Já não eram das melhores – e há um bom tempo – as relações entre o agora ex-diretor do Detran, Cacá Gouveia, e o governador Renan Filho. Tanto que a mudança anunciada – a saída de Gouveia do cargo – não causou nenhuma surpresa aos palacianos mais bem situados e informados.

Ressalte-se: é inegável que o diretor que deixa o cargo fez um bom trabalho, mas de há muito que o posto é objeto do desejo de governistas de vários calibres (com a devida licença pelo uso da palavra).

Se a mudança está curso, ela ainda não foi concluída – e é aí que mora o perigo. O histórico já um pouco distante do Detran não é bom e carrega máculas que não podemos esquecer nem apagar.

Com raras exceções antes dele, o desembargador Antônio Sapucaia, no governo de Téo Vilela,  quebrou vícios e um enredo de fisiologismo e desmandos no Detran. Antes dele, haviam comandado o órgão, através de afilhados, os deputados Celso Luiz e Antônio Albuquerque, na sequência. Não por outro motivo, o velho Detran atendia também pela alcunha de Assembleinha. Tempos lamentáveis, que todos esperamos superados.

Cacá Gouveia, ao seu modo, contrariou alguns interesses de aliados do governador – que o manteve no cargo, mesmo sob forte pressão. Ele prendeu desejos profundos e há de continuar a fazê-lo (tomara). Solto, o Detran é um perigo.

Se a hora é de dar um impulso no órgão, que seja efetuada a mudança sem que haja espaço para o retorno ao triste passado do Departamento de Trânsito. Até porque gira muita grana por lá: só este ano, o Detran já transferiu para Fazenda Estadual algo em torno de R$ 49 milhões – para a Segurança, para a Saúde, para a Infraestrutura.

Quanto mais o governador demorar a decidir e anunciar o sucessor de Cacá Gouveia, mais aumentará a ambição do entorno palaciano.

Ali está, pra muita gente, uma botija. E, cá pra nós, já começou a nova corrida do ouro.

Ministro Marco Aurélio pode inviabilizar eleição de Renan no Senado
Conheça as fusões e mudanças de secretarias no novo governo de Renan Filho
  • Antonio Carlos Barbosa

    Perigo, os abutres rondando o Detran, com aval do governador? Vamos esperar, tá vindo chumbo grosso!

    • Nu meRmo barco 1500 com CABRAL: BRASIL à PeZãO de TUDO é bix@ da VEZ!

      > Abutres SEM bafômetros, caro Antonio … vai sair caro esse BARATO!
      – Xêro de ÁLCOOL bebendo SANGUE nas UPA’$ e UTI’$? – Dor e sofrimento.
      > Algo pior que PÉ na tábua SEM pardal, amigo! – Velocidades ACIMA de todas!
      – Apois as LOTAÇÕES excederão em MACAS de hospitais? – Mortes em CIMA de todoXs!
      > Afinal, COM irresponsabilidades e SEM educação: fuzis e automóvies são ARMAS letais:
      – A exemplo de VANS clandestinas e MOTOTÁXIS aloprados! – Brasil a PÉ-zão de tudo!

  • Carlos

    Já falei no meu comentário e aqui em Coruripe, tem um olhão bem grande e sempre é fotografado pela retina do Marx Beltrão. Porém a proposta é a mesma se fosse para secretaria da saúde para Lessa assumir. Porteira fechada e o Detran os Beltrão vêem com os bons olhos.

  • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

    Êita, povim SEM memória, caro Ricardo … vamos ao CHAMPAGNE azedo do Natal passado, 2017!
    > Apenas refresco de MULA pocotó sem cabeça nem sangue nas veias
    – SEM corações, onças ressacadas n’ORLA de línguas pretas n’ÁGUAS!
    > Sempre defendi […] de controle no trânsito […] inclusive a Lei Seca [Boa p’un$?]
    – […] motoristas, cada vez + agressivos [..] com os PEDESTRES e ciclistas. [Bebuns?]
    > […] desmoralizar […] Newton [Einstein e Shoroedinger: Quântica’$ e Relatividade’$]
    – […] 2 corpos NUM podem ocupar o meRmo lugar no ESPAÇO u meRmo TEMPO. [Desumanidade]
    > […] o DIREITO, […] homens (e mulÉres) convivem e se enfrentam
    – Em BATALHAS cotidianas, ttas vezes sangrentas. [CRIMES sem solução há + de ANO! – Árgh!], 21dez18
    http://blog.tnh1.com.br/ricardomota/2017/12/21/pardal-bom-e-pardal-morto