Nem os “esquerdopatas bolivarianos escarlates” seriam capazes de, em tão pouco tempo, fazer um estrago tão grande num governo que nasceu sob o signo da esperança dos seus eleitores – a maioria do povo brasileiro.

Eis que o presidente Bolsonaro, após apresentar a sua versão pornográfica ao mundo, sob o pretexto de “crítica ao carnaval sem lei”, comete mais uma das suas frases que precisam de intérpretes e tradutores.

De novo, o vice Mourão e o general Heleno vieram a público para dizer que o presidente não disse o que disse ou que disse aquilo que não disse. São um poço de sensatez em meio ao caos verbal e redário presidencial.

Em verdade, ao afirmar que democracia e a liberdade “só existem quando as Forças Armadas querem”, ele presta um desserviço às instituições que demoraram décadas para reconquistar a confiança da população – e conseguiram.

Há de se dizer: o governo Bolsonaro sofre de uma doença autoimune, a destruir a si próprio, progressivamente, e que só pode ser contida por altas doses de ‘silenciodol’.

Não se ouve mais falar de Boulos, Hoffmann, Humberto Costa, Randolfe e assemelhados – todos foram demitidos e estão desempregados na função de opositores sem tréguas (por enquanto, é verdade).

Bolsonaro resolveu assumir os dois lados da moeda, com uma competência para tal de fazer inveja aos mais ferrenhos e combativos oposicionistas.

A imprensa mundial, é verdade, saiu da perplexidade para o deboche, o Brasil virou piada e nós habitantes de mais uma “república das bananas”. Os daqui, eis uma constatação, ainda não sabem bem como agir.

Marx Beltrão: de ministro de Temer a vice-líder de Bolsonaro
No grupo dos sem-secretaria, o PRTB 'é um pote até aqui de mágoas'
  • breno

    O Brasil sempre foi uma piada no exterior, não é de agora que “a república das bananas” existe. Só falta vc entender que a eleição acabou, desce do palanque.

  • Luciana

    O presidente Jair Bolsonaro está certo. A democracia e liberdade só existe por causa das forças armadas. Me diga que poder tem o povo? Que poder tem o parlamento? Um exemplo perfeito pra isso é a Venezuela. As forças armadas tem o controle de tudo, o povo é nem o parlamento tem poder. #BolsonaroTemRazão

    Resposta
    É muita coerência e identidade – até no português.

  • JUNIOR

    concordo Breno,e vou mais, um PAIS ONDE ALGUMAS PESSOAS PEDE A LIBERDADE DE UM BANDIDO , NÃO PODE NUNCA SER UM pais serio, sem contar , qua algumas pessoas acha que aquilo que esta no video, é liberdade de expressão, ou cultura, EU NÃO OUVIR NINGUEM CRITICAR O QUE APARECIA NO VIDEO, MAIS AS CRITICAS ERA PELO APARECIMENTO DO VIDEO, ECOLA DE SAMBA APRESENTANDO SANTANAS ESFAQUEANDO JESUS CRISTO, “ISSO É ARTE”

  • Luciana

    Não gostei o que você disse o tem no comentário do jornal da Pajuçara. Você chamou quase 60 milhoes de brasileiros de borros, que querem rem o trabalho de pensar, não faca mais isso, pois não só os petistas assistem o seu programa. Eu penso sim, e por pensar votei no Jair Bolsonaro. Cuidado com o que diz.

    • Pedro

      O comentário do jornalista foi oportuno, pertinente e caiu como uma luva: desde quando brasileiro pensa quando escolhe político? Ops! Você é uma exceção, Luciana! Pensa tanto quanto o Bozo! E não me venha falar em Lula ou Dilma, também foram duas lástimas!

    • Antonio Carlos Barbosa

      Prezada Luciana, infelizmente o presidente eleito não governa. O que fala tem os do seu lado para fazerem uma interpretação, não sabe sequer se expressar. Fala e volta atrás no mesmo dia ou no mais tardar no outro. Sequer sabe a liturgia do cargo, Jamais deveria falar de improviso, é um desastre para o país.
      O filho senador envolvido com roubo de verba salarial dos servidores do antigo gabinete, tão ladrão quanto os outros políticos, sem generalizar. E o pior, envolvido em milícia.
      O presidente é desequilibrado e seus frutos idem.
      Estamos fedidos e maus pagos.
      Sim, o mais grave, todos estão sujeitos a críticas, imagine quando na idade média a Igreja Católica estava isenta de críticas, pois quem criticava, acabava na fogueira.
      Infelizmente, Luciana.

    • JUNIOR

      CONCORDO COM VOCÊ LUCIANA, PARABENS PELO COMETARIO, QUEM VOTOU EM BOLSONARO NÃO TEM RABO PRESO A NINGUEM.

  • Hélio

    Nada de mais! Todo governo só existe sob concessão das forças armadas, em qual lugar do mundo, seja governo democrático ou não! Qual pessoa com meia dúzia de neurônios era pra saber disso!

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, mesmo com toda essa exposição mundial vexatória protagonizada pela maior autoridade brasileira, ainda há quem ache positivo e virtuoso o comportamento presidencial errático. É um complexo de vira-latas insuperável, por sinal absolutamente incompatível com o discurso ufanista “Brasil acima de tudo”, que o ainda candidato e seus apoiadores paradoxalmente contrariam quando ofendem o próprio país. Observe os comentários que naturalizam o Brasil como uma piada, ou como um bando de ladrões, como pensa o ministro colombiano da Educação (?), ou depravados, como o presidente quis representar ao estigmatizar a maior festa popular do país. Lamentável que muita gente ainda não perceba que, na qualidade de chefe de estado e de governo, o presidente deveria ter alcançado uma maturidade compatível com o cargo, uma vez que passa a representar o povo brasileiro, não apenas o séquito de admiradores de sua linguagem chula, virulenta, ofensiva e atentatória contra minorias e os direitos humanos. De confusão em confusão, o presidente ignora questões estratégicas e problemas estruturais do Brasil para trocar ofensas e provocações em redes sociais, com a obsessão sobre a vigilância de comportamentos sexuais, subvertendo a ordem de prioridades e de importância temática. Revela-se alguém débil e inconstante, que não ridiculariza apenas a si, mas humilha por tabela 220 milhões de brasileiros, uma das dez maiores economias do mundo e a segunda maior do continente americano, um país que integra o BRICS, lidera os blocos comerciais sul-americanos, tem a responsabilidade de inaugurar a Assembleia Geral das Nações Unidas e tem a tradição de ser mediador de conflitos desde a redemocratização. E você acha que poderia? Não tenha dúvida disso. Um abraço.

  • Flavio Monte

    Ele foi e é, disparado a léguas de distância, melhor que o petismo. Em verdade, o problema não é ele, mas a República, nascida de um golpe maçônico-militar. Conte, de 1889 até aqui, quantas constituições tivemos e quantos períodos ditatoriais. Vejamos, na Nova República, a qualidade dos nossos presidentes: quantos possuem processos criminais? “Não há um brasileiro que diga, de boca cheia, que a República deu certo no Brasil”, Dom Bertrand. No mais, diante de tudo que vimos na história republicana, o Bolsonaro é até suportável…

  • J eu

    Meu caro breno, com “b” minúsculo, é muito importante você enviar esta resposta, ao seu presidente, este palhaço de picadeiro internacional, que me desculpem os palhaços – Aqueles baluartes da alegria!

    • Breno

      Kkkk teu corrupto de estimação tá preso.

  • Cristiano Magalhães Araujo

    Kkkkkkkkkkk
    E segue o choro!

    A oposição do Bolsonaro no Brasil está nas mídias de extrema esquerda (incluindo blogs de extrema esquerda), universidades/escolas e completando o tripé nos partidos políticos (todos com rara excessão são de esquerda).

    • Lucas Farias

      Pelo que pude entender dessa teoria, a oposição ao presidente é feita pela imprensa livre, pelas universidades e escolas e pelos partidos políticos, ou seja, todas as instituições necessárias a uma república democrática. Talvez por isso mesmo ele prefira a companhia do poder militar e de uma minoria de fundamentalistas, afinal, violência, hierarquia e dogma são instrumentos de controle das liberdades de expressão e de crítica. Nenhum país tornou-se socialmente justo e desenvolvido trilhando esse caminho.

  • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

    E vivam as MULHERES neste país de cabrão FROUXO na maior cadeira: bundão!
    Xô satanás … ‘comete + 1 d’suas frases Q precisam d’intérpretes e tradutores.’ [R Mota acima de TUDO/
    Véve de CONVERSINHA de mulézinha ofendida reclamando de todXs, t’enxerga VAGABUNDO!
    > GERAM pros seus maridos @s [email protected] [email protected] d’Atenas
    – Elas NUM têm goXto ou vontade, NEM defeito n’qualidade
    > Têm MEDO apenas: NUM têm sonhos, só têm presságios
    – O seu homem, mares, naufrágios: lindas sirenas, MORENAS!
    A DEMOCRACIA nasce na Grécia, as liberdades explodem n’Europa … é nóix!
    https://youtu.be/MabbVn0Rlv4

  • Josafá

    Já somos motivos de chacota a muito tempo! Ora, vejam, só: – o Rio de Janeiro, tem seus últimos governantes, presos, por roubo! Mas, a população, tá lá se esbaldando nos blocos e na Sapucaí, que, por sinal teve como a escola de samba, ” mangueira”, a grande vencedora. Que por sinal, o seu presidente, está preso, envolvido em uma série de crimes. Prá completar seu enredo vai de encontro a história do Brasil, zombando de figuras históricas. Enquanto, isso, enaltece a vereadora Marielle, assassinada a tempos atrás, crime que está sendo investigado e aponta prá milícias e outras contravenções tão comum no outrora ” famosíssimo” Rio de Janeiro. E, por, incrível, que pareça a contravenção tem uma ligação centenária com os desfiles de escolas de samba na ” avenida ” e, hoje, na Sacupaí.
    Aí, o Presidente BOLSONARO, posta no seu twitter, a imoralidade do carnaval. O que acontece? Os bravos jornalistas defensores da moralidade e da decência, descem as críticas infundadas e cheia de malicias.
    Concluo, pedindo aos intelectuais jornalistas que busquem temas importantes prá melhorar a sociedade brasileira.

  • Daniel

    Eita Mota!!! O gado chegou aqui nos comentários também.

    • Pedro

      Bota gado nisso, Daniel. Querem justificar a escola do Bozo, usando como exemplos alguns condenados. Quer dizer dizer que a unica saída era o Bozo. Estamos perdidos! kkkk

  • Bruno

    E o q a imprensa internacional tem a ver? Devemos o q a eles? Triste é ver um jornalista desse nível comentar repercussão de Twitter. Ele ganhou democraticamente e a população n tem aí para os formadores de opinião.

    • Adilio Faustini

      A Extrema Imprensa Internacional bebe na fonte da Grande Extrema Imprensa brasileira, isso eu mostrei para minha sobrinha francesa, sobre o que o Le Monde escrevia e o que era verdade, verdadeira sobre o Bolsonaro, ela pode constatar aqui, in loco na época das eleições. Se o Bolsonaro der um soluço, no outro dia a Esquerda Escarlate Bolivariana Atrasada estará noticiando como fosse uma coisa jamais acontecido com um ser humano.Tem um vídeo de um Português que demonstra claramente o que acontece no Exterior , ver o Video do Talk About .

  • Pedro

    Para justificar a péssima escolha, diz-se qualquer coisa, inclusive tachar pessoas de “esquerdopatas”. Que a eleição desse presidente foi um fiasco, disso não tenhamos dúvida. Acho que nem o Bolsonaro acredita que o elegeram “PRESIDENTE”. Essa infelicidade faz lembrar o conto Um homem de consciência, de Monteiro Lobato, no Livro Cidades Mortas. Na história, João Teodoro foi nomeado Delegado da “cidadinha Itaoca”. Vejam , diferentemente do nosso PRESIDENTE, o que o nobre personagem de Lobato decidiu.

    Um homem de consciência

    Itaoca aparece como símbolo da cidade do interior paulista que degenera graças à corrupção
    política e à miséria. O próprio Lobato afirma sobre a região norte do Vale do Paraíba: “Tudo foi e nada é. Não se conjugam verbos no presente. Tudo é pretérito.”

    Chamava-se João Teodoro, só. O mais pacato e modesto dos homens. Honestíssimo e lealíssimo, com um defeito apenas: não dar o mínimo valor a si próprio. Para João Teodoro, a coisa de menos importância no mundo era João Teodoro.
    Nunca fora nada na vida, nem admitia a hipótese de vir a ser alguma coisa. e por muito tempo não quis nem sequer o que todos ali queriam: mudar-se para terra melhor.
    Mas João Teodoro acompanhava com aperto de coração o deperecimento visível de sua Itaoca.
    __ Isto já foi muito melhor, diz consigo. Já teve três médicos bem bons __ agora só um e bem ruinzote. Já teve seis advogados e hoje mal dá serviço para um rábula ordinário como o Tenório. Nem circo de cavalinhos bate mais por aqui. A gente que presta se muda. Fica o restolho. Decididamente, a minha Itaoca está se acabando …
    João Teodoro entrou a incubar a ideia de também mudar-se, mas para isso necessitava dum fato qualquer que o convencesse de maneira absoluta de que Itaoca não tinha mesmo conserto ou arranjo possível.
    __ É isso, deliberou lá por dentro. Quando eu verificar que tudo está perdido, que Itaoca não vale mais nada de nada, então arrumo a trouxa e boto-me fora daqui.
    Um dia aconteceu a grande novidade: a nomeação de João Teodoro para delegado. Nosso homem recebeu a notícia como se fosse uma porretada no crânio. Delegado, ele! Ele que não era nada, nunca fora nada, não queria ser nada, não se julgava capaz de nada…
    Ser delegado numa cidadinha daquelas é coisa seríissima. Não há cargo mais importante. É o homem que prende os outros, que solta, que manda dar sovas, que vai à capital falar com o governo. Uma coisa colossal ser delegado – e estava ele, João Teodoro, de-le-ga-do de Itaoca! …
    João Teodoro caiu em meditação profunda. Passou a noite em claro, pensando e arrumando as malas. Pela madrugada botou-as num burro, montou no seu cavalinho magro e partiu.
    Antes de deixar a cidade foi visto por um amigo madrugador.
    ___ Que é isso, João? Para onde se atira assim de armas e bagagens?
    ___ Vou-me embora, respondeu o retirante. Verifiquei que Itaoca chegou mesmo ao fim.
    ___ Mas, como? Agora que você está delegado?
    ___ Justamente por isso. Terra em que João Teodoro chega a delegado, eu não moro. Adeus.
    E sumiu.

    • Adilio Faustini

      Espetacular foi um primor, os Governos anteriores, de Gestão Pública, pegou um país com 850 bilhões em divida em 2003 e entregou em 2016 com 4 trilhões em dívida, fora o Mensalão, Petrolão, BNDESÃO , Fundão de Pensão, Pasadena etc…Com dois meses já tem como avaliar uma Gestão de um Municipio, Estado ou País?

  • Hélio

    A esquerda agora passou a ser conservadora, é isso mesmo? Kkkkk

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, para quem ainda acha que os espamos internáuticos do presidente nas redes sociais nada importam e nada significam, eis o que a revista Valor Econômico publicou sobre a opinião de analistas do mercado (esse ente misterioso): O gestor destaca que é cedo para dizer que o clima do mercado azedou. “Semana que vem começa o ano de verdade, vai ser importante ver o comportamento do mercado (…) Existe uma expectativa de quando Bolsonaro vai entrar, de fato, na campanha a favor da reforma da Previdência. O tuite de hoje gera frustração, pois o foco ainda está na agenda de costumes”. “As últimas publicações de Jair Bolsonaro nas redes sociais acabaram gerando desconfiança do mercado sobre o foco nas questões de mais urgência, como a reforma da Previdência”, afirma Matheus Gallina, trader de renda fixa Quantitas. Segundo ele, era esperado que o presidente estivesse focado em pontos críticos como as reformas, mandando mensagem pamandando mensagem para o Congresso da urgência das aprovações, e não é isso o que tem acontecido. Em https://www.valor.com.br/financas/6147937/mercado-enfrenta-choque-de-realidade-e-dolar-bate-maior-nivel-do-ano. Pelo menos a tara presidencial causou o efeito colateral de piorar a expectativa do mercado.

  • JEu

    Caro RM, concordo com vc em algumas coisas… é lógico que o Bolsonaro precisa ser menos “intuitivo” e mais “racional” em algumas coisas… principalmente no momento de usar o “vernáculo” pátrio para expor suas ideias de governo… e, creio, é preciso que adote algumas medidas, como puxões de orelhas, para conter os “ânimos” de seus “rebentos” e deixe o mais velho (acho…), eleito senador, responder por seus atos como pessoa adulta (o caso Queiroz precisa mesmo de algumas explicações mais convincentes!!!)… agora, também quero dizer que ainda tenho esperança de que alguma coisa boa possa surgir… como um combate mais intenso à corrupção e à criminalidade (coisas que colocam o Parlamento Nacional em pânico, só de pensar, e por isso, estão se arregimentando para “destruir” todas as propostas do Sérgio Moro) e a defesa incansável dos valores morais, éticos e religiosos da família cristã brasileira (sem precisar ser tão “direto”, como no caso do malfadado vídeo, porém sem deixar dúvidas que é preciso que se respeite os bons costumes para, também, receber o devido respeito, afinal, quem gosta de tais comportamentos que os guardem para suas intimidades dentro de sua casa, em um motel ou outro local fora das vistas das pessoas que se comportam de outra maneira). Esses foram os principais argumentos aceitos pela sociedade ao elegê-lo Presidente e esperamos que cumpra, com dignidade, sua tarefa… senão, em 2022 o povo votará em outra pessoa que demonstre ter interesse em defender essas e outros valores e objetivos do povo… afinal, como dito no conhecido samba: “Não adianta estar no mais alto degrau da fama, com a moral toda enterrada na lama”… e isso tanto vale para as pessoas individualmente, como para o país, como nação…

  • ANA LUIZA

    Meu caro Ricardo
    Toda essa reação a seu texto é proporcional ao fato de que muitos, inclusive esses cães ferozes,já se arrependeram do voto que deram à pessoa errada.
    Sabem que Bolsonaro é absolutamente despreparado.
    Os factoides que o filho inventa pra ele, são apenas a cortina de fumaça para um governo que foi eleito sem nenhum plano de governo. E até tem. Do tipo: Para a segurança: bandido bom é bandido morto. Para a saúde: Fora os Cubanos. Para a educação: Vamos acabar com a ideologia.
    É um completo desastre. No afã de se livrar do PT maldito criado pela Rede Globo, os brasileiros consideraram a possibilidade de colocar um despreparado e ignorante (no sentido amplo da palavra) na presidência.
    São 3 meses de paralisia absoluta, escândalos dos quais ele latia aos 4 quantos. São milicias, Laranjais, grana na conta da esposa, rachadinha do filho, patrimônio incompatível…
    É ex juiz que agora ama caixa 2 e perdoa aliados… Uma vergonha esse Sérgio Moro. Um esquizofrênico ou um malandro. Escolha.
    Mas ladrão, ladrão mesmo… são os outros.
    Não tem como não se arrepender, mesmo que seja atacando um jornalista.

  • Professor de Escola Pública

    Deixem o cara tentar consertar esse país que foi arrasado e surrupiado durante longos 16 anos.

  • Professor de Escola Pública

    Deixem o cara tentar governas esse país que foi esmagado e surrupiado por longos 16 anos…

  • Miral

    Esse pseudo presidente é um fiasco . Nem a anta da Dilma falava tanta m… como esse despreparado.
    Não tem sequer noção do cargo que ocupa. Mourão já!!!

  • ARMANDO

    Talvez ele, Presidente Bolsonaro, tenha se referido aquela negativa do Ex-comandante do Exército, General Vilas Boas, de apoiar o Estado de Emergência proposto pela Ex-presidente DILMA.

  • Luis Antonio Anjos

    Votei no Bolsa e voto de novo
    Tá fazendo o que prometeu na campanha
    Governo de direita e viva nossa pátria amada Brasil!!!