A deputada federal Tereza Nelma (PSDB) permanece internada na UTI do Hospital Sírio Libanês, onde se submeteu a uma cirurgia oncológica, na semana passada.

Complicações decorrentes da cirurgia – retirada do útero – levaram os médicos a adiar a decisão sobre uma possível nova intervenção exploratória para corrigir os problemas intestinais que surgiram (comuns nesse tipo de procedimento).

O pior, está claro, já passou, mas ela está em franca recuperação.

Seu humor é o mesmo de sempre:

A histerectomia é sexta cirurgia para retirada de câncer  que a parlamentar enfrenta – com uma garra e uma coragem invejáveis.

Em breve deve estar de volta ao bom combate.

Extrema-direita racha no Brasil: Bolsonaro x Witzel
Pesquisador da UFAL deve falar na Assembleia sobre tragédia ambiental
  • Mauricio Nogueira

    Desejo muita saúde à querida deputada Teresa Nelma.

  • JEu

    Que seja rápida e boa sua recuperação. Que Deus lhe conceda boas melhoras.

  • Há Lagoas

    Esperamos sua pronta recuperação.

  • Maria

    Deus está contigo Tereza Nelma! Entrega,confia e espera,pois o pai sabe de todas as coisas. Saúde,saúde e saúde para todos que enfrentam essa enfermidade.

  • José Petrúcio Soares

    Deus no comando. 🙏

  • Marcelo Silva

    Por que os políticos graúdos sempre utilizam o caríssimo e elitista Sírio Libanês? Será que eles não acreditam nas leis e ações que fazem para melhorar a saúde pública? Deveria ser lei, quem quer ser político com mandato teria que usar hospitais públicos, os filhos deveriam estudar em escolas públicas, eles e seus familiares deveriam usar transporte público, deveriam morar na periferia em bairros afastados sem infraestrutura, não deveriam ter direito a escolta de seguranças privados pagos pelo Estado ou então pela polícia, teriam que dar o expediente de oito horas diárias e deveriam ganhar o salário que ganhavam antes de assumir o mandato, limitado ao teto constitucional.

  • Cidadão

    Que Deus abençoe, Não só ela , como todos os enfermos deste país que sofrem com a situação da saúde pública neste país.