São pequenas as chances dos servidores estaduais reverterem na Justiça o “pacote de maldades” do novo AL Previdência, aprovado em dezembro do ano passado pela Assembleia Legislativa, e que vai vigorar a partir de abril.

Detalhe: o projeto do governo, que reduz os salários dos servidores e a aposentadoria dos inativos, foi aprovado por unanimidade pelos deputados estaduais (e haja desculpas).

Fato concreto: a hora de barrar a perversidade era antes da votação, mas a mobilização foi tardia e sem força para tanto.

O governo tem muitas armas para lutar no TJ contra a ação dos sindicatos, que não deverão  apresentar vitórias aos seus associados.

A desmobilização crescente do funcionalismo resultou na despreocupação do Palácio República dos Palmares, que topou elaborar e conseguiu aprovar a mais dura reforma da Previdência do país.

(Até Paulo Guedes ficaria ruborizado com o resultado local.)

Jetom pago a nove assessores de Paulo Guedes equivale ao salário/mês de mil domésticas
SMTT: "Queda de passageiros de ônibus em Maceió passa de 5% ao mês"
  • JEu

    Realmente, a culpa é do funcionário público que não se mobilizou… aliás, essa é uma característica do povo brasileiro e alagoano: deixa tudo para a última hora, ou, simplesmente, deixa para os outros fazerem e não se ocupa das coisas que lhe dizem respeito… só se interessam (em maioria…) por carnaval, futebol, festejos juninos e BBB… então, se deixam de lado as coisas que são verdadeiramente importantes, do que podem reclamar?!!! agora é sofrer, caladinhos…

  • andre

    Quando estava em debate a previdencia do governo federal, Renan pai e Renan filho atacaram duramente a reforma do Paulo Guedes, meses depois o governo do estada apresenta uma reforma cruel que tirar 14% de todo funcionalismo seja da ativa ou da inativa. Isso mesmo! Nao houve qualquer escalanomento de contribuicao de acordo com o salario. 14% para todos e nao importa quanta. E o MAIS GRAVE, é que o projeto passou na ALE por unanimidade! UNANIMIDADE! Sequer temos oposicao! Bruno Toledo, Davi Maia e Cabo Bebeto dizem que sao oposicao. Conversa! Puro oportunismo! LAMENTAVEL! Eita Alagoas……………. E os sindicados? Estao alinhados com os Calheiros! VERGONHA

    • Nonato

      Perfeito, culpa também dos servidores e Governadores do Norte e Nordeste que não abraçaram as reformas do Governo Federal, tem um vídeo no Zap circulando que o associação de servidores públicos do RN estão batendo forte na Governadora Fátima Bezerra do PT, alegam que a Reforma Estadual é muito mais dura que a Reforma Federal.Agora cada Governo Estadual vai sofrer sozinho.Politicamente será pior para os Governadores.

  • Williams Roger

    Fato que os “indicatos e sindicalistas” tem culpa nosso. Pt, cut, Paulão… Tudo com o governo, exceto, raras exceções, como pm, bm, sindapen e sindpol. O resto ta com o governo do CALÍGULA/renan filho. Ficaram 6 anos calados. Estão com a “tática” do quanto pior “melhor”. Ou seja, a velha politicalha de sempre.
    Pt e p c do b fazendo parte do governo do CALÍGULA/renan filho, com a secretaria de direitos humanos, iteral e esportes, É UMA ABERRAÇÃO SEM PRECEDENTES. TUDO POR CARGOS E PODER. CONTRARIANDO O ESTATUTO, FILIADOS, MILITANTES E UMA HISTÓRIA DE LUTAS JOGADAS NO LIXO.
    UMA VERGONHA!
    AÍ PERGUNTO, ESSA “ESQUERDA-CAVIAR” , PELO MENOS DAQUI DE ALAGOAS, QUE MORAL TEM DE FALAR DE BOLSONARO E DE SEU GOVERNO?
    NÃO TEM MORAL ALGUMA!

  • Roberto

    É uma vergonha a CUT, PT e P C do B em Alagoas, como no resto do Brasil. Por cargos fazem de tudo, inclusive acabarem com a aposentadoria dos inativos e pensionistas, a maioria pessoas doentes que já recebem irrisórias aposentadorias. Alguns sindicatos nem mobilizaram nem se mobilizaram fazendo campanhas em rádios, tv e outros meios, com o sacrificado dinheiro do trabalhador pago em forma de contribuição, dinheiro esse que só servem para dirigentes viajarem e gastarem com seus políticos de estimação tipo Paulão PT principalmente, pau mandado do Renan Calheiros e outros aproveitadores. Justiça tarda mais não falha. Pai e filho um dia pagarão pelas maldades e atitudes criminosas que praticam. Quanto a Assembléia, Cb Bebeto, Cibelle Moura e aqueles que se dizem oposição ao governo, deram uma banana para os servidores. Não esqueçam, quanto maior o coqueiro maior aqueda.

  • sertanejo cagota

    Estava vendo a lista dos “novos” políticos de Alagoas ( todos novinhos com carinha de bebê) e descobri wue todos sao netos, filhos e sobrinhos daquelas raposas que nos enganam por longos anos. NAO ADIANTA FAZER A MESMA COISA E ESPERAR RESULTADOS DIFERENTES.

  • Ivanildo

    Alguém aqui ta sabendo q o prefeito de Maceió rui palmeira mandou para aprovação na câmera de vereadores projeto do mesmo nível aumentando o desconto da previdençia dos servidores q estão a anos sem reposição salarial,e sem fescultir tal projeto com os mesmos, não vejo comentário nem da imprensa nem dos comentaristas sobre o assunto, será q o pau q bate em chico não é o mesmo q bate em francisco.Q Deus nos Abençoe e nos livre das mazelas.

    • Carlos

      Só acredito vendo é se for terá a meu repudio. For no mesmo nível ,que atinge em todas as faixas salariais e tem uma detalhe os salários pagos pela prefeitura de Maceió, apesar de uma arrecadação está muita da média que é pago pleo desnaturada governador Renan Filho. O seu governador se inclina diante do poder Judiciário e o Legislativo, como os seus duodécimos topados e ainda assim que pedirem tomem complementação para esses podres .Ele usou o legalismo doentio que deu poder para ferrar os ativos e inativos.

  • Carlos

    Um homem que nasceu no berço da mentira e não conhece o que é dificuldade financeira se o pai senador já foi pobre essa fase da vida o desnaturado não vivenciou ,se acha acima do bem e do mal . Então o que esperar de um homem que se alimenta de propaganda falsa. Ainda fala do governo federal e age pior do que ele. Tem certeza que vai ser senador e junto com pai em Brasília para tramar a derrubada do governo federal. Deixa ele ir na onda que é o maioral e no dia que ele passar o cargo e ficar sem o diário a oficial a debandada vai ser geral.