A Secretaria de Educação de Alagoas  não vai seguir a orientação do ministro Ricardo Véwlez Rodrigues, em carta destinada às escolas pública e privadas de todo o país.

Pernambuco já havia sinalizado que também não cumpriria a orientação do ministro.

Vélez Rodrigues quer que as escolas façam com que os alunos cantem o Hino Nacional (tudo bem), todos os dias, e leiam uma carta do ministro com o slogan da campanha presidencial de Jair Bolsonaro, eleito presidente.

Pra completar, os alunos seriam filmados e as imagens enviadas ao Ministério de Educação, para posterior divulgação.

Segundo nota divulgada pela Secretaria de Educação de Alagoas, “as escolas não se constituem ambiente propício para manifestações político-partidárias”.

Veja nota de esclarecimento, abaixo:

A Secretaria de Estado de Educação, em respeito à autonomia da escola no desenvolvimento de suas práticas pedagógicas, entende que cantar o Hino Nacional é uma atividade que fica a critério de cada unidade escolar.

Compreendemos também que os critérios e condições para filmagem de qualquer atividade didático-pedagógica deve constar no regimento interno da unidade de ensino, observando as questões legais quanto ao uso de imagem e autorização dos pais ou responsáveis pelos estudantes menores de idade.

Por outro lado, a Seduc entende que as escolas não se constituem ambiente propício para manifestações político-partidárias.

A Seduc vem trabalhando a fim de garantir os direitos de aprendizagem das crianças e jovens alagoanos, em colaboração com a União e os municípios, por meio de políticas educacionais que proporcionem educação pública gratuita e de qualidade.

Secretaria de Educação 

O mistério do Ministério:

O Ministério da Educação afirma que vai enviar outro texto, já “revisado” do ministro Vélez Rodrigues.

O que muda?

“A carta a ser lida foi devidamente revisada a pedido do ministro, após reconhecer o equívoco, tendo sido retirado o trecho também utilizado durante o período eleitoral.”

Todo o resto, ao que parece, está mantido.

 

Justiça dá 15 dias para Saúde garantir remédios a 7,5 mil pacientes com HIV/AIDS
Governador dá nova posse a Melina atendendo a conselho do pai
  • Isaura Pádua Campos

    Estou confusa. Não sei se a personalidade predominante no momento é a do velho Renan ou do novo Renan, mas, dispensando slogans da ocasião, desde quando cantar o Hino Nacional é manifestação político-partidária?

    Resposta
    Não é “cantar o Hino Nacional e sim repetir o slogan da campanha vitoriosa de Bolsonaro – isso é manifestação político-eleitoral.

    • Meu NOME é Gal desejando rapaz: SEM cultura NEM crença OU tradição, AMO igual!

      De FATO. Isaura … tempos CONFUSOS e bizarros, convulsos!
      arquivos do Detran-AL pré-bafômetros rumo Fórum e alienação de BENS em cartórios têm cópias das documentações de terras e veículos, imóveis e animais … semoventes?
      Em particular os calhamaços amarelecidos de processos no Fórum narram detalhes, hoje bizarrices, das contendas entre os mortais de cada época.
      > JÁ dobrando os 33 d’IDADE de Cristo, em vida quase CHEIA: além 2/3 talvez 3/4 se tanto
      – avÓ e mãe, filhA na Terra sobrevoada p’Espírito Santo UNIFICADO em Deus à feminina:MÃE só tem 1!
      > N’última latinha de cerveja gelade em casa no carnaval: hoje disca-se e pede + via mototáxi.
      – Era lá e cá crianças e adolescentes sob migalhas: MOLEQUE lá antes dos recados.
      Agora é Zap pós-SMS via celular e portador num merece pancada: é caro o aparelho!

  • Consigliere Alagoano

    EM TEMPO…

    Os números do MEC para Alagoas, já dão SINAL de ALERTA, o modelo ATUAL, teve pouco PESO….

    LÚ ciano Barbosa, saia antes de ficar sem explicação esses números…
    Arapiraca te espera em 2020.

    SAGEAL x SIGEDUC = ENBRÓLIO TECNOLOGICO, na ponta está o ALUNO, qual o beneficio??

    RENAN PAI – FALA A-G-O-R-A COM O LÚ…. isso pode ser explorado pelos adversários no AGRESTE.

    .

    • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

      De FATO, caro C A havia bizarices neoplásicas: general travestido de ADELITA _ http://www.academia.org.br
      Era a marolinha democrÔta 1964-1985 apUdrecendo o coLLo p Sarney letrand’ABL!
      Foram 2 os lambreteiros santanenses 1950’s, duas máquinas na mesma caixa entre outras:
      – remédios e tecidos, miudezas e ferragens para os COMÉRCIOS ao redor da farmácia em frente à igreja.
      > Os caminhões de Seu Cleodon Teodósio buscava semanalmente em Recife
      – as mercadorias compradas na quinzena anterior a BEM humorados viajantes.
      > Duplicatas de notas fiscais, eram pagas no BBrasil vizinho ao Ferrageiro (dsd 1922)
      – depois Produban d’AL falido nos 1980’s num dos mirabolantes planos do escritor Sarney.
      > Entre conhaques + general ADELITA, o 5o da cadeira 20 um senador maranhense
      – via Amapá d’Alcolumbre sentou praça n’ABL das caipirinhas de Paulo Coelho.
      http://www.academia.org.br/academicos/aurelio-de-lyra-tavares

  • um ALAGOANO

    Lê carta e filmar não achei interessante mas cantar o hino nacional sou totalmente favorável, precisamos que essa turma de hoje respeitem mais a sua nação, cantar o hino vai começar a criar nessa turma um sentimento de patriotismo que não existe hoje em dia. Quando criança fazia isso na escola estadual e não arrancou pedaço de ninguém.

  • um ALAGOANO

    Nos competições esportivas em todo o país o hino é obrigatório e porque não nas escolas?

  • Esperança

    As escolas precisam voltar a cantar o Hino Nacional. Sou totalmente a favor! O resto, não é interessante e não tem nada haver…

  • Marcelo

    Rapaz,eita governozinho vagabundo esse,meu Deus do céu, é bagunça em cima de bagunça, é erro ,erro,erro,trapalhada,faz,depois desfaz ,e não sabe o que faz,os filhinhos mandam,tiram ministro,o Ministro desmente,Queiroz,açaí, Laranja,caixa 2,Davos,Reforma da Previdência, Ministro/Juiz,que defendia uma coisa,agora não defende mais,Damares,azul,rosa,Goiaba etc… É tanta bagunça, só tem Minions que Independente do que ele faça, vão morrer defendendo,dão mulher,mãe, filha,filho dão tudo,só náo fale do Mito!! Que doidice ,kkkkkkkk,séria cômico, se não fosse trágico!!!

    • Valdemir

      Verdade Marcel(a/o), vivemos tempos nebulosos.

    • carlos

      Vc prefere um governo servo submisso a uma única pessoa e por isso não há conflitos.

      Maduro tá tentando, Ortega também, e Lula bem que queria, mas não teve apoio militar.

  • Marcelo

    Depois dos 7 X 1 da Alemanha e daquela gente hipócrita de verde e amarelo cantando o hino nacional com bandeira e tudo mais, os símbolos sagrados da pátria foram profanados e retirou de mim todo o orgulho e carinho que tinha adquirido na infância quando, arrepiado cantava nas fileiras da escola observando o hasteamento do pavilhão nacional. Atualmente me vem na memória a Janaína Paschoal manifestada rodopiando no CN e os idiotas úteis fazendo amrminha com as mãos pela desgraça e vergonha pela que possamos

  • Pedro acassio

    Era bom que eles pedissem filmagens das Escolas quebradas,das carteiras danificadas,lotação nas saulas de aula etc…Só acéfalo acha que cantar Hino faz de vc patriota, mas esperar oque desse Governo de retardados dentro e seus minions fora,Normal !!

    • Valdemir

      Sério? E os retardados apoiam a destruição causada pelo lulismo?

  • Meu Deus

    Esse Governo dos Minions é uma Piada,kkkkkkkkkkkk

  • Antônio R.

    Meus amigos vocês esperam o quê de um homem desse, o cara é governador de Alagoas e vem com uma dessa, se eu fosse deputado,véu preferia quê o governo federal cortasse tidas às verbas do estado, quer dizer que só querem negócio com o governo federal prá pedir verbas, vai ti catar governador peba, mais ele tem razão, o culpado é povo quê elegeu, ele e o pai, na verdade, quando perguntam qual meu estado de origem, eu desconverso, tenho vergonha de dizer que sou alagoano, com essas duas pragas fazendo o nosso estado vergonha toda hora.

  • Ricardo

    Meus tempos escolares aprendi a cantar os hinos, Nacional e de Alagoas, acho corretíssimo os alunos nos dias atuais cantarem o hino, as escolas estão precisando de ordem, os alunos fazem o que querem e não respeitam seus professores e funcionários!

  • ROTARY

    Uma pessoal com a formação do nosso Governador realmente não daria atenção ao hino.
    Mas para nomear pessoas com rabo preso na justiça ele é especialista.
    Deve ter aprendido em casa.

  • edvan

    Quem tem mais de 45 anos e estufou em colégios públicos ou privados, eram normais, o canto do Hino Nacional, em frente a escola. Essa geração chegou, sem ao menos cantar Hinos que reverência a luta do povo brasileiro, pelas glórias e lutas pela liberdade. Exaltar a pátria através dos nossos belos hinos, faz bem e nos deixa com mais civismo.

  • Luis Lins

    Ricardo,acho interessante quando o governo Dilma,discutiu sobre o Kit Gay,não houve essa repercussão.
    Tudo q é pra o bem,a esquerda crítica.
    Não vejo ninguém criticar a manipulação da Globo.
    Destruindo famílias.
    Temos q combater essa falta de respeito dos alunos com os professores .
    As escolas q adotaram o sistema militar tem aprovação de 80% dos pais.

    • Varys

      Kit gay nunca existiu. Qualquer pessoa que trabalhe em escolas sabe disso. Quem não gostar da Globo tem a opção de não assisti-la usando o controle remoto. Os meninos que não respeitam os professores também não respeitam o pai e a mãe, então o problema já vem da criação errada. As escolas militares são muito boas sim, mas não esqueçamos de um detalhe: elas escolhem seus alunos em processos seletivos, ou seja, trazem para si apenas os melhores estudantes. Elas não recuperam alunos indisciplinados e “vida loka” não.

  • Gillian

    Totalmente a favor da medida: sim., obrigar a cantar o hino é uma manifestação política da mesma forma que obrigar a rezar é uma manifestação religiosa . Nem todo mundo é carola , nem todo mundo é patriota.

  • jobson

    O estudante vai concluir o curso sem aprender o hino Nacional, que educação é essa?

  • Pedro

    Cantar o Hino vai mudar em que o Ideb? Se essa ideia genial funcionasse, já estaríamos no primeiro mundo! E tem mais, não só a educação dos alunos que precisa mudar; esse hino ,”Parnasiano aguado” , precisa mudar também e, de quebra, sumir com esses ministro faz de conta!

  • wal

    RENAN FILHO, sempre procurando uma brechinha pra APARECER.

  • niv_mace@hotmail.com

    Se o meu filho fosse aluno de escola,eu seria 100% a favor para que o nosso hino fosse cantado todos os dias nas escolas .Quem lembra da matéria OSPB nas escolas ?
    O Brasil era outro país nessa época.

  • Antonio Carlos Barbosa

    O ministro da educação, já passou dos limites de fazer besteira, como antes já disse várias loucuras, dizendo que todo brasileiro viajando ao exterior era um ladrão, e depois diz que ficou fora do contexto, que foi mau interpretado. Por ultimo vem querer institucionalizar nas escolas a propaganda, o slogan de campanha do patrão dele na última eleição, com um slogan maluco e atrasado , e pior ferindo a legislação de forma estúpida e grosseira. Infelizmente estamos sendo governados por uns sem juízo, que não tem conserto e nem nunca terão, sem remédio – até pela idade deles – a ministra Damares, o das relações exteriores, o do turismo, esse da educação, os filhos do capitão (01/02 e 03). São analfabetos, não tem o mínimo de bom senso. São desprovidos de respeito ao povo brasileiro, verdadeiros idiotas.
    Infelizmente teremos que esperar novas e várias trapalhados desses ministro da educação, da damares pé de goiabeira, dos outros ministros já citados, dos filhos, pois o capitão (presidente) concorda e apoia todos as maluquices da sua equipe.

    Para finalizar, acredito que o problema não sejam os ministros, os filhos, e sim o presidente, infelizmente.

  • LEONINE

    EU TENHO ORGULHO DE FAZER PARTE DE UMA GERAÇÃO ONDE O HINO NACIONAL É ORGULHO , A NOSSA NACIONALIDADE ESTAVA ACIMA DE TUDO, HOJE O QUE VEMOS É MUITA BUROCRACIA QUANDO NÃO HA INTERESSE COMUM POLITICO, TÁ MAIS DE QUE NO HORA, PRECISAMOS SEPARA INDEPENDENTE DE PARTIDO O BRASIL É UM SÓ O NOSSO HINO É MOTIVO DE ORGULHO PARA TODOS, HINO NACIONAL NAS ESCOLAS É UM DEVER DO CIDADÃO .

  • Alagoano sem esperança

    Pode cantar sim, desde que seja de forma voluntária.

    Este princípio supracitado está implícito no art. 5º, inciso II, CF que expõe “ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei”, indo ao encontro do disposto também no art. 5º, inciso XXXIX, CF que diz “não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal .
    Antes de pôr em prática tem que ter a devida análise e discussão.

  • Carlos

    Cantar o hino nacional está previsto em lei. E não tem que ser contestada e sim cumprida. Brasileiro acostumou a querer fazer o que quer, e como quer, secretário deveria era esclarecer porque até agora não entregou a escola Katia Assunção no Jacintinho mas de 2 anos de “reforma”, como vai fazer pra relocar os alunos do cepa. Agora vem dizer que não vai cumprir a determinação da presidência.

    • Varys

      A Escola Kátia Assunção é do município, então é responsabilidade do prefeito Rui Palmeira, não do governador.

  • JEu

    Outro dia vi, nas redes sociais, um vídeo em uma sala de aula, sobre cultura, em que umas meninas entre seus 10 e 14 anos, creio, dançavam um funk na frente da lousa e rebolavam para os “assistentes”… e todos aplaudiam, principalmente os meninos… e ninguém na escola proibiu o uso das imagens… afinal, é “cultura”, não é mesmo?!!! e se a escola atual, principalmente aqui em Alagoas, vai tão bem na pedagogia, então por que estamos classificados tão baixo no Ideb? não creio que cantar o hino nacional e outros hinos, como o de Alagoas, seja nada demais… desperta o patriotismo e ajuda a manter o amor pela pátria… e, pelas respostas acima, creio que alguns querem mesmo é trocar o hino nacional pelo da Venezuela, de Cuba ou, até mesmo, quem sabe, pelo da Rússia, da China ou da Coréia do Norte… agora, quando um aluno espanca um professor (e os casos não são nada raros…) aí tem bem pouca repercussão… e desmoralizar os professores e a cultura do país foi um dos meios utilizados pelos comunistas na China, durante a implantação do regime vermelho… e quanto a não aceitar política partidária nas escolas acho correto, porém que não seja somente contra a de direita… que seja para todas as correntes políticas…

  • Fernando Lima

    Essa esquerda de botequim, critica tudo quê é para o bem na escola, agora quando é pra esculhambação, como o kit gay, eles brigam ate morrer, esta tudo pelo averso nesse pais.

  • jozivan maciel feitosa

    se fosse pra cantar funk e a garotada fica rebolando até o chão uma boa parte ia aplaudir de pé a iniciativa não digo que a questão do slogan de campanha e o vídeo mais o hino não só o do brasil como o de alagoas eu já alcancei essa fase na escola publica a quem gosta e outros não mas isto esta faltando e como esta faltando o patriotismo e o respeito não só pela nação como pelo nossos professores dos quais realmente educar em sala de aula não aqueles que trás partidarismo politico pra sala de aula pra defender ideologizismo de quinta……

  • Varys

    Lamentavelmente, o MEC, mais uma vez, fica perdendo tempo com coisas que não levam a nada. O povo preocupado com marxismo, ideologia de gênero e com hino e fechando os olhos para os problemas reais da Educação – sucateamento, violência, bullying, professores estressados e mal pagos, drogas, professores sendo espancado por alunos, alunos que mal sabem interpretar um texto e chegam ao 6º ano sem saber ler direito, pais relapsos e a nefasta influência das facções criminosas entre os jovens da periferia – basta andar pelas ruas de Maceió e ver a demarcação de áreas. Antes de qualquer coisa, essa garotada precisa aprender a respeitar os mais velhos, respeitar seus professores e ver que o estudo é o único meio de ter uma vida melhor. E para que não sejam tragados pela criminalidade, é preciso investir em projetos sociais, afinal esses meninos crescem vendo o traficante como o benfeitor que ajuda a comunidade, que compra a dentadura de suas avós, faz a feira de sua sua mães, consegue um óculos para seu primos.

  • Sertanejo Cagota

    Art. 39. É obrigatório o ensino do desenho e do significado da Bandeira Nacional, bem como do canto e da interpretação da letra do Hino Nacional em todos os estabelecimentos de ensino, públicos ou particulares, do primeiro e segundo graus.

    Parágrafo único: Nos estabelecimentos públicos e privados de ensino fundamental, é obrigatória a execução do Hino Nacional uma vez por semana. (Incluído pela Lei nº 12.031, de 2009).

  • José Maria Júnior

    Ricardo, boa noite.

    Como sei como entrar em contato com vc, acesso por aqui, desculpe-me.
    Em relação as notícias das redes sociais, que eu tb não tenho, sobre o Elinaldo Barros na casa de repouso para ” velhos” , procede?

    Resposta:

    Sim, infelizmente.

  • José Maria Júnior

    Lamentável, infelizmente.
    Obrigado pela atenção.

  • breno

    Qual o problema em cantar o hino nacional? Isso é um ato de civismo e acontecem na maioria dos países.