Prezado Sr. Ricardo Mota, 

Ilustre jornalista, sinto-me na obrigação, como presidente do Sindicombustíveis Alagoas, de esclarecer alguns fatos que foram citados por vossa pessoa sobre o recente aumento das alíquotas do PIS/COFINS e repasse efetuado pelos proprietários dos postos de combustíveis.

Nós revendedores também fomos surpreendidos com o altíssimo percentual de aumento anunciado na última quinta-feira (20) pelo Governo Federal, acrescendo em torno de 41 centavos a mais ao valor do produto, conforme amplamente divulgado pelos maiores meios de comunicação de todo o país. Nosso setor já sofre com a altíssima carga tributária praticada sobre os preços dos combustíveis. O aumento do PIS/COFINS praticamente dobrou o valor sobre a gasolina e teve um inevitável grande e imediato reflexo nos preços.

O reajuste do valor dos combustíveis, após o anúncio do “governo temerário”, não ficou limitado à esfera local, atingiu, porém, todo território nacional, de maneira imediata. Fato vastamente veiculado nos meios de comunicação de todo o país.

O que se viu nas placas de preços dos postos de combustíveis, nada mais é do que o reflexo do aumento imediato das distribuidoras. Distribuidoras estas que já estão comunicando aos postos de combustíveis que nas notas fiscais emitidas no início da manhã de ontem (21) com os valores antigos, será cobrada a diferença.

Ao contrário do que foi dito, já estamos pagando pelo produto comprado nas distribuidoras com o recente aumento do imposto acrescido ao valor final. O repasse para os postos foi imediato. Os novos valores do PIS/COFINS já estão em vigor e foram prontamente repassados pelas distribuidoras para os postos que precisam renovar seus estoques quase que diariamente.

O Sindicombustíveis Alagoas vê com grande preocupação a elevação de imposto e por quanto tempo perdurará essa sobretaxação, uma vez que os empresários do setor já estão sendo demasiadamente penalizados com a crise econômica.

O alto valor de reajuste do PIS/COFINS prejudica toda a população e também nós empresários, que temos como consequência, a drástica redução nas vendas de combustíveis. Estamos todos pagando uma conta que não é nossa.

Sobre o papel de nossa entidade, não cabe a nós separar o joio do trigo. O Sindicombustíveis Alagoas não possui papel fiscalizatório, tampouco responsabilidade sobre os preços praticados pelos postos de combustíveis. Como bem dito, somos regidos pela soberania da livre concorrência. Ou seja, os preços são livres em toda a cadeia (produção, distribuição e revenda), cabendo aos agentes determinarem seus preços com base em suas estruturas de custo. Não cabe ao Sindicombustíveis Alagoas interferir nos preços praticados pelo mercado.

Quanto ao fato isolado citado sobre o destrato ao cliente durante atendimento em um determinado posto de combustíveis, o Sindicombustíveis Alagoas rechaça completamente qualquer tipo de desrespeito que seja praticado, seja contra o consumidor ou contra os órgãos fiscalizadores, aos quais apoiamos amplamente o trabalho realizado. A atitude do funcionário citado, tenha certeza, não é perfil da ampla maioria dos revendedores de combustíveis do nosso Estado.

Por fim, ressalto que não somos oportunistas, caro comunicador. Não aceitamos e jamais aceitaremos sermos taxados de tal maneira. Somos empresários, fazemos parte de uma classe séria, pagamos nossos impostos, geramos milhares de empregos, somos amplamente fiscalizados pelos mais diversos órgãos, possuímos inúmeras obrigações legais e orientamos todos os nossos associados a agirem de acordo com a legalidade e retidão. Esse é o nosso papel, lutar cada dia por um mercado mais leal e justo!

Coloco-me, junto com o Sindicombustíveis Alagoas, à disposição para quaisquer esclarecimentos que sejam necessários.

Atenciosamente,

James Thorp Neto

Presidente Sindicombustíveis Alagoas

As câmeras de monitoramento da SMTT e a indústria da multa
Família Pereira fecha com dois Calheiros e dois De Lira em 2018
  • Alexandre Passos

    texto ridículo. Num país que é esse Brasil, onde já se viu, seriedade num trato com o povo. Os reis do cartel !!!!! Vergonha Sindicombustiveis !!!!!

  • carlos

    Senhor,presidente se o combustível estava em média sendo vendido a 3,20 ,centavos e como explicar,com os 41,centavos de aumento do Temer. Rapidamente foi reajustado em média para 4,05,centavos ? Gostaria,que o senhor respondesse neste mesmo espaço a minha pergunta!

    • Trouxinha

      Estou só esperando eles aumentarem em vinte centavos. Aí eu vou pegara minha camisa da CBF, chamar meus amigos pobres de direita, vamos pedir autorização aos nossos patrões e sair batendo panelas, cantando musiquinhas e dançando aquela coreografia bem legal. Vá, aumente em vinte centavos prá vocês verem.

  • Adilio Faustini

    Como dizia um Gestor conhecido:”Isso explica, mas não justifica”

  • anibal

    Ontém dia 23.07, passando pela Cambona, verifiquei na calçada do Posto de combustivel que fica em frente ao Supermercado Unicompra, uma placa com a seguinte frase: “Promoção GASOLINA COMUM R$ 4,08”. No mes passado indo á Recife, no municipio de Escada, abasteci a R$ 3,25, o litro da gasolina, no cartão de crédito. Detalhe o Posto é da mesma rede PICHILAU, do Posto da Cambona. Perguntei ao frentista de lá, de onde vem a gasolina para aquele posto, o mesmo informou que vem da Bahia. (Comclusão: o combustivel passa primeiro em Alagoas, depois anda quase 300 KM, e lá o preço do combustivel na época era R$ 0,53 centavos mais barato do que aqui. Ai vem a pergunta “COMO PODE”. ISSO SÓ PODE SER COISA DE MERCENARIOS, USURA PELO LUCRO MAIOR “É SAFADEZA” É o estado que não fiscaliza e quando fiscaliza é fazendo de contas, e nós consumidores pagando a conta que eles bem quiserem.

  • rodolpho

    Sim… E qual o papel do sindicombustível? Pois o texto apresentado, mostra que eles não possuem poder nenhum. Então pra que a existência desse sindicato?

    • italo

      Sindicato dos donos dos postos. Tem o intuito de proteger os interesses deles.

  • AO BLOG BILHETES!!!

    O ECONOMÊS É DIFÍCIL DE ENTENDER! SOU MUITO EQUUS ASINUS, MAS TENHO MINHAS DÍVIDAS, NÃO, SÓ DÚVIDAS (Kkkkk!!!). COM TODO RESPEITO, AOS TÉCNICOS DAS CIÊNCIAS EXATAS, COMO PODE O ENGENHEIRO CIVIL seuRELLES teuRELLES EX-MEuRELES MEIRELLES ENTRE 2003/2010 RECEBER EMPRÉSTIMOS TOMADOS PELO ‘TESOURO NACIONAL’ NO VALOR DE R$ 2,879.25 TRILHÕES, DEPOSITADOS EM ‘CONTA ÚNICA’ NO ‘BANCO CENTRAL’ DO TAL MEIRELLES PRESIDENTE (2003/2010) PARA BANCAR, TORRAR, JOGAR FORA COM A NÃO ++++ DO QUE A IMORAL ‘FAMIGERADA CIRANDA FINANCEIRA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL'(!!!).
    ESSE ELEMENTO NOCIVO DO seuRELLES, É O GRANDE MENTOR DO ‘SEPTETO QUEBRA BRASIL’, FORMADOS PELOS NÃO COMPETENTES & PQ. NÃO DIZER INCOMPETENTES:
    1°-LULA (CONDENADO & GRAÇAS AO DIABO AINDA SOrTO)!!!
    2°-PALOCCI (CONDENADO & GRAÇAS A ‘DEUS’ AINDA PRESO)!!!
    3°-MEIRELLES (GRAÇAS AOS DIABOS E SATANASES AINDA SOrTO)!!!
    4°-MANTEiGA (TEVE PRESO E GRAÇAS A SATANÁS AINDA SOrTO)!!!
    5°-DILMA (GRAÇAS AOS SATANASES AINDA SOrTA)!!!
    6°-LEVY (GRAÇAS AO DIABO AINDA SOrTO)!!!
    7°-LULU COUTINHO (GRAÇAS A SATANÁS AINDA SOrTO)!!!
    E DIANTE DOS FATOS MARCANTES NO GOVERNO MICHEL TEMER, SÓ NOS RESTA DIZER:
    ACORDA PRESIDENTE TEMER, VOCÊ ENLOUQUECEU? FORA MEIRELLES FORA MEIRELLES O ‘HOMBRE’ COMUNISTA MUI AMIGO DO CONDENADO LULA OAS ODEBRECHT JBS, QUE O INDICOU PRESIDENTE DE FATO DO BRASIL NA GESTÃO TEMER!!!
    E POR FALAR EM BUFUNFA, MEIRELLES CADÊ OS R$ 140 BILHÕES DEVOLVIDOS DO ‘BNDES’ = R$ 100 BILHÕES ++++ ‘REPATRIAÇÃO’ = R$ 40 BILHÕES, OS QUAIS SE GASTOS EM INFRAESTRUTURA, TERÍAMOS GERADOS EMPREGOS ++++ RENDA C/CRESCIMENTO ECONÔMICO, ARMA MORTAL AO COMBATE NOS ATUAIS ++++ DE 15.000.000 DE DESEMPREGADOS!!! E ONDE OS R$ 140 BILHÕES FORAM PARAR? FALA MEIRELLES, DIZ AOS 208.000.000 DE BRASILEIROS!!!
    SÓ RESTA FORA MEIRELLES, FORA MEIRELLES, FORA MEIRELLES, EM DEFESA DA CIDADANIA COM ++++ AMOR À PÁTRIA BRASIL E NOSSAS FAMÍLIAS!!!
    SDS/DEMOCRATAS.
    Domingos Correia.

  • FEIJÓ

    O QUE CHAMA ATENÇÃO É O PRESIDENTE DO SINDICOMBUSTÍVEIS DECLARAR QUE PAGAM SEUS IMPOSTOS RIGOROSAMENTE EM DIAS . PELO QUE SE NOTA É CHAMAR O POVO DE IDIOTAS,POIS TODOS OS IMPOSTOS AUTOMATICAMENTE ESTÃO INSERIDOS NOS PREÇOS E QUEM COMPRA É O POVO, PAGA E PAGA CARO.

  • nivaldo

    Desculpa esfarrapada,quando é para aumentar o preço eles fazem num passe de mágica,quando é para baixar aí tome tempo.

  • santos

    Simplesmente miolo de pote.

  • JEu

    P caso é muito mais “torpe” do que parece… faltou no texto acrescentar a palavra “honestidade” quando fala “leal e justo”… ora vão contar lorotas em outra freguesia…

  • Nadson Belo

    Este senhor devia explicar porque é que quando houve três reduções de preços dos combustíveis, nos meses de maio e junho ,os preços em nosso Estado aumentaram , ao invés de diminuir. Na verdade o que temos é um verdadeiro cartel de usurentos.

  • EDJIVANILSON

    Só tem besta nesse “sindicato”! Eitxa, Reinanzinho, caia mais nessa não! Ai que saudade da charrete do vovô!

  • ALAGOANO

    Independente da Oportunidade, que tiveram com esse aumento, vale perguntar ao digníssimo representante dos Postos, porque o posto de uma determinada rede de supermercados, consegue deixar o preço muito abaixo que os “Postos locais”, enquanto o preço do referido grupo é melhor, bem abaixo, dos praticados pelos postos LOCAIS, e que coincidência, os preços são todos muito parecidos, altos, com diferença de, 2 , 3 centavos…

    Mas essa rede que é de fora, consegue vender com um preço bem menor….

    Hum…. porque serÁ?
    cOM A PALAVRA O PRESIDENTE DO SINDICOMBUSTIVEL

  • Carlos Moura

    Uma sugestão para o donos de postos de combustíveis do Estado de Alagoas. .Divulgar em outdoor,bem como em cada posto de combustível por todo Estado em letras GRANDES , o valor do ICMS cobrado em cima dos combustíveis em Alagoas, hajs visto que o governador daqui,diz que baixou o querosene de aviação.
    E agora renanzinho.. Qual a próxima mentira?
    Não entendi também Caro Ricardo Mota , e leitores , o porque do Estado de Alagoas, queimar GNV no Pilar , produzir álcool, e aqui ser tão caro..Parece que quanto mais probre e miserável o lugar, mais imposto e cobrado em CIMA da população.

  • Lucas Farias

    Prezado Ricardo, e quanto à prática de vários postos que vendem os combustíveis a um preço menor apenas se o pagamento for efetuado no dinheiro para não haver a emissão de cupom fiscal? Em alguns lugares o “desconto” chega a 50 centavos por litro. Por que será? E se esse dito sindicato não serve para fiscalizar seus associados, para que ele serve? Legitimar o cartel? Francamente!

  • Vivo

    Esclarecedora a carta do sindicato. Poderiam também esclarecer porque a diminuição nos postos de Maceió demora tanto a ocorrer, quando é determinada pela BR.

    Outra coisa interessante: presidente, vocês são apenas fiéis depositários, repassadores de impostos, porque quem os paga somos nós.

    Cartel é cartel. Ces’t fini.

  • Carlos

    Concordo com o Carlos Moura, detalhem o imposto de 29% em cima da pauta de 3,77 , segundo áudio do rafael tenório, pelas minhas contas 3,77 X 29% daria R$ 1,09, é isso? Alguém sabe dizer? Desse valor descontaria o ICMS de entrada? São esses valores que a população precisa saber. Essas equações de impostos são caixas pretas que deviam ser abertas pra que a população pudesse entender quem é o verdadeiro vilão nessa história.
    Quanto é esse pis/confins? Qual a base que ele incide? E a famosa CIDE quanto é?

  • claudio

    Aproveitando a carta do Sindcombustiveis, pq ele não explica do Sindicombustives ter entrado na justica para impedir o Bompreço Iguatemi de abrir Posto de Gasolina? Será que foi o medo do Bompreco praticar o mesmo preço do Extra e ter combustivel de qualidade? Eles alegaram na justiça risco de explosão e matar as pessoas proximas, o que não falta é Posto em Maceio nessa mesma situação, se ele precisar de exemplos posso dar mais de 10. Isso se chama medo da concorrência, Oligopolio e prejudicar consumidores com preços mais altos.

    • breno

      Muito oportuno seu comentário. Ele perdeu uma excelente oportunidade de ficar calado.