O secretário Municipal de Governo da prefeitura de Maceió, Eduardo Canuto enviou pedidos de ajuda a cinco órgãos estaduais no último dia 21.

Em todos os ofícios o texto é claro: a prefeitura não pode resolver sozinha um problema que atinge dezenas de milhares de pessoas nos bairros do Pinheiro, Mutange e Bebedouro.

Foram eles:

  • Secretaria de Saúde
  • Secretaria de Assistência Social
  • Secretaria de segurança
  • Detran
  • Defesa Civil.O blog pediu uma posição do Palácio República dos Palmares sobre a questão.  De acordo com a Secom, o governador – que está em viagem – ainda não se pronunciou.Seguramente, as duas secretarias de Comunicação Social têm trabalho juntas, graças à maturidade e responsabilidade de Ênio Lins e Eliane Aquino, titulares das duas pastas.

 

O único pacto possível entre os três poderes da República
De Rui para Renan Filho: "Chegou a hora das ações conjuntas no Pinheiro"
  • PIEDADE

    O governador precisa “dialogar” com a população.Não é só dizer na midia que vai fazer concurso e pronto calou a boca do povo e todos os problemas foram resolvidos.O povo tá cansado governador!

  • JEu

    Pois é, o mininim fugiu, mais uma vez, de suas responsabilidades… agora se trata do problema dos cidadãos que residem no Pinheiro, Mutange e Bebedouro e sobre o reajuste constitucional dos funcionários públicos do Estado… e depois vai querer dizer que é o “melhor governador que Alagoas já teve”!!! é só começar as campanhas eleitoreiras e ele aparece falando as mil maravilhas que seu governo faz… não se devo rir ou chorar…!!! pobre Alagoas, miserável povo alagoano… outra coisa, ele viajou de férias ou à serviço do Estado? quem está pagando as despesas? se foi à serviço, o que foi fazer em benefício real, verdadeiro, concreto vai trazer para o povo? quem ele levou na viagem? estas perguntas precisam ser respondidas… porque usar o erário público para assuntos pessoais pode ser algo muito grave na administração pública, pois é desvio de finalidade… será que cabe um pedido de impeachment, que poderia ser apresentado por ação popular?

  • Morador de Bebedouro

    MUDANDO DE ASSUNTO – Governo assina acordo, e Braskem terá de devolver R$ 2,87 bilhões à União e à Petrobras
    Após o cumprimento do acordo, a empresa investigada na Operação Lava Jato terá redução de multas, e poderá voltar a receber subsídios e empréstimos do governo federal.
    ________________________________________
    A Controladoria-Geral da União (CGU) e Advocacia-Geral da União (AGU) assinaram nesta sexta-feira (31) um acordo de leniência com a Braskem, empresa investigada na Operação Lava Jato. Pelo acordo firmado, a empresa pagará um total de R$ 2,87 bilhões até janeiro de 2025.
    Nesse tipo de acordo, a empresa reconhece os danos causados à administração federal por meio de práticas de corrupção, e se compromete a reparar os danos causados, além de colaborar com as investigações.
    Após o cumprimento do acordo, a empresa pode ter benefícios como redução da multa em até 66%, voltar a receber subsídios e empréstimos do governo federal, além de poder fechar novos contratos com a administração pública.
    Cerca de R$ 2 bilhões serão repassados à União e R$ 800 milhões à Petrobras. Até agora, a empresa já depositou R$ 1,33 bilhão. O restante, R$ 1,54 bilhão, será dividido em seis parcelas anuais entre 2020 e 2025.
    Pagamentos previstos no acordo:
    • R$ 1,26 bilhão para restituir valores pagos a título de propinas e de danos reconhecidos pela empresa;
    • R$ 1,24 bilhão pelo enriquecimento ilícito obtido pela empresa em contratos fraudulentos e edição de atos normativos;
    • R$ 126 milhões correspondem à multa administrativa, prevista na Lei Anticorrupção;
    • R$ 249 milhões por multa civil, prevista na Lei de Improbidade Administrativa
    Segundo a CGU, a Braskem colaborou com informações e provas sobre atos ilícitos cometidos por mais de 60 pessoas físicas e jurídicas.
    Reportagem globo.com de hoje.
    E com nós aqui em Maceió, depois de causar toda tragedia ainda fica fazendo chantagem. Olha a empresa certinha que o governo defende.

  • Helpppppp

    Seguidores deste blog vejam no Maceió ordinário,as imagens e declarações enviadas sobre a realidade e a situação “Que nada mudou” do HGE. É deprimente. Cadê o governador, secretário, ministério público, defensoria,OAB,direitos humanos,conselho medicina e todos os responsáveis. Pelo amor de deus façam alguma coisa isso é uma situação inadimissivel. Não precisamos de desculpas e sim de solução urgente e a curto prazo. Quantos ainda precisarão morrer? É muita desumanidade.

  • Observador

    Esse problema do bairro do Pinheiro, Mutange e Bebedouro é sério ou não é? O fato é que fica se num tal de “chove não molha”, não se define qual a ação concreta que deve ser iniciada imediatamente e a população, coitada, fica sem saber direito o que fazer! E aí, tome reunião pra lá, reunião pra cá e não se têm realmente uma posição correta da situação! Vai ocorrer novos afundamentos? Quando? A população deve ser evacuada imediatamente ou quando? Vai se esperar que dê uma grande chuvada para evacuar a população? O problema pode ser resolvido? Se for, então, que se inicie o serviço o mais rápido possível! São perguntas que não são respondidas a contento e a população vai ficando impaciente, nervosa e sem perspectiva de quando o problema pode, se é que pode, ser solucionado! Até eu que não moro num desses 03 (três) bairros, fico preocupado com a situação daquela população!