O grito geral dos senadores contra o afastamento de Aécio Neves, determinado pelo Supremo Tribunal Federal, é entendido majoritariamente como um mecanismo de autodefesa de cada um dos integrantes daquela Casa.

É claro: a qualidade dos congressistas caiu muito nas últimas décadas, mas essa mudança não acontece apenas no Legislativo – que fique claro.

Os tribunais superiores, que possuem também magistrados qualificados, seguiram a mesma tendência dos parlamentares federais – a ladeira está inclinada para baixo.

De quando em vez, ouço de juízes, promotores, defensores, procuradores e advogados com mantenho contatos regulares, que atual formação do STF está longe de ser a melhor que tivemos em décadas.

A lembrar: todos os que ali estão chegaram ao cargo de ministro pelas mãos desses personagens a quem criticamos duramente, por considerarmos que eles não nos representam.

Mas é como numa indústria de transformação: o voto popular é a matéria-prima que resulta na cúpula dos três poderes. A linha de montagem termina exatamente no STF, como produto final.

A fala do senador Renan Calheiros, nome usado no título deste texto pela sua contundência contra a decisão dos cinco ministros do Supremo, não pode ser entendida apenas como uma manifestação corporativa – ainda que assim também o seja.

Mas o Supremo Tribunal Federal não pode ser a palmatória do Poder Central se não consegue fazer calar, em plena ‘sala de aula’, os boquirrotos que por lá prosperam – com muito adjetivo, verniz e retórica volátil (o impeachment de Dilma, com uma frase rasgada ao meio pelo ministro Ricardo Lewandowski, ainda está na nossa memória – assim espero).

Não entro aqui no território do direito em si, até porque está longe de ser minha seara ou fazer parte das minhas mais caras curiosidades, principalmente num país que tem mais de 800 mil juristas.

Mas é relembrar Pontes de Miranda: “Quem só direito sabe, nem direito sabe”.

(Cada vez mais me convenço que é melhor para o cidadão ser julgado por um juiz honesto do que por um astro do direito.)

O afastamento de Aécio Neves, o senador que virou pó, nas circunstâncias postas, é mais uma exibição de “forcinha” de alguns ministros do Supremo do que qualquer outra coisa.

O voto do ministro Luiz Fux, excetuando a sua argumentação jurídica – que ele domina, não tenha dúvida -, chega a ser infantil.

O papel do STF é julgar, decidir, e não dar lição de moral em ninguém (nem tampouco ser atacado pela síndrome do não-me-toque). Que deixe esse papel para os de fora da Corte Suprema.

O Senado Federal está repleto de Aécios à espera de julgamento pelas muitas e graves acusações de assalto aos cofres públicos do país. Como já vem acontecendo aos sem foro nas primeiras instâncias da Justiça Federal.

Cadeia para quem merecer cadeia. Decisão meia-boca, no entanto, não resolve nem o problema do Senado, nem do Supremo Tribunal Federal.

O que está posto, objetivamente, até agora na Lava-Jato é: Brasília não tem mar, mas é por lá que a espuma do oceano se exibe.

 

"A família precisa falar sobre o suicídio", afirma coordenador do CVV
Conheça os seis deputados estaduais que o PRTB quer eleger em 2018
  • Joao da TROÇA anarco-carnavalesca BACURAU da Rua NOVA do Sertão – em St’ANA!

    ÊITA, Ricardo – que TEMPOS! … o que TEMOS profanado?
    > 1 senador ENcalaCRACKOLânDdeaO pelo Dr FACHIN:
    – peixe VIVO do aquário de JK em BrasíLHa?
    > + 1 ôto das águas FRIAS de Murici no PMDB via PC do B:
    – qual Aldo iria aos fatos DIGESTOR expostas no PSB ruminante?
    Melhor perguntar a Seu LUNGA: quadrúpedes NADAM?
    > Você sabe NADAR? [Oficial da MARINHA]
    – Sei não senhor. (Seu LUNGA 1927-2014)
    > Mas se NUM sabe nadar … [22nov14]
    – SE eu fosse pra AERONÁUTICA tinha Q saber VOAR?
    http://entretenimento.ne10.uol.com.br/celebridades/noticia/2014/11/22/relembre-frases-de-seu-lunga-520797.php

  • Paulo Gomes

    Ricardo Mota sugiro que você convide o Drº Diógenes Tenório ex-Secretário de Segurança para o seu programa Ricardo Mota entrevista, ele é uma pessoa que fala a verdade.

  • JEu

    Eu pensei, um dia, que para colocar os maiores “bandidos” da história do Brasil na cadeia era só fazer um muro ao redor do congresso nacional… agora, creio, que talvez outro muro tenha que ser feito, também, ao redor do STF e de outros “tribunais” por esse país afora… e sem esquecer os tais TCEs… Tem jeito o Brasil?!!!!

  • JEu

    Complementando, logicamente com “raras” exceções…

  • Carlos

    Acho que o Lula,tem o seu espaço não me toque e tem os seus seguidores da ceita lulismo!

  • Hélio

    Creio que todos eles serão presos nos dias 31 de Junho e 31 de Novembro, sem esquecer do dia 31 de Fevereiro!!!