Reitor da Universidade Estadual de Alagoas (Uneal), o professor Jairo Campos é um personagem da vida acadêmica e política de Alagoas que não foge de embates e polêmicas.

Exercendo o seu segundo mandato – de reitor – e filiado ao PC do B, ele aparece como uma aposta sustentável do seu partido na luta por uma vaga da Assembleia Legislativa em 2018.

Além de ter grande liderança entre os seus pares e, também, entre os estudantes da Uneal, o professor Jairo Campos conta hoje com o apoio de intelectuais expressivos, dispostos a ajudá-lo numa possível campanha.

Recentemente, quando da passagem do presidente Lula em Alagoas, ele entregou uma homenagem ao petista, o que lhe rendeu até uma ameaça de morte.

Ligado a diversos movimentos populares, o reitor da Uneal pode, sim, surgir como uma das novidades do pleito do próximo ano.

O primeiro desafio: ter a candidatura lançada pelo PC do B, o que não parece, neste momento, ser uma tarefa fácil.

 

Marx Beltrão faz convenção do PSD e garante o comando partido em Alagoas
Médico Hemerson Casado é o convidado de audiência inédita da Câmara Federal
  • wal

    Cabe ao povo a escolherem, se querem mudança de fato ou continuarem nas garra dos coronéis do sertão. A turma da força tarefa juntas, que trabalha na LAVA JATO, lotada em São PAULO/ Rio de Janeiro / Curitiba, fizeram um apelo; nós estamos trabalhando e vamos continuar em combate ao roubo de dinheiro público, mais precisamos exclusivo do apoio da sociedade.
    DEUS SEJA LOUVADO…

  • JEu

    Volto ao tema de “possíveis candidaturas de pessoas de famílias conhecidas”: qual é a ficha de serviços prestados pelo reitor à população mais carente (serviço voluntário sem remuneração)?… o que efetivamente fez e faz em favor das faixas mais necessitadas de nosso Estado?… está mesmo disposto, pelo menos, ao debate das idéias e ideais para uma sociedade melhor, mais justa, ou está simplesmente cristalizado em uma “ideologia barata”?… permite o debate de idéias e ideais (sem preconceitos ideológicos) dentro da uneal?!!! se sua capacidade de influenciar as pessoas para o bem não for “universal” e pelo exemplo da verdade, da ética e da moralidade, então sua candidatura terá um alcance muito restrito… Acho que o povo já tá cansado de “ideologias” que só fazem acirrar disputas e semear separatividades (nós e eles)… as mudanças devem envolver não somente novos nomes, mas nomes com novos valores, fundamentados na honestidade, na ética e na transparência das ações e no verdadeiro interesse pelo bem público…

  • Há Lagoas

    Enquanto isso nem um mísero tijolinho na “nova” sede da Uneal na cidade de Arapiraca…

  • Contador Tributário

    Grande Jairo, transformou a realidade no ensino no interior de Alagoas, se já fez muito como Reitor, avalie como Deputado, muito melhor do que todos que atualmente ocupam a assembleia legislativa

  • Jailton Alves

    Uma boa opção. Tem uma excelente postura administrativa, transparente e voltada para lisura de suas ações. A Uneal ganhou outra visibilidade depois do trabalho do professor Jairo Costa á frente da Reitoria. Sonhou e conseguiu realuzar a construção do Campus de a União dos Palmares, um prédio moderno e com uma fantástica estrutura. O professor Jairo Costa tem o meu voto e o meu respeito.

  • NADO

    O SALÁRIO E VANTAGENS SÃO OTIMOS.

  • Acosta

    Uma ótima opção em meio a tanta escassez de bons representantes.
    Muito atuante como reitor mudou a cara da UNEAL e o ensino público superior em Alagoas.

  • NADO

    JOAO DA TROÇA – PRESIDENTE 2018 – AGORA VAI!!!

  • tania

    Ao conceder comenda a LULA vimos que partilha dos mesmos conceitos que colocaram o país na bancarrota……..portanto sua candidatura vai perder muitos votos e tbém pela vaidade exarcebada…….temos outros bons candidatos, vamos lá!

  • Melqui Zedeque Lopes Ribeiro

    Por sua capacidade ética, moral e ideológica; por sua ativa participação nos movimentos sociais; por ter sua origem na classe trabalhadora e por ser educador, Jairo Campos é um bom nome para compor uma das vagas na Assembleia Legislativa. Há décadas que essa Casa Legislativa não representa os interesses da classe trabalhadora. Apenas as elites estão sendo representadas pelos atuais deputados em nosso Estado. Os trabalhadores da educação necessitam de um representante que defenda seus interesses, assim como os das demais categorias de trabalhadores.

  • Alexandre

    Ganha não.

  • Maria Santos

    Com a candidatura de Rodrigo Cunha para o cargo de deputado federal, o Jairo é a única opção para renovação na nossa assembleia

  • Danila Melo

    Jairo é uma figura ímpar. Adotou Alagoas como sua terra e se “gasta”, no sentido literal, para transformar não só a Educação, mas todas as mazelas de nossa terra. Intelectual, pesquisador e principalmente é um homem que pensa Alagoas. Todo o meu apoio!!! Vamos de Jairo para renovar uma Assembléia tão ferida pela corrupção!

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    Esse não é aquele que envergonhou à UNEAL e aos seus estudantes decentes, honestos, honrados e de bem, e enxovalhou aos alagoanos ao “outorgar” aquele título ao condenado/RÉU, também denunciado noutros seis ou sete processos, inclusive um outro em Portugal?
    A saber: http://www.redebrasilatual.com.br/politica/2017/07/mesmo-ameacado-de-morte-reitor-da-universidade-estadual-de-alagoas-vai-conceder-titulo-a-lula
    PT, PCdoB e PSOL não são os “partidos” que apoiam, defendem e reconhecem à “democracia” de Nicolás Maduro?
    Abr
    *JG

  • Larissa Ramos Moura

    Pense no Potiguar arretado! Já chegou a Alagoas carimbando seu nome no Ensino Superior do Estado, intensificando mais ainda no interior, numa luta diária e árdua para manter uma universidade espalhada do litoral ao sertão do Estado. Um Reitor que não se intimida em mostrar que suas atribuições não estão apenas restritas pelo que propõe o regimento interno de uma universidade, pois seu reconhecimento já ultrapassou as paredes da Uneal, a exemplo da homenagem da prefeitura de Dois Riachos para Jairo Campos, num outbus, pelo reconhecimento do seu trabalho em prol da Educação Superior. E enfatizo também o recente credenciamento da universidade para o mundo, por meio dos assessores de relações internacionais, com o intuito de compartilhar com o Canadá experiências de um corpo docente na formação acadêmica de 80 índios alagoanos, além da valorização cultural que Jairo Campos resgata diariamente com trabalhos em Pão de Açúcar, União dos Palmares e por onde passa. É um homem trabalhador, honesto, ético, que precisa estar na Casa Tavares Bastos, lutando mais ainda pelo filho do campo, para quem acredita que a Educação transforma e inova a vida do cidadão.