“O brasileiro viajando é um canibal. Rouba coisas dos hotéis, rouba o assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo”.

A declaração acima é do ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, que esta semana cometeu mais uma trapalhada.

Deixo claro: estudei em escola pública, o Grupo Escolar Fernandes Lima, onde cantávamos sempre o Hino Nacional.

Entretanto, o sentido de pátria para mim está mais ligado ao povo brasileiro, miscigenado, multifacetado, a nossa cultura tão diversa e rica, alvo do desprezo de tantos “patriotas”.

O ministro defende a volta da disciplina Educação Moral e Cívica nas escolas. Pois bem: ele podia começar com a volta da educação pessoal, o retorno do respeito ao povo que ele agora pretende “educar”.

 

Num só lance, Renan Filho quebra a "unidade" da Assembleia
Justiça dá 15 dias para Saúde garantir remédios a 7,5 mil pacientes com HIV/AIDS
  • Apareceu a margarida, MOROu? – Olê, olê, olá! – ÁS na manga ou cavalo de Troia?

    Pois, Ricardo … nem ficou a PATA livre (p*ta da vida) nem morri pelu BraZZêLL … rsRs
    > […] PÁTRIA pátria para mim está + ligad’ao povo brasileiro, miscigenado, multifacetado [Vc acima de TUDO!]
    – a nossa cultura tão diversa e rica, alvo do desprezo de tantos “patriotas”. [CANALHAS laranjas acima de todxs?]

  • Joao da TROÇA anarco-carnavalesca BACURAU da Rua NOVA do Sertão – em St’ANA!

    Pra mim, Ricardo PÁTRIA é mãe: luz de Paulo Afonso da CHESF e paz no Sertão c’a BRIOSA a mil puliças!
    > A Ceal deu a LUZ em 1963 num show do Cel Ludugério, e a CASAL trouxe água bruta – sem tratamento – em 1965 e estamos sem esgotos até hoje em St’Ana.
    – Aqui no SERTÃO Seu Duda Bagnani esvaziava fossas domésticas levadas em latas de querosene (20 litros) por algumas garrafas de cachaça …
    > E o cocô descia pelo RI-Panema nas cheia de cada ano pra escurecer a pele de turistas na Maçayó,
    -a capital da Comarca SERVIL desde 1817 com politicagem. – Nóix mui pelo contrário: contrariamos-LHúS!

  • ROTARY

    Não foi dito nenhuma mentira por parte do ministro, sobre os roubos em hotéis, infelizmente é verdade.
    Devemos com isso buscar coibir este tipo de conduta e não se ofender com quem tem coragem para falar.
    Temos sim que ter amor a pátria e aos seus símbolos, pois um “POVO MULTIFACETADO” sem patriotismo é apenas massa de manobra de quadrilhas que dominaram a política nos últimos 15 ou 20 anos. Foram legalizadas invasões e badernas.
    ISSO AGORA ACABOU, “BRASIL VAI TER LEI”.

  • Antonio Moreira

    A minha vivência no mundo dos alunos, acho que
    eles preferem um recreio com mais minutos, livres,
    a ficar estático cantado uma coisa obrigatória contra sua vontade.

    Talvez nos Estados Unidos, o seu hino nacional deve
    ter uma importância muito grande para o seu povo,
    assim como a obediência a sua Lei.

    Aqui, muitos que ajudaram construir uma nova lei/
    constituinte de 1988 ainda estão vivos. Depois disso –
    Hoje, como está situação da maioria do povo brasileiro?
    Muita poesia/discurso.

    Quase todo dia digo(brinco) para aluno e outros:
    Como se diz e que não paga nada?
    Obrigado; Por favor …

    Salvem os hinos dos times de futebol!
    Salvem os hinos das igrejas!
    Salve o hino nacional.

    Até o futuro.

  • JEu

    Pois é, e tivemos 16 anos de um governo defendido por tantos, que nada fez de verdadeiro para o incremento da educação e da verdadeira cultura no país… muito pelo contrário, o Lula chegou mesmo a afirmar que “estudar não servia para nada, era só perda de tempo”, e se não o disse exatamente com essas palavras, o disse com outras… é só checar suas declarações… e talvez alguém mais se lembre neste blog… agora, sabemos que educação é obra das mais importantes em uma nação… pois nenhuma nação cresceu verdadeiramente em civilidade e desenvolvimento sem educação… então reputo da maior responsabilidade o respeito aos professores e o culto ao ensino que forma o caráter junto com a ilustração da inteligência. A respeito do dever dos dirigentes dos povos na busca do bem maior das pessoas, li o seguinte, alhures:
    A autoridade, tanto quanto a riqueza, é uma delegação de que terá de prestar contas aquele que se ache dela investido. Não julgueis que lhe seja ela conferida para lhe proporcionar o vão prazer de mandar; nem, conforme o supõe a maioria dos
    potentados da Terra, como um direito, uma propriedade. Deus, aliás, lhes prova constantemente que não é nem uma nem outra coisa, pois que deles a retira quando lhe apraz. Se fosse um privilégio inerente às suas personalidades, seria inalienável.
    A ninguém cabe dizer que uma coisa lhe pertence, quando lhe pode ser tirada sem seu consentimento. Deus confere a autoridade a título de missão, ou de prova, quando o entende, e a retira quando julga conveniente.
    Quem quer que seja depositário de autoridade, seja qual for a sua extensão, desde a do senhor sobre o seu servo, até a do soberano sobre o seu povo, não deve olvidar que tem almas a seu cargo; que responderá pela boa ou má diretriz que dê
    aos seus subordinados e que sobre ele recairão as faltas que estes cometam, os vícios a que sejam arrastados em conseqüência dessa diretriz ou dos maus exemplos, do mesmo modo que colherá os frutos da solicitude que empregar para os conduzir ao bem.
    Todo homem tem na Terra uma missão, grande ou pequena; qualquer que ela seja, sempre lhe é dada para o bem; falseá-la em seu princípio é, pois, falir ao seu desempenho.

  • breno

    O ministro falou a verdade, infelizmente o brasileiro tem um comportamento deplorável no exterior, eu mesmo já testemunhei algazarra e bebedeira no corredor de um hotel nos EUA, foi necessário a ação de seguranças para garantir o sossego dos hóspedes. Quanto cantar o hino nacional não vejo nada demais, sempre foi um ato corriqueiro que foi banido na administração vergonhosa do PT.

  • Bel

    Concordo em cantar o Hino e o Ministro está certo!

  • jezualdo

    Veja a relação completa das universidades criadas nas gestões do PT:

    Universidade Federal do ABC (UFABC)

    Universidade Federal de Ciências da Saúde de PA (FUFCSPA)

    Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL)

    Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)

    Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM)

    Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

    Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

    Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)

    Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)

    Universidade Federal do Tocantins (UFT)

    Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

    Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)

    Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA)

    Universidade Federal da Integração Luso-Afro-Brasileira (UNILAB)

    Universidade Federal do Cariri (UFCA)

    Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA)

    Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB)

    Universidade Federal do Sul da Bahia (UFESBA)

    Por Victoria Almeida, da Agência PT de Notícias
    https://pt.org.br/governos-do-pt-criaram-18-universidades-publicas-tucanos-nenhuma/
    Sem contar com institutos federais, fies, prouni, e Universidades federais em todo o país.
    Uma pena que só enxerga quem morre de raiva do PT, e dizer que a roubalheira esta em 15 a 20 anos, acho que antes desse período a pessoa estava morando em outro país.
    O Brasil não tem problema em catar hino é questão de civismo agora filmar e colocar slogan de falso moralista sem moral, já é pedir demais em escola sem partido.
    Acordar nunca é tarde e ir a guerra na Venezuela só para quem votou nesta praga que se chama bozo.

    • Mario Lemos Souza

      Em campo de futebol , além de cantar o Hino Nacional, CBF determina, ainda as criancas são filmadas, fotografadas e televisadas nas Arquibancadas e no Campo junto com jogadores tudo mormal e não vejo o mimimi que estão fazendo com as escolas.Em tempo , não consta que tenham autorizações responsáveis pela criança.

      • Robério

        Quem canta o hino são os jogadores. Os que sabem, claro.

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, aos brasileiros que concordam com a generalização grave e estúpida do ministro colombiano, que falem por si, caso padeçam, em seus hábitos de viagem, desse tipo de cleptomania. Como não tenho esse comportamento, rechaço e não visto a carapuça. Infelizmente, parece que até o senso de realidade foi perdido nestes tempos confusos. Uma acusação caluniosa como essa, que ofende os mais de 200 milhões de brasileiros deste país, é feita pelo ministro da Educação de um governo supostamente patriótico, que alega ter o Brasil acima de tudo, mas os apoiadores desse governo saúdam a ofensa contra o próprio povo, em vez de exigir a imediata demissão de quem atacou numa única frase a dignidade de um povo inteiro. Impressionante! Todos nós deveríamos ajuizar ações indenizatórias por danos morais e queixa por calúnia contra o famigerado ministro. Como diria o conservador Nelson Rodrigues, o brasileiro é um narciso às avessas, que se coloca em posição inferior ao resto do mundo, aceitando ofensas como essa, que cospem em sua imagem. Que insuperável complexo de vira-latas! Tomara que venha logo o Carnaval para nos alienarmos um pouco dessas coisas. Abraço.

  • Robério

    O Ministro deve observar o princípio da adminastração pública citado na CF/88 em seu artigo 37, § 1º: “A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos”. Dessa forma, não incorreria no erro de publicar mensagem citando o slogan de campanha eleitoral. E deve, sobretudo, observar o ECA, pois filmagens de menores somente são permitidas com a permissão dos pais.
    Uma polêmica atrás da outra. Parece até proposital…