Carta do cardiologista José Wanderley à sociedade:

Prezados Amigos,

De antemão, agradeço a cada um as palavras e gestos de carinho e apoio espontâneos que venho recebendo nesse momento.

Gostaria de esclarecer e reafirmar alguns pontos escritos na minha carta, para que não ocorram interpretações equivocadas ou mesmo desvirtuado o sentido e sentimentos ali impressos:

1- Continuo Médico Cirurgião da Santa Casa, porém com limitações de atuação, onde na verdade consigo, por uma logística/administrativa, operar um(01) no máximo dois(02) pacientes por semana, isso quando não recebo a informação de que a cirurgia programada não poderá ocorrer.

Ainda permaneço, não por vontade da gestão, mas por compromisso ao juramento médico que fiz há mais de 40 anos, amor ao que faço e respeito aos pacientes e seus familiares que me procuram, os quais busco ajudar com as limitações que me foram impostas ;

2- Como exposto na Carta, estamos apontando o fechamento do Instituto de Doenças do Coração (IDC) e não o fechamento da Cardiologia, que agora possui um novo nome e novas equipes;

3- O instituto de doenças do coração é um bem imaterial, uma concepção que une Assistência ao paciente, Educação e Formação Profissional, Ciência/Pesquisa Científica, nem sequer é uma pessoa jurídica.

 

Como um grêmio literário e científico, serve para educação continuada, formação de cardiologistas e cirurgiões, iniciação científica para estudantes de medicina.

Com essa marca foram produzidos centenas de trabalhos científicos apresentados em congressos nacionais e internacionais que colocaram Alagoas no mapa científico brasileiro;

 

4- A equipe do IDC tinha por missão o atendimento a todo e qualquer paciente seja ele privado (planos de saúde) ou usuários do SUS, e sempre tive como filosofia de vida atender a todos sem nenhuma distinção social, mas um olhar atencioso aos problemas sociais dos pacientes mais necessitados;

 

5- A atual gestão da Santa casa fechou o IDC, tomou os espaços de atuação clínica, limitou nossa atuação na prática a um dia por semana e ainda incentivou os cirurgiões a formarem “equipes”, agora são quatro. E criou uma nova marca. Inicialmente “nova cardiologia” e depois Santa Casa Cardiovascular. 

Os demais pontos e problemas estruturais estão descritos nas cartas e anexos, enviados desde 2014.

 

Um fraterno e caloroso abraço de agradecimento à causa.

Dr. José Wanderley Neto

Lupi deve vir a Maceió participar de nova reunião entre Lessa e Rui
Governador bota nossa lenha pra queimar no trem da alegria do TC
  • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

    Cada PARTE disso tem um CUSTO, Dr ZÉ Wanderley.
    Atendimento de saúde UNIVERSALIZADO custa CARO n’Europa e Japão + EEUU.
    Assim, reorganizar a assistência médica é AGENDA de reivindicações populares e de governantes.
    [Dr DRAUZIO Varella 06mar18], https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/o-preco-da-saude
    Donde algumas DÚVIDAS:
    – Quem paga o atendimento de 3,5 milhões d’ALAGOANOS?
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Alagoas
    – Cada um de nós cuida preventivamente da própria SAÚDE?
    – Evitamos EXCESSOS de alimentos e fumo e álcool, TC?
    – Toda DIFICULDADE cardiológica requer CIRURGIA?
    Pois o BRASIL, único país ENORME com + de 100 milhões de habitantes c’OUSADIA de declarar SAÚDE direito do cidadão e dever do Estado.
    Consagramos isso na Constituição de 1988 e andamos BEM nessa linha com FH e o Ministro Zé SERRA de 1995 a 2002.
    E continua Dr DRAUZIO: esquecemos de LEMBRAR, cadê a GRANA pra tal generosidade em 2018?
    SEM prevenção pra reduzir o Nº de doentes, com + VELHOS nas cidades e com HOSPITAIS investindo em novas TECNOLOGIAS a tendência é perversa: vai ficar PIOR!
    [IDEM], https://drauziovarella.uol.com.br/drauzio/o-preco-da-saude/
    Que fazer em nossa capital, Dr Dr ZÉ Wanderley?
    E em St’Ana e CACIMBINHAS, Majó e Batalha, 2 Riachos e Palmeira, Delmiro e Arapiraca?

  • JEu

    A vida e a obra do Dr José Wanderley falam por si próprios… lembro somente algumas palavras ditas por alguém inesquecível, há mais de dois mil anos predizendo que chegaria um tempo em que “a caridade de muitos esfriará” e somente “aquele que perseverar até o fim” encontrará o verdadeiro caminho da salvação… esta é a lição maior da vida do Dr Wanderley Neto: perseverar até o limite de suas forças no caminho que escolheu: o bem das pessoas através de sua profissão… cada um, pois, que conviva com sua própria consciência… e não existe juiz mais inflexível do que ela, a consciência… que pode ser até aviltada, rebaixada, momentaneamente, porém despertará sempre… mais cedo ou mais tarde…

  • ARTUR GAIA

    Dr. Wanderley, só leva tromba, é na política e agora no grande trabalho que fez na SANTA CASA. Alagoas reconhece sua luta, seu trabalho mas ficamos tristes quando se envolve em política.

    • Macário

      Mas os homens de bem, como Dr Wanderley, devem se envolver na política! Se isso não acontecer, ela continuará sempre sobrando para os espertalhões! Precisamos mudar esse pensamento! Precisamos de Rodrigos Cunha e de Josés Wanderley! Abraço.

  • Antônio de Pádua

    Fico impressionado como nenhuma autoridade constituída deste Estado sai em defesa do Dr. Wanderley,sair na defesa deste doutor, é o mesmo que sair em defesa das pessoas mais necessitadas e mais probres deste Estado miserável, não entendo de onde vem tanta força do Dr.Humberto provedor da ex-Santa Casa que não podemos mais chamar de Misericórdia, façam alguma coisa enquanto há tempo. É a minha opinião.