Dois jornalistas maduros e sensatos comandam as secretarias de Comunicação do governo do Estado e da prefeitura de Maceió.

E como era de se esperar de ambos, até pela responsabilidade política e social que carregam, Ênio Lins e Eliane Aquino decidiram que vão atuar conjuntamente na divulgação dos acontecimentos e providências no bairro do Pinheiro.

As duas pastas – Secom estadual e municipal – vão alimentar diariamente um boletim de informações sobre o tema que se tornou tão delicado e doloroso para a população maceioense.

Entre outras coisas, a ação conjunta há de se tornar um remédio para combater o mal ‘moderno’ das fake news.

Eis uma dupla de juízo.

Olavo Calheiros continua sendo o "grande ausente" na Assembleia
Expurgos de janeiro travam por três meses alianças de Renan Filho
  • JEu

    Que mantenham o povo informado de todos os detalhes… principalmente sobre as investigações “geológicas” feitas pela CPRM… e que não “escondam” nenhum dado que aponte para a Brasken ou tudo não passará, também, de “fake news” oficial… vamos esperar para ver os tais “boletins e comunicações conjuntas”…

  • MORADOR DO FAROL

    Já não era sem tempo. A briga política entre Renan e Rui não vai atingir o jornalismo e a comunicação. A população do Pinheiro, Chã da Jaqueira, Bebedou, Mutange, Farol e Cambona agradecem!

  • MORADORA DO PINHEIRO

    Antes tarde do que nunca. Pois se não se comunicarem, nas eleições nem passe pelo Pinheiro pq vai levar pedrada, ovo podre e tudo que estiver na nossa frente se estivermos com casas em pé ainda.

  • flavia

    Já melhoraram o cadastramento das famílias?? Já começaram a pagar o aluguel social para quem precisa evacuar? Informar é bom, mas o que importa mesmo é dar condições dignas às vítimas dessa calamidade. É nisso que os governos MUNICIPAL, ESTADUAL E FEDERAL TÊM QUE FOCAR!!!