Mais do que qualquer coisa, o embate entre o senador Renan Calheiros e o colega dele, Lasier Martins (PSD/RS), foi um recado claro do emedebista: bateu-levou.

A discussão em plenário, na última terça-feira, expôs o Calheiros primordial, que reage aos ataques e bate na linha abaixo da cintura – e sem qualquer constrangimento.

Ele “lembrou” que a ex-mulher mulher do senador gaúcho o acusou de agredi-la: disse-o pessoalmente ao ex-presidente do Senado.

Não há de se afirmar que o senador alagoano não se manifesta em solidariedade aos seus pares, mesmo em momentos constrangedores – Delcídio Amaral, lembram? -, mas sempre reage de forma iracunda e sinalizando que pode ser pior sempre que é atacado.

Ao fim e ao cabo, me alertam personagens que conhecem Calheiros e os bastidores de Brasília, ele se mostra disposto a discutir o futuro do Senado, inclusive a eleição para presidente da Casa, mas dentro dos critérios próprios do ambiente: voto fechado ou aberto, prevalência na indicação da maior bancada etc.

Fugiu dessa temática é: bateu-levou.

Alagoas fecha a semana com a menor bancada federal em Brasília
Rafael Tenório vira aposta do grupo governista para 2020
  • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

    Com CERTEZA, genTeeee … coça a língua frouxa e arde o fiofó IDEM: é a Lei da REIMA … rsRs
    no circo do BOZO coça entre pernas de PALHAÇOS, mal lavados PT-lhos criando FURÚNCULOS … kkkkk
    Já antes de assumir a RESPONSABILIDADE, parece desatino alimentar coceira e DIARREIA: intoxicação $é[email protected]?
    [Dra Maria LBS, UECeará] , 31out16 https://super.abril.com.br/ciencia/o-que-sao-alimentos-reimosos

  • Esperançoso

    O voto tem que ser aberto.

    É visível o desespero do senador Renan Calheiros.
    Que só sabe atacar ou contra-atacar com assuntos que não tem a ver com a discussão!

  • Há Lagoas

    O velho e totalmente antenado Carcará de Murici, sabe como lidar com os entraves que aparecem em seu projeto de poder. Quem não reconhece sua estratégia e resiliência é simplesmente descartado.
    Foi isso o que aconteceu com tal “oposição”.
    Renan – o pai – é um desserviço personificado no Senado, e um dos muitos políticos que considero culpado pelos nossos índices medíocres em educação, IDH e industrialização. Mesmo assim foi eleito!

  • josafá

    BOLSONARO DEVE TER CANDIDATO, COMEÇAR UM MANDATO COM UM ATOR DO ” House of cards” VAI NADAR E MORRER NO SECO! COMEÇARIA UMA NOVA VELHA POLÍTICA DE PRESSIONAR O PRESIDENTE DEIXANDO-O REFÉM DO CARTEL DA CORRUPÇÃO.

  • JEu

    Bem, vamos esperar pelas “trovoadas” que sempre acontecem em janeiro!!! e talvez em fevereiro (que em 2019 não tem carnaval…) então o “bloco” do senador Reinão não possa sair na rua… e, então, pode ser que ele fique a ver “a banda passar”… é o que todo alagoano e brasileiro de “fé” espera…

  • JEu

    Só mais um detalhe: a banda vai passar tocando “hinos marciais”… rsrsrs

  • Antonio de Padua

    O Senador Renan fez o que tinha que fazer, esses caras métodos a Santo tem que ir para a igreja e não para o Senado da República, parabéns Senador Renan!!!.

  • Alagoano

    Estou com RENAN E NÃO ABRO.

  • Luiz Henrique

    Ele acha mesmo que chegará a Presidência do Senado ? KKKKKKKKKKKKKKK. O Eduardo Bolsonaro com certeza não vai deixar.

    • Varys

      A questão é que já foi noticiado que o próprio Flávio Bolsonaro, senador pelo Rio, esteve reunido com o senador Renan e o general Mourão. Então, não se espante com o que vier pela frente. As desavenças e as amizades na política se formam e se desmancham com a mesma facilidade. O inimigo de hoje é o aliado de amanhã.

    • Varys

      Não deixar? Pouco provável. O senador já se reuniu com o Flávio Bolsonaro e Mourão e agora esteve com Paulo Guedes. O adversário de ontem é o aliado de amanhã. Não nos espantemos com as reviravoltas da política.

  • Sérgio Eduardo

    Pra mim poucas palavras bastam. Ele candidatíssimo a presidente do Senado. Agora falta combinar com os russos