É cada vez mais evidente a tentativa de Marcelo Victor, em dobradinha com Arthur Lira, de fazer do deputado Davi Davino (PP) seu instrumento para o jogo eleitoral do próximo ano, em Maceió.

O jovem parlamentar, creiam, encara um curso intensivo para candidato a prefeito da capital: oratória e outras disciplinas entraram na grade curricular enfrentada por Davino.

É verdade que há uma indefinição geral: candidato mesmo, pra valer, até agora só JHC.

Davi Davino corre contra o tempo, mas não se inventa um candidato majoritário do dia pra noite.

Governador Renan Filho constrange o PGJ Alfredo Gaspar
Futuro de Eduardo Bolsonaro pode cair nas mãos de Arthur Lira