Mais um estudo publicado pela organização sem fins lucrativos Todos Pela Educação – que faz um trabalho belíssimo – mostra o quanto andamos para trás em relação ao respeito devido aos professores.

Em tudo, lamentável!

O que diz o estudo?

Que 49% dos que exercem a mais bela e importante profissão, em qualquer lugar do mundo e em qualquer tempo, não recomendam aos jovens que trilhem o caminho do magistério.

As razões são muitas, creio eu, mas bastante plausíveis.

Com exceção dos professores das universidades públicas, a baixa remuneração para quem se dispõe a levar conhecimentos a crianças e adolescentes no Brasil é humilhante – a metade do que ganham outros profissionais de nível superior.

Esta é apenas uma parte da explicação.

A falta de condições de trabalho, a violência na sala de aula e no entorno das escolas, tudo depõe contra a atividade sem qual o Brasil continuará ocupando os últimos lugares no ranking de países socialmente injustos.

Se os professores não recomendam aos alunos que sigam o seu caminho profissional, o que respondem os jovens?

Apenas 2,4% pretendem investir no magistério.

Há dez anos, o percentual era de 7,5%.

A humilhação cotidiana piorou o que já era ruim.

A tragicomédia que Shakespeare não viu
Superintendente da PF em AL disseca a corrupção e mostra suas vísceras
  • arapiraquense

    Além de humilhante é degradante e imoral. E, sem nenhuma sombra de dúvida, a culpa é totalmente dos nossos políticos.
    Para se ter uma idéia eu labutei na educação durante mais de 20 anos. Fui admitido por concurso na década de 1970 com uma carga horária de 40 h semanais. Recebia na época um salário equivalente a 80% do que era pago a um juiz.
    Na década de 1990 perdi as esperanças com o descaso para com o sistema educacional, além do fator salarial, e aderi ao PDV. E confesso que jamais fiquei arrependido.
    Hoje, caso tivesse continuado como professor estaria recebendo entre 10 e 15% do que é pago a um juiz. Isso, sem levar em consideração as regalias pagas aos juízes (auxílios os mais diversos: moradia, vestuário, etc.).
    Portanto, não recomendo a nenhum jovem nos dias atuais a abraçarem a carreira do magistério.

    • SãJÃO aLLagoano 2018: rela COXINHAS suadas cUm louras geladas – MorTânDeLLa$!

      CARO arapiraquense, … um BOM dia!
      Seu RODRIGO é aluno aplicado n’escolas TEÓFILAS!
      – Pq Hj é SÁBADO: AcUnhAaaaaaaaaaa!
      Da BÍBLIA … ‘Macho e fêmea os criou’ ][Gênese 1:27]
      E amanhã é OUTUBRO com poesia de VINA em 1946:
      > Hj é sábado, amanhã é domingo: vida em ondas de MAR
      – BONDES em cima dos trilhos: N S J Cristo nos SALVAR
      > Amanhã é domingo: nada com’TEMPO pra passar
      – HOJE é que é o dia do presente: o dia é SÁBADO!
      http://www.viniciusdemoraes.com.br/pt-br/poesia/poesias-avulsas/o-dia-da-criacao

    • Audalio Honorato

      Quero ver quando essa Lava Jato chega ai Judiciário,mesmo sabendo que 99% da Justiça é rasteira,direcionada e corporativista. Os professores que formam todos os profissionais de todos os níveis, a cada dia perdem todos os direitos,restando apenas os deveres,enquanto isso juízes e promotores posam de reis e direcionam os rigores da lei para ferir unicamente a quem eles não gostam, quando matam, estupram, roubam ou similar, a punição é uma generosíssima e vergonhosa aposentadoria, enquanto pregam que lugar de bandidos é na cadeia.Menos eles, rasgando a Constituição, que mente que todos são iguais.

    • Roberto

      Passei quatro anos lecionando e desisti…ensinar no Brasil é horrível!!!

  • Maria(professora) Nulo governador

    Nosso estado é campeão no descaso com a educação, não tem o menor respeito nem com os professores nem com os alunos, quanto mais gente analfabeta pra eles,políticos, melhor pra manter o seu curral,bestas sob o domínio dessas pragas do mal.Esse governadorzinho fez um concurso pra educação, cujo o único intuito foi arrecadar dinheiro pra surrupiar o bolso dos candidatos,elaborou um edital cheio de falhas, de enrolação, disponibilizando um número ridículo de vagas que não corresponde a realidade, a carência real, enquanto isso preenche as vagas com “monitores” pagando um salário vergonhoso e sem nenhuma garantia para os professores que por falta de opção se submete a essa condição. Pena que as população não se manifeste em favor do professor,da educação, assim , permaneceremos na mais profunda ignorância.
    Esse governador molequim, usando os piores artifícios para ser candidato único, por pura incompetência da oposição que entregou os pontos. Ele pode ser o único candidato nessa jogada nojenta, pode ser vitorioso com um número pífio de votos, mas com certeza perderá para o NULO que não é candidato mas será bem votado.

  • Luciano Medeiros

    Bom dia!
    Sou professor efetivo da rede estadual de Alagoas há 17 anos e todas as vezes que coloco para o meu aluno a possibilidade do seu ingresso no magistério,infelizmente esbarro nas respostas levantadas na pesquisa.
    Lamentável chegarmos a esse nível!

  • Julius Robert Hoppenheimer

    Querer resolver os problemas da política nacional antes de restaurar a nossa alta cultura é como querer o orgasmo antes da ereção.

    Olavo de Carvalho!!!

  • junior

    E a coisa está desmoralizada, começando pelo supremo, onde os ministros vendem habeas corpus descaradamente, sabendo que nunca vão ser punidos,hoje 90 % da população não acredita na justiça, isso aumenta a vontade de desesperadora que os militares volte.

  • Pedro indignado

    Pois o jovem governador, que é um produto de laboratório da política do coronelismo, trata o o professor com desdém e sem nenhum compromisso. Já os deputados tem às portas abertas com direito a duodécimo bola cheia, secretarias e vários cargos em comissão para indicar os incompetentes cabos eleitorais. Olha o que esse desnaturado governador Renan Filho, fez com a pífia reposição salarial dos servidores pobres dos pobres. A data base no governo Téo, era o mês de março. No atual passou para o mês de maio e não ninguém sabe o mês certo. Abaixo o governador desumano de laboratório.

  • Jane Costa

    Como professora, o que acho ainda mais vergonhoso é termos q fazer greve para termos de fato, o direito adquirido de uma data base, que é anual, e que deveria estar prevista no orçamento. Esse é o o país em que a educação definitivamente não é prioridade para os gestores.

  • Adilio Faustini

    O Brasil é o Robin Hood as avessas, quer construir uma casa pelo telhado, ou seja, investe pesado em Universidades e pouco na base,Creche/Escolas, Pré -Escolas, nível básico e nível médio.A Unversidade Pública deveria ser paga como o Fies, nos mesmos modos, o aluno ao se matricular, deveria assinar um contrato com um avalista, fiador, caso o cidadão não pague ou mude de país e deixa de pagar,poderia fazer mensalidades após 2 anos de formado e de valor baixo, ex:100 mensalidades de 200 ou 300 Reais.Hoje as Universidades Públicas estão formando o cidadão com dinheiro público e os melhores estão indo para o exterior, com a verba paga seria revertida para a Universidade e o Mec economizaria para investir na base.

  • Pedro

    Vejam o discurso do governador na inauguração AL 220,no blog do edivaldo junior(gazeta web)sobre a educação de alagoas.Aí eu pergunto:E quando o politico mente é fake news?Todo mundo tá cansado de saber a realidade da educação no nosso estado. Pode ter construído 50 escolas em tempo integral, mas as crianças continuam fora da escola e os que lá estão não aprendem nada.Faltam profissionais e todo o resto…O ideb é uma fraude. Lamentável governador.

  • Raiva

    Não esqueçam que o Governo ficou com o IPCA de Maio, que era de direito do funcionalismo público! Roubam até um direito adquirido…

  • JEu

    Enquanto isso e tome inaugurar alguns metros de estradas e hospitais que não irão funcionar por falta de pessoal, manutenção e materiais de saúde… e as propagandas bombando em todas as redes de TV, vendendo o Estado das “maravilhas” que estão mais para contos das “mil e uma noites”… turo lero, lero… voto que te quero… cadê, pelo menos, o tal dos 2,95% tão apregoado nas tais propagandas ilusionistas?!!! eita mininim pirracento… e um fato interessante, que chama a atenção de quem lê os comentários é que um professor acima disse que em “1970” quando fez concurso, o salário do magistério era algo em torno de 80% do de um magistrado… alguém percebeu?!!!

    • arapiraquense

      Pois é JEu! Podem fazer uma pesquisa nos arquivos da Secretaria da Fazenda. Em 1975 um professor concursado com licenciatura (e de 1ª grau) com carga horária de 40h recebia o equivalente a 80% de um magistrado.

  • Vieira

    Em tempos que treinador de jogador (adestrador) é chamado de “professor”, então ao Professor só resta a humilhação mesmo. E nossa miséria de cada dia continua: pobre elegendo rico rico corruto, pobre enganando pobre, pobre matando pobre, de todas as formas. “Triste realidade atroz…” diria Jorge de Lima.

  • De olho neles

    Precisamos ter em quem confiar,fiscalização federal que veja a verdade na saude,educação e seguraça.A verdade nos dados que são enviados ao governo federal.(se os dados não estão sendo burlados).

  • FABIAN CIDADÃO

    A NOVELA DA VIDA REAL CONTINUA!!! A CADA ANO CAÍ, NAS UNIVERSIDADES PÚBLICAS E PRIVADAS O INTERESSE, DOS ESTUDANTES, PELA CARREIRA, DO MAGISTÉRIO, DEVIDO AO PÉSSIMO SALÁRIO QUE É PAGO AOS PROFESSORES!!! ENQUANTO O ATUAL GOVERNADOR DE ALAGOAS: RENAN FILHO, TORRA O DINHEIRO DO FUNDEB,OU SEJA +10 MILHÕES DE REAIS, NA REFORMA DO CEPA!!! ENQUANTO O GOVERNO FEDERAL NÃO IMPLANTAR A FEDERALIZAÇÃO DO PISO NACIONAL DO PROFESSOR, TUDO QUE FOR FEITO, NÃO VAI TER RESULTADOS POSITIVOS, NA EDUCAÇÃO!!! CADÊ O PCC DOS PROFESSORES, FICOU CONGELADO FOI??? COM A PALAVRA O SINTEAL??? ACORDA ALAGOAS E FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS ESTADUAIS!!! ONDE ESTÁ O RETROATIVO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS??? NO BOLSO DESSA QUADRILHA DO MDB!!! ENTENDERAM??? VAMOS DÁ O TROCO NAS URNAS!!! “MUDA, QUE QUANDO A GENTE MUDA, O MUNDO MUDA COM A GENTE”.(GABRIEL O PENSADOR).

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Por que fui CENSURADO, “Peninha”?
    a) longuíssimo texto;
    b) contrapontos inexoráveis;
    c) argumentos ínsitos aos fatos;
    d) lógicas ilógicas;
    e) NDA ou todas alternativas.
    Abr 🙂 😉
    *JG
    P.S.: http://gouveiacel.blogspot.com/2018/06/magisterio-e-educacao-humilhados-e.html

  • Ricardo

    Pois é são iguais a tribunais 2 férias ao ano 13° 14° 15° sobras e pir ai vai,pra quê?
    Irem quando querem trabalhar?
    Ensinam como é da maneira deles…..
    Aqui onde moro professor em todas as salas no Facebook whatzap fazendo delfim olha as redes sociais….
    A melhor forma é privatizar educação saúde e segurança, aí vc vai ver Ricardo Mota, nego trabalha como nunca pra manter seu $$$$, hoje é uma farra casa de tia Joana(com todo respeito ao nome Joana)