O advogado Ademir Cabral tem assumido a articulação política do governo, inclusive com os deputados estaduais.

Agora, ao lado de Silvio Camelo, líder do governo na Assembleia, ele enfrenta uma missão espinhosa e, no primeiro momento, sem grande chance de êxito.

Já na votação do veto do governador  à lei do rateio do Fundeb – relativo a 2018 -, ambos já sentiram o peso de uma oposição mais preparada e de uma situação que não parece disposta a perder anéis e dedos. Pelo menos por enquanto.

O que pedem os parlamentares?

Para que sejam convencidos diretamente pelo governador Renan Filho.

Nada de intermediários.

Sádicos espalham pânico nas redes sociais para uma população amedrontada
Em nota ao blog, Braskem diz que "será parte da solução" no Pinheiro
  • JEu

    Nesse meio politiqueiro é muito difícil se enxergar verdadeiras “virtudes”… tudo o que conseguimos enxergar, pela abundância de exemplos (maus, por sinal…) é o oportunismo e a ganância sem medida… então, quando a fome é maior que a comida existente, o que se vê, muitas vezes, é o uso do “canibalismo” como última opção… outro dia, vi nas redes sociais uma charge com algumas fotografias… na primeira tinha uma foto do Rodrigo Maia afirmando: “no governo Bolsonaro falta articulação”… na segunda foto, que era do Bolsonaro, ele perguntava: “que articulação, deputado?”… na terceira foto apareciam uma “mala” cheia de dinheiro e uma foto do Rodrigo Maia sorrindo e apontando para a mala, sem dizer qualquer palavra…!!! eis aí o que se pode entender por “articulação” em todos os níveis governamentais, parlamentares e, infelizmente, também encontramos no nível judiciário… pobre Alagoas, miserável país…!!!

  • Ju

    Misericórdia.
    Eu pensava que filho de peixe, peixinho era, mas Renan Filho não puxou ao pai.
    Gostem ou não gostem, Renan pai é um gênio na política, Renan Filho é um arrogante que vive dizendo que não ouve fofoca, mas na verdade, ele não gosta de ouvir as verdades. Vai ser ruim de política assim nos infernos.

  • BETO

    Renan Filho, sou m´édico e alagoano, mas vou a Brasília constantemente.
    Faça uma gentileza para o povo alagoano, tira essa mulher que não sabe nem falar o português correto que você manda todo mês para Brasília representando a Secretaria da Saúde. Num Estado desse com tanta gente com formação o Sr. escolhe uma semianalfabeta para representar o Estado em reuniões importantes? Soube que ela é a leva e traz do Palácio, mas se quiser manter sua leva e traz, mande alguém pelo menos que fale o português correto acompanhando a fofoqueira. Como o Sr quer melhorar a Saúde com uma tosca dessa representando o Governo em reuniões importantes?

    • Timóteo

      Caro médico Beto? ou médica?O governador não gosta de fofoca.

  • Carlos

    Cadê o reajuste dos servidores pobres entre os pobres ,que não tem poder de barganha e o governador fica tripudiando diante da situação da perda de compra dessa categoria… Já os poderes Judiciário e Legislativo ele foi rápido no gatilho antecipando como presente de natal de 2018,com a anúncio de cerca de quase de 9%, de reajuste dos duodécimos para agradar e não ter problema com os poderoso. O boi sabe onde arromba a cerca com os pequenos os rigores da economia e os grandes tudo pode.

  • ROBERTO PAIVA

    RICARDO
    AMBOS SAO EXCELENTES ARTICULADORES POLITICOS
    DE FACIL TRATO.
    MAS OS DEPUTADOS ESPERAM POR ALGO MAIS CONCRETO.
    SAO PONTUAIS E PRAGMATICOS,
    JA ESTAMOS NO MES DE ABRIL DE 2019.
    AS ELEICOES FORAM EM OUTUBRO DE 2018.
    JA SE FORAM 06 MESES.

  • Edlúcio Donato

    Ademir Cabral é um grande articulador. Sempre busca o diálogo. Grande figura da política alagoana.

  • Pereira

    Conheço o Ademir e sei do seu trabalho, extremamente dedicado, uma pessoa que onde chega agrega.

  • Robson

    Dois malas , Silvio Camelo e Ademir.

  • Cadu Ávila

    Aldemir Cabral é um ótimo profissional, sem buscando soluções para o Estado.

  • Natália

    Ademir é uma pessoa de bem. Ajuda muitas pessoas