A informação é insistente, partindo de fontes com acesso aos parentes do vereador Neguinho Boiadeiro, assassinado em 9 de novembro: a família está mesmo disposta deixar Alagoas.

A desconfiança de que as instituições locais não vão apurar o assassinato do ex-vereador nunca se desfez – e cresce ainda mais à medida que as investigações não parecem apresentar avanço.

Pior ainda: a convicção da família sobre os mandantes do assassinato de Neguinho Boiadeiro continua a mesma.

A mudança de Alagoas pode não significar que a paz estará estabelecida – eis o problema para governo do Estado na véspera da entrada no ano eleitoral.

Enquanto isso, mesmo com a segurança mais do que reforçada, os Dantas têm se mantido distantes – tanto quanto podem – de Batalha, a cidade cujo controle político era disputado pelos dois grupos.

Luiz Dantas e Marcelo Victor negociam com o Palácio em nome dos colegas as emendas para 2018
PGE Francisco Malaquias resolve deixar para Renan Filho a decisão sobre o caso Raimundo Tavares
  • JEu

    É, como diz o velho deitado: “duas famílias só brigam quando uma tem o apoio do governo”… e haja segurança para a família Dantas… e a comissão de delegados, como já havia dito anteriormente, continua com as mãos (e os pés também) amarradas… e a boca amordaçada… nada pode ser feito até o fim das próximas eleições… será que Alagoas vai ter jeito algum dia?!!!

  • Carlos

    Tenho nojo da indiferença de como a vida dos desprotegidos são tratadas pelas as autoridades para não contrariar os aliados coronéis da política Alagoana! Acorda povo Alagoano! ABAIXO O Coronelismo.

    • Eduardo

      Engraçado o discurso dos idiotas. Vá procurar saber quem é quem!

  • Cientista Político Joinhão

    Até quem dá aula particular está ficando sem alunos. Mantenha isso.

  • De camarote

    Uma vergonha ora esse governo de Renan Filho e e o senador Renan Calheiros. Usando a máquina pública para proteger em troca de votos.

  • Arlindo Teixeira

    Continua o mistério sobre os assassinos e mandantes do vereadores e do Rodrigo Alapenha. Em Delmiro Gouveia nem os puxas sacos podem mais postar condolências nas redes sociais.Faz pena a tristeza dos familiares e aumenta o nojo ao crime de pistolagem amparado pelo poder do estado.

    • carlos

      Arlindo Teixeira,é coisa de coroné ,que tem muito voto a police,vai lá e dá aquele olé e vorta com a comissanta sem o pecador.

  • amorim

    Amigos, sem delongas, tudo que essas famílias estão colhendo é fruto da semente que lançaram, simples assim.

  • MT

    Bom dia!
    Conversa fiada para boi dormir!
    Tudo armado,para no próximo ano em setembro ou outubro voltarem e passarem por coitados.

  • carlos

    Até o presente 62,comentários: Querem o na maioria “PARDAL BOM É PARDAL MORTO”.Se uniram numa mesma corrente os pros e contra os coronelismo da política Alagoana. Quando assunto é o bolso o interesse pelo assunto uniu Gregos e Troianso.Só podia ser temos uma cultura individualista.Enquanto isso os coronéis,com os seus herdeiros da REGIÃO SUL,NORTE,SERTÃO,AGRESTE,ZONA DA MATA E VALE DO PARAÍBA,VÃO SE UNINDO E TEM COMO COORDENADOR O DEPUTADO ANTÔNIO,QUE FOI CONVOCADO PELO GOVERNADOR PARA O MUTIRÃO DO ATRASO…

  • Artur Gaia

    Este caso é o que sabemos e os casos que acontecem com pessoas paupérrimas que não tem eira nem beira e nem chega ao conhecimento publico? Lamentável a selvageria para se manter no poder, não importa como, se pela violência ou se pelo desvio de dinheiro público,o que importa é está lá.
    VOTE CERTO, VOTE LIVRE, NÃO VOTE EM QUEM DEVE A JUSTIÇA mesmo sabendo que não da em nada. (IMUNIDADE PARLAMENTAR).

  • Cristino Cleto

    Com o dólar caindo e a economia aquecida. Mão de obra mais barata e desemprego. Eu vou é para Disneylândia com minha família. Tem que manter isso.

  • FRANCISCO JOSÉ TENÓRIO

    Alagoas dos Calheiros e a volta dos crimes de mando insolúveis e sem apuração. O resto é propaganda mentirosa de fim da violência.

  • Joâo Melo

    O grande e respeitado ex-deputado Zé Costa, sempre foi enfático em afirmar, que todo coronel de almanaque, só foram e são temidos, quando esses tem a cobertura e omissão do governo, vamos seguir o exemplo de Pernambuco, que dizimou as grandes guerras de famílias, ex. Exu,Floresta,Serra Talhada,Garanhuns, Brejão, Paranatama, os que não morreram em confronto com a policia foram para cadeia.

  • carlos

    Tem um deputado conhecido mais pelas tabicadas do que pelos projetos se é que tem! Que usa o seu horário político na televisão para desejar esperança e falar no amor de Deus,para o povo acreditar que ele é o mensageiro da dignidade e do progresso. Pense na cara de pau….Não tem óleo de peroba,que resista e lustre tanta nó na madeira.aQUI EM cORURIPE,A BRIGA POR DEBAIXO DO PANO,DE QUEM VAI FICAR COM ESPÓLIO POLÍTICO ESTÁ FEIO.

  • Joâo Melo

    Em tempo a minha publicação anterior, quando me refiro a coronel de almanaque , gostaria de ter dito coronel de cordel

  • Flávio Cerqueira

    O que parecia improvável os Calheiros conseguiram ressuscitar, a pistolagem em Alagoas. Para mim não é novidade, a necessidade faz o bandido, quem já foi sempre será,

    • Chora Saudade

      Essa briga é velha, podia eclodir há qualquer momento, fosse qual fosse o governo. Isso aqui está virando lugar de quem perdeu as eleições chorar, até porque sabe que vai ficar de fora outra vez.

  • FERRO

    Prezados boa tarde!

    Pernambuco não é exemplo de tranquilidade coisa nenhuma. Sou alagoano e moro em Recife. Todos os dias há caso de violência pior que Maceió. Arrastões e assaltos em plena orla de Boa viagem. Isso sem falar nos bairros de periferia. O governo daqui não faz nada e não tá nem aí. É geral. O país tá falido.

  • Admirador DELE na Judeía do Mar MORTO, sertanejo no Rio PANEMA secado por 5 barragens em Pernambuco

    De fato JEu, … com APOIO do governo de SERGIPE:
    – recebido em BAILES perfumados na mofada ARACAJU – com fotinhas e clipinhos ainda hoje premiados;
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Baile_Perfumado
    – LAMPIÃO covardemente atacava ALAGOAS até 30 km – Batalha e Ôi d’Água incluídos, era limite de JUMENTOS nativos;
    Hediondice legada em registros da Profa Ma Cristina [23out1971] na Rev História USP em 5 partes (1973-1974. PDF grátis, Parte I:
    http://revhistoria.usp.br/images/stories/revistas/093/A007N093.pdf
    DEMAIS procuráveis EM http://revhistoria.usp.br/index.php/br/edicoes
    E uns 20 anos depois, ainda havia gente corrida em Exu-PE, apaziguada c’ajuda de Lua GONZAGA nos 1980’s, c’ajuda do VICE Aureliano Chaves ao som da SANFONA em 1’31” Youtubados https://www.youtube.com/watch?v=3LBmiy5_NRE.
    Nos 194-‘s, no Capim das OLIVENÇAS, então distrito de St’ANA – a Rainha do SERTÃO, onde … “V de Oliveira e N Cavalcanti […] enraizou-se culturalmente nos limites entre a zona agrícola do BATATAL (…) e o entreposto comercial do CAPIM!” … a meRma zoeira.
    [02ou11], Profa LUITGRADE c salários atrasados na UERJ pós Cabral, c PEZÃO!
    http://www.maltanet.com.br/noticias/noticia.php?id=6651

  • wal

    Não precisa tanto. É só renunciar a prefeitura,é isso que a família DANTAS, quer. Como os Boiadeiros, também queriam…ou seja; se renunciar a prefeitura, pode ter certeza… não morre mais ninguém.
    E também o que todas as famílias, dos coronéis querem, disputarem na bala.
    .
    E em relação as investigações, investigar o que ???? se todos já sabem quem voram ????? homi…