana tem na ORLA africana???

  • JEu

    Só espero que tal medida não aumente, ainda mais, a saída do país de grandes investidores… pois seria aprofundar, ainda mais, a séria crise econômica que está se aproximando das portas do país e das portas de cada um cidadão brasileiro… e, então, o que restaria ao Brasil?!!! ser “comprado” pela China?!!! será isso o que querem?!!! se o imposto se tornar lei, então não será roubar ninguém, admito, mas será uma declaração de guerra contra os investimentos no país… é preciso meditar muito bem sobre o tema… creio que este não será o melhor caminho, no momento, para tornar mais justa a distribuição de renda no país… e também creio que quem tem mais precisa colaborar mais com a nação… tudo precisa ser feito com muito equilíbrio… afinal, li alhures que: “não será com leis suntuosas que se implantará a fraternidade no mundo, antes será preciso que cada coração seja alijado do egoísmo e do orgulho”… e mais ainda que: “se a caridade e o amor não estiverem no coração dos homens, as leis podem até, momentaneamente, terem algum efeito, mas logo acontecerão reações contra as mesmas e o próprio homem derrotará aquelas leis”… então o caminho é um só: “estudar e vivenciar o Evangelho de Jesus”…

    • Há Lagoas

      Caro JEu,
      Creio que sua preocupação é salutar. Mas existe uma sútil diferença entre investidores e especuladores, este ultimo, é o que mais prolifera por estas terras. Já passou da hora da base da piramide reivindicar uma República de verdade, que considere todos os seus cidadãos.
      Quanto a acreditar que o Estado brasileiro poderá fazer isso através dos três poderes constituídos, já é uma outra história.

  • Carlos

    Os ricos sempre mais ricos e sempre querendo mais,por se achar que tem pouco. assim é o capitalismo selvagem acumular fortuna e que nunca vão conseguir gastar para atender as necessidades nababescas . Uma frase que não sai da minha cabeça!
    Vamos taxar os pensionistas,aposentados e os servidores do executivo do Estado de Alagoas,porquee les ganham muito pouco!
    Governador desnaturado Renan filho!
    “O PENSADOR”

  • williams roger

    Não cumpriu as promessas de campanha e retirou dinheiro, ILEGALMENTE, dos servidores da saúde.

    Em situação igual, suspendeu os descontos dos agentes penitenciários e devolveu em folha SUPLEMENTAR.
    É UMA VERGONHA FAZER ISSO COM OS SERVIDORES QUE TRABALHAM NESSE ESTADO. É SER ROBIN Hood às avessas – ou seja – retirando dos pobres para dar aos ricos. É o que tá acontecendo!

    DEVOLUÇÃO DO QUE FOI DESCONTADO GOVERNADOR!
    POR FAVOR, DETERMINE AO SECRETÁRIO FABRÍCIO, DA SEPLAG, PARA DEVOLVER O NOSSO DINHEIRO.
    IGUALMENTE COMO FOI PARA OS AGENTES PENITENCIÁRIOS. QUE SUSPENDERAM O DESCONTO E DEVOLVERAM O DINHEIRO EM FOLHA SUPLEMENTAR.

    Vou ficar fazendo essa postagem até receber o meu dinheiro, retirado abrupta e ILEGALMENTE até 2018, poucos momentos antes de votar!
    Eu e muitos não temos o que comemorar governador. Votei no senhor e em vosso pai. Tô esperando resposta do senhor até agora.
    O senhor prometeu, em campanha. Que não prejudicaria os servidores e que ouviria os servidores e a população.
    Tô no aguardo de resposta é solução!
    Se o desconto fosse legal, lei, eu não estaria perdendo o meu tempo e tá me humilhando por um direito que tenho.

    Vamos prezar pela legalidade!
    São direitos sociais Constitucionais! Cláusulas pétreas!
    Governador Renan Filho, o que o senhor está fazendo com os servidores. 2 anos sem reajustes, e ainda. Ilegalmente, retira direitos constitucionais dos servidores da insalubridade nas férias.
    Quero o meu dinheiro que descontaram em março de 2017. Preciso!
    E mexendo com quem tá quieto, com os servidores, que realmente trabalham nesse Estado.
    Se devolveram dos agentes penitenciários, os servidores da saúde também têm o mesmo direito.
    Retirando direitos ilegalmente.

    Tá errado, é ilegal. A pge agiu com maldade. O documento trata de aposentadoria. As jurisprudências acostadas, versa sobre a aposentadoria, dos direitos que os servidores perdem, que não se coadunam com quem está na ativa.
    Em todo o serviço público, em qualquer esfera, federal, estadual e municipal, de todo o país, paga nas férias. É lei, já tá pacificado.
    A pge não é legislador!!!
    O governador não pode acatar isso.
    Senhor governador, vossa excelência está sendo induzido ao erro. Não se pode saber que tal ato é ilegal, nulo, e aplicar essa aberração. Não se pode fazer isso e depois dizer: recorra, dê seus pulos… E por ser nulo, tem que ser, de pronto, de ofício, corrigido rapidamente. Para os servidores, é um prejuízo enorme. O Estado não precisa disso, e não tem necessidade de fazer isso.

    São direitos constitucionais, tem várias jurisprudências a favor do servidor.
    Tenho um processo, que a pge decidiu errado, fundamentando norma, que não versava no meu caso. Ela, a PGE errou!
    A PGE também erra!

    Pois é senador, como o senhor mesmo AFIRMA no vídeo: “sem revogar direitos”!
    Por favor, fale com o vosso filho, pra restabelecer o meu direito e de muitos! Para que ele tenha o mesmo alinhamento que Vossa Excelência, eu enquanto servidor público, estou sendo prejudicado.
    Para se resolver, tem que ser através de decisão política. Pois ato nulo, a administração pode rever seus atos de ofício!

    São 2 anos sem reajustes. E ainda USURPAM DIREITOS.
    QUE GOVERNO É ESSE?!

    É LEI SENADOR!
    No qual em nada a lei menciona, quando está na ativa:

    LEI Nº 7.817, DE 19 DE SETEMBRO DE 2016. (Lei que regulamenta a insalubridade)

    LEI Nº 5247 DE 26 DE JULHO DE 1991. (Regime jurídico único dos servidores do estado de Alagoas)
    (NR 15) NORMA REGULAMENTADORA. ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES
    É CONSTITUCIONAL, ART. 7°, XXIII e 37, X. DATA BASE, REPOSIÇÃO.
    A LEI MAIOR DESSE PAÍS, E OS SERVIDORES PÚBLICOS TEM QUE SER RESPEITADA. EU SOU CONCURSADO. NÃO ENTREI PELA JANELA E NEM POR UMA GARAGEM. Avalie PRECARIZADO. EXIJO RESPEITO!

    Basta entrar em alinhamento com o vosso filho, o nosso governador, para restabelecer o meu direito e de muitos servidores da saúde?!

    Senador, vi a folha suplementar dos agentes penitenciários. Eles receberam, em folha suplementar, este mês, maio/17, o que foi descontado em março do corrente ano.
    O deles é periculosidade, mas nada difere da insalubridade. A FINALIDADE, EQUIVOCADA, POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E A PGE FOI A MESMA.
    RETIRAR, ILEGALMENTE, O DINHEIRO DO SERVIDORES.
    EU QUERO O MEU DINHEIRO. É USURPAÇÃO. É MÁ FÉ. É APROPRIAÇÃO INDÉBITA.
    EU TRABALHO, É DIREITO MEU.
    TO INDIGNADO!
    AS MINHAS FÉRIAS DEVERIAM SER PAGA SEM DESCONTOS, POIS VERSARIA SOBRE O ÚLTIMO OU TRÊS ÚLTIMOS CONTRACHEQUES, UMA MÉDIA – OU SEJA – NÃO DEVERIA TER DESCONTOS.
    E SÓ AVISARAM DO DESCONTO AOS SERVIDORES, DEPOIS DO FATO CONSUMADO.
    Ainda continua o desconto.
    Já Dos agentes penitenciários, devolveram e suspenderam o desconto. Ainda vai ser incorporado ao subsídio.
    O nosso não!
    São dois pesos e duas medidas!
    SE PUDER AJUDAR. AGRADEÇO!
    Tenho certeza que o senhor e o governador, Renan Filho, não quer prejudicar os servidores públicos de Alagoas. E nem precisa do dinheiro descontado.
    Att. Williams Roger. Servidor público da saúde/Samu, que trabalha, arrisca a vida e quer o seu direito restabelecido!

    São Tiago 5

    1Vós, ricos, chorai e gemei por causa das desgraças que sobre vós virão.2Vossas riquezas apodreceram e vossas roupas foram comidas pela traça.3Vosso ouro e vossa prata enferrujaram-se e a sua ferrugem dará testemunho contra vós e devorará vossas carnes como fogo. Entesourastes nos últimos dias!4Eis que o salário, que defraudastes aos trabalhadores que ceifavam os vossos campos, clama, e seus gritos de ceifadores chegaram aos ouvidos do Senhor dos exércitos.5Tendes vivido em delícias e em dissoluções sobre a terra, e saciastes os vossos corações para o dia da matança!6Condenastes e matastes o justo, e ele não vos resistiu.Vou ficar fazendo essa postagem até receber o meu dinheiro, retirado abrupta e ILEGALMENTE até 2018, poucos momentos antes de votar!
    Eu e muitos não temos o que comemorar governador. Votei no senhor e em vosso pai. Tô esperando resposta do senhor até agora.
    O senhor prometeu, em campanha. Que não prejudicaria os servidores e que ouviria os servidores e a população.
    Tô no aguardo de resposta é solução!
    Se o desconto fosse legal, lei, eu não estaria perdendo o meu tempo e tá me humilhando por um direito que tenho.

    Vamos prezar pela legalidade!
    São direitos sociais Constitucionais! Cláusulas pétreas!
    Governador Renan Filho, o que o senhor está fazendo com os servidores. 2 anos sem reajustes, e ainda. Ilegalmente, retira direitos constitucionais dos servidores da insalubridade nas férias.
    Quero o meu dinheiro que descontaram em março de 2017. Preciso!
    E mexendo com quem tá quieto, com os servidores, que realmente trabalham nesse Estado.
    Se devolveram dos agentes penitenciários, os servidores da saúde também têm o mesmo direito.
    Retirando direitos ilegalmente.

    Tá errado, é ilegal. A pge agiu com maldade. O documento trata de aposentadoria. As jurisprudências acostadas, versa sobre a aposentadoria, dos direitos que os servidores perdem, que não se coadunam com quem está na ativa.
    Em todo o serviço público, em qualquer esfera, federal, estadual e municipal, de todo o país, paga nas férias. É lei, já tá pacificado.
    A pge não é legislador!!!
    O governador não pode acatar isso.
    Senhor governador, vossa excelência está sendo induzido ao erro. Não se pode saber que tal ato é ilegal, nulo, e aplicar essa aberração. Não se pode fazer isso e depois dizer: recorra, dê seus pulos… E por ser nulo, tem que ser, de pronto, de ofício, corrigido rapidamente. Para os servidores, é um prejuízo enorme. O Estado não precisa disso, e não tem necessidade de fazer isso.

    São direitos constitucionais, tem várias jurisprudências a favor do servidor.
    Tenho um processo, que a pge decidiu errado, fundamentando norma, que não versava no meu caso. Ela, a PGE errou!
    A PGE também erra!

    Pois é senador, como o senhor mesmo AFIRMA no vídeo: “sem revogar direitos”!
    Por favor, fale com o vosso filho, pra restabelecer o meu direito e de muitos! Para que ele tenha o mesmo alinhamento que Vossa Excelência, eu enquanto servidor público, estou sendo prejudicado.
    Para se resolver, tem que ser através de decisão política. Pois ato nulo, a administração pode rever seus atos de ofício!

    São 2 anos sem reajustes. E ainda USURPAM DIREITOS.
    QUE GOVERNO É ESSE?!

    É LEI SENADOR!
    No qual em nada a lei menciona, quando está na ativa:

    LEI Nº 7.817, DE 19 DE SETEMBRO DE 2016. (Lei que regulamenta a insalubridade)

    LEI Nº 5247 DE 26 DE JULHO DE 1991. (Regime jurídico único dos servidores do estado de Alagoas)
    (NR 15) NORMA REGULAMENTADORA. ATIVIDADES E OPERAÇÕES INSALUBRES
    É CONSTITUCIONAL, ART. 7°, XXIII e 37, X. DATA BASE, REPOSIÇÃO.
    A LEI MAIOR DESSE PAÍS, E OS SERVIDORES PÚBLICOS TEM QUE SER RESPEITADA. EU SOU CONCURSADO. NÃO ENTREI PELA JANELA E NEM POR UMA GARAGEM. Avalie PRECARIZADO. EXIJO RESPEITO!

    Basta entrar em alinhamento com o vosso filho, o nosso governador, para restabelecer o meu direito e de muitos servidores da saúde?!

    Senador, vi a folha suplementar dos agentes penitenciários. Eles receberam, em folha suplementar, este mês, maio/17, o que foi descontado em março do corrente ano.
    O deles é periculosidade, mas nada difere da insalubridade. A FINALIDADE, EQUIVOCADA, POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E A PGE FOI A MESMA.
    RETIRAR, ILEGALMENTE, O DINHEIRO DO SERVIDORES.
    EU QUERO O MEU DINHEIRO. É USURPAÇÃO. É MÁ FÉ. É APROPRIAÇÃO INDÉBITA.
    EU TRABALHO, É DIREITO MEU.
    TO INDIGNADO!
    AS MINHAS FÉRIAS DEVERIAM SER PAGA SEM DESCONTOS, POIS VERSARIA SOBRE O ÚLTIMO OU TRÊS ÚLTIMOS CONTRACHEQUES, UMA MÉDIA – OU SEJA – NÃO DEVERIA TER DESCONTOS.
    E SÓ AVISARAM DO DESCONTO AOS SERVIDORES, DEPOIS DO FATO CONSUMADO.
    Ainda continua o desconto.
    Já Dos agentes penitenciários, devolveram e suspenderam o desconto. Ainda vai ser incorporado ao subsídio.
    O nosso não!
    São dois pesos e duas medidas!
    SE PUDER AJUDAR. AGRADEÇO!
    Tenho certeza que o senhor e o governador, Renan Filho, não quer prejudicar os servidores públicos de Alagoas. E nem precisa do dinheiro descontado.
    Att. Williams Roger. Servidor público da saúde/Samu, que trabalha, arrisca a vida e quer o seu direito restabelecido!

    São Tiago 5

    1Vós, ricos, chorai e gemei por causa das desgraças que sobre vós virão.2Vossas riquezas apodreceram e vossas roupas foram comidas pela traça.3Vosso ouro e vossa prata enferrujaram-se e a sua ferrugem dará testemunho contra vós e devorará vossas carnes como fogo. Entesourastes nos últimos dias!4Eis que o salário, que defraudastes aos trabalhadores que ceifavam os vossos campos, clama, e seus gritos de ceifadores chegaram aos ouvidos do Senhor dos exércitos.5Tendes vivido em delícias e em dissoluções sobre a terra, e saciastes os vossos corações para o dia da matança!6Condenastes e matastes o justo, e ele não vos resistiu.

  • arapiraquense

    Caro Ricardo!
    Peço licença para fazer um apelo aqui em seu blog.
    O apelo é dirigido ao Governo do Estado. E tem referência com a antecipação do 13º salário para os servidores aposentados da 1ª faixa salarial.
    Sr Governador, queira incluir nessa antecipação os servidores ATIVOS com mais de 60 anos que tbm recebem na 1ª faixa salarial.
    Pois, também temos família para sustentar e nossas despesas aumentaram com aquisição de produtos de prevenção da pandemia.
    Tenho 64 anos e continuo na ativa pelo fato de não ter ainda o tempo suficiente para requerer a aposentadoria.
    Muito grato pela atenção.

  • ROBERTO PAIVA

    RICARDO
    PELO POUCO QUE LI DA PLP.
    SERÁ COBRADO UM IMPOSTO DE 10% DE QUEM FATUROU
    MAIS DE 1 BILHÃO NO ANO 2019.
    O PROJETO DA NA CÂMARA FEDERAL E VAI TRAMITAR
    EM REGIME DE URGÊNCIA.
    MAS ESSE DINHEIRO POSTERIORMENTE VAI SER
    DEVOLVIDO.
    MAS TODA FORMA É SIM UM CONFISCO EMERGENCIAL
    MUITO JUSTO NESTE MOMENTO TÃO CRÍTICO.
    AGORA O PARLAMENTO TAMBÉM DEVIA DAR UM EXEMPLO
    À ALTURA.
    ADIAR AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS E UNIFICAR, COM AS
    ELEIÇÕES DE 2022.
    COM ISSO USARIA O DINHEIRO DO FUNDO ELEITORAL
    DE 2020 NO COMBATE A PANDEMIA DO CORONA.