Criar novos cargos, inclusive de ‘diretor e adjunto’, no Tribunal de Contas – conforme matéria acima, aqui no TNH1 -, e ainda com provimento a cargo do (a) presidente do palácio de vidro da Fernandes Lima, é um deboche em si.

O TCE custa cerca de R$ 100 milhões/ano aos cofres estaduais, sem que tenha apresentado até hoje, objetivamente, nada que justifique o despejo do dinheiro público por lá.

Ao sancionar o Projeto de Lei aprovado pela Assembleia Legislativa, de onde a “Corte de Contas” é um puxadinho de luxo, o governador Renan Filho apenas pôs lenha pra queimar no novo trem da alegria do TC.

Em nova carta aberta, cardiologista José Wanderley faz esclarecimentos à população
Juiz manda Adalberon de Moraes - caso Paulo Bandeira - para prisão domiciliar
  • Sertanejo ENLUTADO esperando Justiça e PAZ com FÉ

    ôI, Ricardo! … solidão de AMIGOS entre bajuLlas?
    amarelam SORRISOS vesgos de PÉS d’escadas xumbetas!
    https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Sorriso_Ao_Pé_da_Escada
    > LENHA na fogueira, LUA n’ALLagoa$ … rsRs
    – Vento na POEIRA roLLando à toa, quem dá OUVIDO?
    > VIOLA entoa solidão d’amigos: lAmbAnças tOntas!
    – NEM vergam ness’águas mansas: cachoeiras barrancos
    > SERTÃO inteira s’encolher d’ESPANTOS pirilampos
    – Pisca-pisca da CEAL sem esgotos a CASAL p’campos
    [JESSÉ 1952-1993], https://www.vagalume.com.br/jesse/solidao-de-amigos.html

  • Sérgio Eduardo

    Por fala em TC como andas o processo da nobre conselheira Maria Cleide Bezerra esposa do ex-presidente da assembleia Celso Luiz que foi denunciada na operação taturana por ter recebido dinheiro da assembleia. na época a nobre conselheira era conhecida com Claudia Brandão

  • Cida Rocha

    Bem feito. Vamos continuar votando nos mesmos e ficando mais pobres com essa canalhada no poder. Viva Renanzinho e Renanzão.

  • Rogerio Barboza da Silva

    ISSO É UM VERDADEIRO DEBOCHE. O TCE JAMAIS FEZ CONCURSO PÚBLICO PARA PREENCHIMENTO DE CARGOS. DESDE A CONSTITUIÇÃO DE 1988 ELES VIVEM CRIANDO E PROVENDO OS CARGOS VAGOS(E SÃO MUITOS) COM OS TAIS”COMISSIONADOS”. OS CONSELHEIROS TÊM UM ENORME APEGO AOS TAIS ‘CARGOS EM COMISSÃO”, TALVEZ GANHEM UM INCREMENTO COM ELES(CARGOS). O PROVIMENTO DE CARGOS NO TRIBUNAL DE CONTAS DE ALAGOAS É SEGURAMENTE A MAIOR ABERRAÇÃO ADMINISTRATIVA DO PAÍS, COMO EXPLICAR ESSES ANOS SEM CONCURSO. A QUEM INTERESSA ESSA BAGUNÇA ADMINISTRATIVA. ALGUÉM GANHA SIM. E O PERCENTUAL É ALTO. A POLÍCIA FEDERAL E O MINISTÉRIO PUBLICO FEDERAL PRECISAM INVESTIGAR ESSA FARRA NO TCE.

  • Ricardo Albuquerque

    Na contramão da redução de despesa, a criação de novos cargos para o “tribunal do faz de conta” é uma afronta ao povo alagoano. Para conceder qualquer aumento ao funcionalismo (a exemplo da PM) é a maior dificuldade. Lembremos disso em outubro.

  • JEu

    Ora, todo mundo sabe o que está acontecendo… é tudo “negociata” para apoio à tentativa de reeleição dos Reinões (pai e filho)… e para isso o clã dos Calheiros é capaz de qualquer coisa (desde que não seja com o dinheiro do próprio bolso)… todo mundo sabe que depois da operação surugate da PF (a tal caça fantasmas), ficou impossível manter o “esquema” de desvio de verbas públicas lá na ALE/AL… assim, o jeito foi criar “cargos comissionados” no TCE/AL (como dito no texto, mero puxadinho da ALE/AL)… assim, esses usurpadores do erário público vão manter o esquema (agora de forma legal e descaradamente à luz do dia)… e quanto ao povo, é mero detalhe… e como dito na propaganda governamental: Alagoas avança… e o precipício é bem ali…

  • Pedro indignado

    Já o reajuste do servidor público que recebe miséria dos pobres dos pobres! Parece que está faltando tinta na caneta. Alguém sabe quando o governador vai sancionar….

  • Há Lagoas

    Renan – o Filho – não pode deixar pontas soltas em sua reeleição.
    O compadrio faz parte da “governabilidade”, e Calheiros – Pai & Filho – sabem muito bem disso!

  • Servidor TCE

    MAIS CARGOS FANTASMAS A SEREM PREENCHIDOS. JÁ NÃO BASTA OS JÁ EXISTENTES. A PF DEVE VISITAR NOVAMENTE ESSE TRIBUNAL FAZ DE CONTAS. É PRECISO HAVER UMA INTERVENÇÃO NESSE TRIBUNAL IGUAL A QUE HOUVE NO TCE DO RIO DE JANEIRO.

  • Tiago Sobral de Lima

    Enquanto eles fazem a farra, o nosso governador insiste em amarrar o orçamento da nossa tão sofrida Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas. Para o governo, pouco importa quem está morrendo nas unidades de saúde ou aqueles que precisam dos cursos ofertados, sejam eles superiores, especializações e cursos técnicos.

  • MT

    Boa noite.
    O preço de tudo isso,tudo mesmo só será revelado após 2022,até lá a propaganda enganosa, que aqui é novo paraíso,um lugar que não tem crise, não tem violência, o hge tá perfeito, não cai água quando chove na maternidade, enfim aqui os indiciados que respondem por crimes :
    STF, STJ são na verdade inocentes.
    Só aqui mesmo.

  • vieira

    É por essas e outras que Graciliano Ramos ainda mexe com os nervos do leitor. Ah, miséria nossa do dia-a dia! Isso aqui continua um lamaçal social, infelizmente!

    Viventes da Alagoas.

    “Alagoas é um Estado pobre. Em pouco mais de vinte mil quilômetros quadrados arruma-se quase um milhão de habitantes. Para bem dizer, 122 não se arruma: na praia há charco, mosquito, sezão; na catinga há seixo, cardo, fome. Entre as duas zonas aperta-se a mata, com algodão e canade-açucar, mas aí não se consegue terra facilmente, o salário baixo – e para lá das cancelas o despotismo do proprietário vale o mosquito e o cardo juntos. Em toda parte o amarelão – desânimo, gordura fofa: homens cor de cera, indecisos entre a vida e a morte; raparigas velhas, uns cacos de mulheres na adolescência; meninos ramelosos, de pernas finas como cambitos, barrigas enormes, grávidas de lombrigas. E muita porcaria: falta de água no sertão, excesso no litoral, o solo empapado, lama.

  • wal

    É o de menos essa decisão do governador RENAN FILHO do PAI, um cidadão que em poucos meses de seu governo, foi ACABAR COM O SOPÃO, programa do governo LULA, que servia SOPA, para os pobres dos mais pobre, alagoanos. Dos bairros: BEBEDOURO / CHÃ DA JAQUEIRA / RIO NOVO / FERNÃO VELHO,BREJAL.
    .
    Vocês vão votarem neles ???????

  • SEBASTIÃOIGUATEMYRCADENACORDEIRO

    MAGNIFICA DESCRIÇÃO DESTA TERRA SEM LEI E SEM JUSTIÇA … EU A IGNORAVA COMO LEITOR E COMO MORADOR METROPOLITANO , SÓ ALCANCEI SUA VERDADEIRA FACE AO TRABALHAR COMO MÉDICO EM ALGUNS DESSES CURRAIS ETERNAMENTE SAQUEADOS PELOS CORONÉIS E CAPITÃES-DO-MATO . COMO DESCREVEU UM DOS ASTRONAUTAS DA APOLO XI : QUE MAGNÍFICA DESOLAÇÃO ! COMO PODE UM POVO SENDO TRATADO COM SEMELHANTE JUGO , SE TORNAR UM CIDADÃO E DESCARTAR O SEU VERNIZ DE BÁRBARO . UMA DIFICÍLIMA E PENOSA EPOPÉIA ALCANÇADA PELA QUANTIDADE DE DEDOS EXISTENTE NA MÃO ESQUERDA DO CAITITU DE CAETÉS QUE SEGUIU A TRADIÇÃO DO BRASILEIRO POBRE E INDEFESO , ENVEREDAR PELO CAMINHO DO EMBUSTE QUE É A FORÇA MOTRIZ A IMPULSIONAR ESTA “NAÇÃO” ,OU SEJA ,UM ALAGOANO PARA UM MILHÃO . NO MAIS, NINGUEM É CAPAZ DE NUMERAR A QUANTIDADE AVASSALADORA DE FUNCIONÁRIO COMISSIONADOS , COM FINALIDADE UNICA DE ATRAPALHAR O QUE HÁ MUITO SE TORNOU IMPRESTÁVEL E COM PITADAS DE ATOS CRIMINOSOS , (POIS SÃO MACIÇAMENTE INCOMPETENTES) , E APENAS REALIZAR PERSEGUIÇÕES AOS CONCURSADOS RESTANTES COMO TAMBEM PURA E EXPLÍCITAMENTE , VASSALAGEM POLÍTICA . . .

    • Vassourada das Barreiras

      PARABÉNS SEBASTIÃO,FAÇO DE SUAS PALAVRAS AS MINHAS…SOU DE CORURIPE, CONHEÇO DE PERTO A MANEIRA DE FAZER AS COISAS FICAR PIOR DOS CORONÉIS DA POLÍTICA DO ATRASO…PARA SE TER UMA IDEIA O TURISMO CRESCE EM TODAS AS CIDADES DE ALAGOAS, QUE TEM VOCAÇÃO NATURAL PARA ESTE FIM.JÁ CORURIPE, AS POUSADAS FECHARAM SUAS PORTAS E A COISAS ANDAM COMO CARANGUEJO. A SAÚDE AQUI ANDA DE AMBULÂNCIA, RUAS ESCURAS PARA OS ASSALTANTES FAZEREM FESTAS, COLETA DE LIXO PRECÁRIA, RUAS ESBURACADAS E OUTRAS QUE PARECEM TOBOGÃ E ABASTECIMENTO DE ÁGUAS PERDE PARA CERTAS CIDADES DO SERTÃO.DEIXA PARA LÁ,CADA UM QUE TIRE SUAS CONCLUSÕES.

  • Rogerio Barboza da Silva

    É do conhecimento de todos que os comissionados do tribunal de Contas de Alagoas SOCIALIZAM os seus salários com seus mentores(conselheiros). Os percentuais variam de 50 a 70%. Isso é fato, todos sabem desse “modus operandi”, já não se esconde mais, é público e notório. A polícia Federal e o Ministério Público precisam fazer na TCE/AL o que foi feito do Rio de Janeiro

  • Hailton Marques de Oliveira

    Essa “casinha”, Tribunal faz de Conta, o qual essa sobra da decência que segue as regras morais e éticas no jornalismo sem compromisso imputa, é um brinde a esse grupo de indivíduos vis e desprezíveis que se caracterizam pela péssima índole e mau caráter e/ou pela má conduta na Administração Pública, buscando satisfazer seus interesses próprios. Nada de novo neste Estado mal governado.Por isso não devemos achar estranho, fora do comum, apenas sentir aversão a esse tipo de comportamento deplorável.

  • José Arnaldo de Vasconcelos

    Esses gestores políticos, estão brincando, não entenderam ainda que o país está mudando, com mais fiscalizações, Ministério Público mais atuante e cobranças maiores pelo povo brasileiro. Vamos esperar o que vai dar nas eleições de outubro e as prestações de contas.