A discussão sobre um novo pacto a ser firmado pela presidência da República, Congresso Nacional e Judiciário, não deixa de ser interessante do ponto de vista da civilidade, um aceno ao respeito às instituições brasileiras.

Mas não se pode entender que o tal pacto seja navegar num barco em que todos remem com a mesma força e velocidade na mesma direção. Nada disso.

Todos os poderes são fundamentais para a ideia – a melhor que se conhece até agora – de democracia verdadeira, aquela que ainda estamos a construir.

Mas que fique claro que é exatamente nas diferenças, na fiscalização de cada um por cada um, no equilíbrio entre esses poderes, que acontece o verdadeiro pacto de uma nação.

Mais ou menos assim: o Executivo, a presidência da República, tem de governar, buscar convergências na sociedade brasileira, para além das redes sociais, território em que as tribos armadas – ainda que virtualmente – se encontram e se enfrentam, como fazem as torcidas organizadas nesses tempos de futebol tão pobre.

Ao Legislativo – o Congresso Nacional – cabe, por óbvio, legislar, aperfeiçoar projetos e fiscalizar as ações do Executivo – também este é o seu papel constitucional do parlamento.

Por último, e não menos importante, o Judiciário – o Supremo Tribunal Federal. Dele espera-se a garantia de que a lei maior do Brasil será respeitada por todos, e nem mesmo a principal Corte do país há de se sobrepor aos demais poderes.

Mas será exatamente aí onde as divergências e as dúvidas deverão encontrar o desfecho que garanta a liberdade e o respeito aos direitos dos cidadãos.

Num resumo rápido: o grande pacto a ser firmado entre os poderes no Brasil há de prever tão somente que cada um venha a cumprir o papel que lhe cabe, da melhor maneira possível, entendendo que há um mesmo patrão para todos, que paga as contas e os salários deles, os que estão no comando.

Quem? O pobre e sofrido povo brasileiro.

Celso Tavares: "Alagoas já registrou 5 mil casos de dengue este ano, com dez mortes"
Secretário da prefeitura já havia enviado pedido de 'socorro' a cinco órgãos estaduais no dia 21
  • JEu

    Concordo que cada poder tem que fazer o que se espera de cada um, conforme previsto na CF/88… então, por que será que o STF não julga os casos que estão em suas mãos, mandando para a cadeia um monte de “cidadãos” privilegiados pela lei da im(p)unidade parlamentar?!!! por que será que o STF, em respeito aos cidadãos e ao erário público não diminui as despesas com jantares caríssimos, e continua a contratar compras de lagostas e vinhos caros para suas panças já tão proeminentes?!!! e por que o legislativo continua com a pressão contrária aos projetos do governo, impedindo a aprovação da reforma da previdência e da lei anticrime e anticorrupção?!!! o executivo, apesar de seus erros, principalmente ao falar abertamente, sem medir palavras, tanto em público como nas redes sociais, já extinguiu 7 ministérios e mais de 20 mil cargos comissionados, antes utilizados para o toma lá, da cá… então que todos se unam, não em favor do governo, mas pelo bem do país… o resto é lenga, lenga de pessoas insatisfeitas por verem seus “amigos” na cadeia…

  • Há Lagoas

    Em suma, a utopia de um Brasil feito para todos.
    Torço para que essa República das Bananas um dia desperte e exerça o seu verdadeiro papel.
    Assinado:
    Pobre e sofrido povo brasileiro

    • Apareceu a margarida, MOROu? – Olê, olê, olá! – ÁS na manga ou cavalo de Troia?

      Pois HÁ Lagoas entre litorais e SERTÕES … periclitamos mediados por agrestes!
      e na Ufal a ECONOMIA (1985) clitoriana e gozoza é cUm CirÇo Péricles, agora SEM usinas há décadas!
      Mestrado no SUL [Sociologia Federal Sta Catarina 1992], doutorado Univ Córdoba – Espanha (1998).
      Em APENAS 3(três) livros RE-editados à pampa uruguaia sem pompa aRRentiÑa:
      1. Economia Popular – uma via de modernização para Alagoas” (7a ed. Edufal:2016);
      2. Reestruturação produtiva da agroindústria sucroalcooleira” (3a ed. Edufal: 2009);
      3. e Formação Histórica de Alagoas” (4a ed., Edufal: 2016).
      Professora MESTRES em Geografia/IGDEMA-UFAL com bolsa IPEA – Desenvolvimento (2009-2010).
      NU Conselho Sup-Fund Amparo a Pesquisa d’Alagoas (FAPEAL) e Ed-Imprensa Of-Graciliano Ramos + Cepal).
      Agora em SãFáiu-çP- Economia Uni FEDE a SãFalo. [01mai19], http://lattes.cnpq.br/4195463764150957
      Daqui pá pouco a Maçayó sobreviverá SEM Salgema, nem pedra DELMIRA: Há Lagoas derretendo Pinheiros, desconcentrando RENDA.

  • Luiz Antonio Maciel

    O legislativo federal tem que pautar sua atuação “para além” dos seus apetites articulatórios e mensalísticos, que abandone o máximo possível a secular e nefasta barganha fisiológica, e que pare de conspirar contra o Chefe da nação, esse tempo, segundo a vontade soberana e independente da maioria do povo brasileiro ficou para trás, quem se esbaldou com dinheiro público que pague agora por seus crimes, e que a Justiça cumpra o seu papel de alcançar a todos!

    • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

      Pois LUIZ … sábado à TARDE apenas vergonhas à L Huck, patranhas de Quixote na PANÇA do Sancho!
      c’oxiúros nos finalmente a COÇAR eternamente nas PARTES pudendas, também pudera: cOnta ‘gnorança?
      1. Aquilo é típico de regimes totalitários. […] estranho pQ parecia algo mal traduzido da Alemanha nazista.
      – Eu me senti envergonhado quanto vi! [Mini-EDUCA 2003, C Buarque Prof Dr UNB, ex-senador]
      https://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2019/06/01/ministro-da-educacao-promove-confronto-e-causa-vergonha-dizem-ex-titulares
      2. NUM sei que tipo de relação que ele quer estabelecer com a comunidade de educação.
      – Parece ser de confronto permanente. [Mini-EDUCA 2005-2012, F Haddad, Prof Dr USP], idem Blok SAKAMOTO.
      3. NUM hay democracia, universidade e EDUCAÇÃO sem liberdade de expressão: abertura p’o mundo!
      – Discussões […] a + IMPORTANTE valoriza a própria educação. [Mini-EDUCA 2015-2012 J Ribeiro – o BREVE]
      Há pessoas achando 4 ministros folclóricos e caricatos, descarados! … Té cOndo?

  • Idosamente MONGE no Sertão: busca SUS sem úi nem Ái!

    Ricardo … tudo cheira a TALCO no palco, supresas de bumbum de nenê … rsRs
    apenas $UrPrESA$ de cabeça de JUIZ via canetas Bic descerebrada$ ao alcance de celerado pidão de PENICO, valentão?
    De concreto entre PODERES, a Educação nos campi avançados da UFAL a partir de Delmiro, Arapiraca e Tabulêro da Maçayó.
    https://ufal.br/ufal/institucional/os-campi
    > Nos últimos 20 anos chegam campi, plural de CAMPUS do Ifal em Arapiraca e Batalha (SERTÃO), e B Bentes na capital + Coruripe litoral.
    – DE Maceió a norte Maragogi + sul Mal DEÓ e Murici norte agresteando P-d’Índios SUL franciscando Penedo e Piranhas, Rio Largo + Satuba e Viçosa, St’Ana d-RI-PInema e SãMiguÉ-d’Campos.
    https://www2.ifal.edu.br/campus/site/sites
    A Ufal s’e$-PRAIA a partir de 3 grandes:
    1, A C Simões, 35 mil alunos em 114 graduações DE 22 Unidades Acadêmicas.
    – Na capital, Arapiraca e Sertão: 1800 docentes e 1890 técnicos.
    2. Arapiraca + Viçosa e `Palmeira, com Penedo;
    3. Delmiro + St’Ana) avançando 25jan1961, por ato FALHO de J-Kubitscheck. Já SOMOS!
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Universidade_Federal_de_Alagoas
    Frutos de ESFORÇOS e suores, lágrimas, a Uneal cresce e multiplica ENSINO público e gratuito com QUALIDADE em 6 (seis) campi:
    – Arapiraca e Santana, Palmeira e São Miguel dos Campos, Un d’Palmares e Maceió.
    http://www.uneal.edu.br/campi

  • Adilio Faustini

    Para o Centrão qual seria o sinônimo de articulação ou de negociação ?

  • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

    > SE alcançam grandes objetivos com bunda?
    – Experimente nascer em um bairro pobre do Brasil,
    – Aprenda idiomas fluentemente sem grana para isso!
    > Abre empresa e cria produto cuidando da carreira e do sustento da família?
    – Desvie da ignorância aprisionante da maioria do ensino público brasileiro,
    – Exporte seu trabalho p’outros países reconhece e SOB críticas sem fundamento nas costas!
    > Siga sorridente e feliz. – FAZES fazer isso cU poder de sua bunda? – Me contem como, por favor.
    [Anitta ONTEM sábado 01jun19]
    https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2019/06/01/anitta-posta-indireta-a-luana-piovani-e-fala-sobre-poder-de-sua-bunda.htm

    • Adilio Faustini

      Trabalhando, levantando 5:00 hs da manhã e ir dormir às 24:00 hs, essa foi minha vida desde 0s 15 anos, no Brasil não precisa andar mais que 500 metros de sua residência para conhecer N casos de pessoas que sairam do nada, classe C ou D, para a classe média ou alta.