A Assembleia Legislativa ainda precisa votar o projeto de Lei Orçamentária de 2018 – só então, começa o recesso propriamente.

Os deputados, entretanto, estão aproveitando o período para que o governo mande para a Casa de Tavares Bastos várias mensagens que estão represadas no Palácio República dos Palmares – além da definição dos novos duodécimos dos poderes e instituições.

Aliás, uma das mensagens que estão “travadas”, só que na própria Assembleia, é a que indica, oficialmente, Lailson Gomes para a presidência da ARSAL, uma das principais estruturas da máquina pública estadual, com grande capilaridade – principalmente no interior do Estado.

O nome do pedetista enfrenta resistência, principalmente de integrantes da bancada governista.

Por exemplo: além da presidência da Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas, vaga desde a saída – forçada – de Marcus Vasconcelos, há duas outras diretorias cujos mandatos estão vencidos e precisam ser renovados.

Elas pertencem aos deputados Galba Novaes e Jó Pereira, que esperam que seus afilhados permaneçam nos ótimos cargos que ocupam (nada excepcional: é o jogo jogado).

Há de se registrar: a resistência ao nome do PDT já foi maior e deve ser superada em breve, mas os pedetistas já não escondem a ansiedade.

A pergunta é: acontecerá ainda este ano?

Três assassinatos marcam o Sertão como região de livre-trânsito para pistoleiros
Uma injustiça com o secretário Fábio Farias, do Gabinete Civil
  • CARLOS HENRIQUE

    E o Israel Lessa, vai ficar como??

    • felipe

      vai ficar como está, chupando dedo!!!! Manda ele pedir apoio ao “amigo” dele Zé Carlos Lyra pra assumir a JUCEAL kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • felipe

      Israel foi o unico presidente do PDT que não conseguiu eleger um vereador, foi o único superintendente da delegacia do trabalho que deixou ela ser interditada, foi o único que trocou tapa com servidor, foi o único que pagou 30.000 reais por mês por uma sede que nunca foi utilizada, ou seja. um INCOMPETENTE que vai ficar sem nada pra mamar!!!

  • JEu

    Depois das tais “letras do Estado” ainda tem alguma “coisa” sobrando, que se possa leiloar ou dar como “garantia” de tanta “festança” com o erário público?!!! O que me parece, mesmo, é que se ninguém quer largar o “osso”, tudo indica que nem mais “osso” tem mais… como disse um dia um compositor: “Virgem Santa que a fome era tanta, que fome que eu tinha”…

  • João

    lambendo sal

  • lopes

    Não são os civis que estão no Poder do Estado, muito menos as elites brasileiras.
    Quem está no Poder do Estado no Brasil é o crime organizado, que é o CONSÓRCIO DELITIVO ENTRE AGENTES PÚBLICOS E CRIMINOSOS.
    Democracia é a SEGURANÇA DO DIREITO, inviável com o crime controlando os Três Poderes da República.
    Portanto, a INTERVENÇÃO INSTITUCIONAL é a única providência para resgatar o Brasil das garras do crime.
    A INTERVENÇÃO não é uma opção política, é questão de vida ou morte, para milhares de brasileiros que serão massacrados, até às próximas eleições.
    As Forças PATRIÓTICAS, civis e militares, certamente cumprirão o dever de interromper o genocídio do povo brasileiro, 10 milhões de pessoas foram exterminadas, por esse regime criminoso, chamado Nova República.
    INTERVENÇÃO OU MORTE!!!

  • Augusto

    Ricardo, essa “ segurada da assembleia” para a nomeação da Arsal é combinado com os Renans vc está sendo usado.

  • Muito triste!

    E o governador mirim falou algum coisa com relação aos crimes de Batalha ou continua em silêncio comprometedor?

  • Julia

    Interessante que ninguém tem interesse de buscar a vida pregressa do cidadão… Será que ele é mesmo ficha limpa???