A solução, se houver, há de ser política.

Foi o que disse o presidente do TRE, desembargador José Carlos Malta, sobre a bomba que lhe caiu no colo: Alagoas vai perder 20 zonas eleitorais, no próximo ano.

Serão 20 juízes a menos atuando no pleito de 2018.

Pois bem.

Malta propôs e a bancada federal de Alagoas vai se reunir com ele, na próxima segunda-feira, na sede do TRE, para discutir o tema e os caminhos para evitar que o pior possa acontecer.

A maioria dos parlamentares já confirmou presença.

Só com a participação deles é que o TSE pode voltar atrás no rezoneamento eleitoral, de tão graves consequências para Alagoas.

Tribunal Federal anula nomeação de Cícero Amélio para conselheiro do TC
Se Lula é uma jararaca, Temer é uma serpente de duas cabeças
  • wal

    O que é uma bomba para os Juízes, é um alívio para a população.

  • JEu

    Acredito que realmente a redução do número de juízes eleitorais pode trazer dificuldades para o TRE nas próximas eleições… pois muitos crimes eleitorais poderão ser cometidos, principalmente a famigerada compra de votos, com mais facilidade, pois faltará um apoio maior e mais próximo para a fiscalização… assim, não creio que os tais parlamentares tenham real interesse em mudar a situação apresentada, pois serão, em sua maioria, os primeiros beneficiados… se comparecerem à reunião (o que é bom para suas imagens perante o próprio TRE), podem até prometer alguma ação (isso eles fazem sempre, embora também sempre com resultados pífios ou, até, contrários) mas nada mudará… depois, alegarão que o motivo está no plano do governo federal de “cortar gastos” para o equilíbrio do plano fiscal do governo temeroso… tudo não passa e não passará de simples ilusionismo… e nisso eles são bons mesmo…

    • Carioca

      Se os deputados são contra devemos ser a favor, vamos acabar com a mamata dos juízes

  • Santana

    Se muitos candidatos já querem desrespeitar os mesários, com a ausência da figura do Juiz isto pode se agravar bastante. Não raro, vemos coligados de partidos e parentes deles querendo impor autoridade nas seções, algumas vezes até entrando em vias de fato com seus desafetos políticos. Alguns querem até questionar a autoridade de mesários voluntários, e sem a figura do juiz vai haver sobrecarga, inclusive, no trabalho da Polícia Militar. Muito me surpreende que os registros destes casos não tenham sido apreciados pelo TSE antes de lançar esta proposta.

  • carlos

    Se a compra de voto corre livre e solto! Agora a coisa se era fácil….Melhor ainda

  • Cesare Lombroso

    TSE, TCE, deviam serem extintos.

    As eleições devia serem controladas 100%, pela JUSTIÇA COMUM a COMARCA DO MUNICÍPIO – e, as contas municipais peka Câmara de VEREADORES. Vai lá no prédio do COLLOR, no farol, alugado ao TRE e ver a produção desses funcionários.

    Em síntese: OS SERVIÇOS PÚBLICOS DO PAÍS contribuem para a mazela que o brasileiro se encontra.

  • mario jorge

    Quanto mais facilitar a compra de voto e melhor. Para os Corruptos. Serão novamente eleitos e bom que tire todos os Juízes e uma zona mesmo. Por isso que chama zona eleitoral. Eu duvido que qualquer canidato ganhe uma eleição sem compra de voto. So ganha aquele que tem um trabalho social com a comunidade. Que são poucos ou Quase nehum. Eu posso da um EX.TEREZA NELMA. Prestadora de serviço a comunidade através da pestaloze e a casa rosa para a mulher com câncer. Fatima Santiago presta serviço a comunidade na Pitanquinha. So e olhar a quantidade de votos que eles tiveram e olhar a quantidade de votos. Dos compradores de votos profisionsl todo mundo sabe quem e so a policia federal e o MPF não sabe.

  • EVITA, EVITAR, EVITAR!!!

    VAMOS EVITA PORQUE A PRESIDENTE DO ‘STF’ SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, MINISTRA CÁRMEN LÚCIA DIZ COM TODAS AS PROPRIEDADES QUE:

    “NENHUM BRASILEIRO ACREDITA MAIS NAS INSTITUIÇÕES, SEJAM ELAS DO JUDICIÁRIO, EXECUTIVO, LEGISLATIVO E MINISTÉRIO PÚBLICO”.

    NOS PARECE RACIONAL DEDUZIR QUE É O MESMO DO VIVER EM UMA PSEUDO PSEUDO PSEUDO PSEUDO DEMOCRACIA! E NO MESMO RACIONAL SÓ TEMOS UMA SAÍDA, QUE É INTERVENÇÃO POR NO MÍNIMO 2 (DOIS). PODE SER INTERVENTOR JOAQUIM BARBOSA, PODE SER CÁRMEN LÚCIA, PODE SER MEU GURU ZÉVAQUEIRO, PODE SER ARABUTAN, PODE SER CHICO, PODE SER O CHICO PAPA!!! O QUE NÃO DEVE É PERMANECER UM CONGRESSO NACIONAL ONDE 50% DOS CONGRESSISTAS ENVOLVIDOS EM CORRUPÇÃO, DESVIOS DO ERÁRIO PÚBLICA OU OUTROS ILÍCITOS NO CUMPRIMENTO DO MANDATO NO PARLAMENTO!!! BASTA DE TANTAS ILICITUDES POLÍTICAS, OS ++++ DE 200.000.000 DE BRASILEIROS NÃO AGUENTAM TANTA INCOMPETÊNCIA NA GESTÃO PÚBLICA, HAJA VISTO OS HOSPITAIS FEDERAIS DO RIO DE JANEIRO NÃO TEM RECURSOS NEM NEM NEM NEM PARA COMPRAR GAZES E TRATAR FERIMENTOS!!!, MAS O COMUNISTA RICO seuRELLES teuRELLES MEuRELLES MEIRELLES PRESIDENTE DE FATO DO BRASIL, TEM DINHEIRO PARA JOGAR FORA, TORRAR R$ 643 BILHÕES (52%)(52%)(52%) EM 2017 ATÉ 26/06 (ANTEONTEM) C/A ‘CIRANDA FINANCEIRA FAMIGERADA DÍVIDA PÚBLICA FEDERAL’ AQUELA Q/JÁ FOI PAGA, É ANTIÉTICA E IMORAL, NO MAIOR CRIME DE LESA PÁTRIA E SÓ E SOMENTE SÓ GASTOU R$ 48,82 BILHÕES (3,94%)(3,94)(3,94%) COM SAÚDE!!! NÃO EXISTE MILAGRE NO GOVERNAR SEM DIVISÃO EQUÂNIME DAS RIQUEZAS PRODUZIDAS, AQUELAS QUE SÃO GERADAS PELOS IMPOSTOS PAGOS QDO. OS BRASILEIROS VÃO AS COMPRAS E PAGAM TRIBUTOS!!!
    SAÍDA SÓ COM INTERVENÇÃO POR NO MÍNIMO 2 (DOIS) PARA SANAR O CAOS CRIADOS PELOS desGOVERNOS LULA & DILMA.
    DE QUEBRA FORA MEIRELLES DO ‘SEXTETO QUEBRA BRASIL’ [LULA (GRAÇAS AO DIABO SOrTO) + PALOCCI (GRAÇAS A DEUS PRESO) + MANTEGA (O TEJE PRESO E GRAÇAS A SATANÁS AINDA SOrTO) + JOAQUIM LEVY (GRAÇAS SATANÁS SOrTO) + LULU COUTINHO (AINDA AVuANDO) + MEIRELLES ARROGÂNCIA MENTOR (AVuANDO P/O ALÇAPÃO)!!!
    VOCÊ BRASILEIRA SEJA ++++ NACIONALISTA, DEFENDA CIDADANIA COM ++++ AMOR À PÁTRIA BRASIL E SUA FAMÍLIA (FILHOS, NETOS, PAIS), PARA NÃO PERMITIR QUE ESSA QUADRILHA DE MAUS POLÍTICOS CONTINUE A GOVERNAR O BRASIL, PRINCIPALMENTE BRASÍLIA QUE FOI INCIPIENTE DA CORRUPÇÃO GENERALIZADA BRASIL AFORA!!!
    FORA MEIRELLES FORA MEIRELLES FORA LULA FORA LULA FORA PALOCCI FORA PALOCCI FORA MANTEGA FORA MANTEGA FORA JOAQUIM LEVY FORA JOAQUIM LEVY FORA LULU COUTINHO FORA LULU COUTINHO!!!
    SDS/DEMOCRATAS.
    Domingos Correia.

  • NADO

    A CONDENAÇÃO DO LULA, VAI SAIR DAQUI A 100 ANOS.

  • SEBASTIÃOIGUATEMYRCADENACORDEIRO

    QUANTAS ZONAS,MESMO !? ESQUECERAM DE MIM . . .

  • Othoniel Pinheiro Neto

    Há uma matéria no site do TSE (de maio de 2017) afirmando que se trata de uma espécie de rezoneamento da estrutura da Justiça Eleitoral, transformando-se, inclusive, muitas zonas em centrais de atendimento aos eleitores (?).
    De toda forma, os ministros do TSE afirmam que tal medida é para aprimorar o trabalho e reduzir despesas com as zonas eleitorais em tempos de crise econômica.
    Enfim, isso nada mais é do que um conjunto de aplicações de medidas de cunho liberal (como a Emenda Constitucional do “teto dos gastos”), que, no final das contas, vão gerar prejuízo econômico para o país com a facilidade de penetração do poder econômico na política por meios não republicanos.
    É por essas e mais outras que eu sempre venho dizendo que estamos voltando ao Brasil do início do século XX: liberal e coronelista.
    Não custa nada lembrar que a Justiça Eleitoral jamais agradou essa turma, uma vez que nasceu em contraponto aos seus propósitos: nasceu pelas mãos de Getúlio Vargas em 1932, fruto da Revolução de 1930, que representou uma parcial derrota dessa turma.

  • Marcos

    Com a crise, até as zonas fecharão, exceto em Brasília.

  • PMBernardo

    Com todos esses juízes eleitorais os casos de afastamento de políticos de seus cargos eletivos demoram anos. Saem dos cargos às vésperas das eleições seguintes, quando os mesmos nem serão mais candidatos.

  • Eleitora

    Tinham que acabar com as eleições a cada 02 anos. Isso é que faz gastar mais dinheiro. Retirar os analfabetos da votação e diminuir o número de candidatos.

  • Joao Roberto Lessa Peixoto

    Não poderia acontecer nada mais legal, Nas eleições, juízes são convocados para a função eleitoral e os processos de suas varas ficam dormindo em berço esplendido, até que eles disponham de tempo novamente. Só assim, estes processos poderão andar mais um pouco, mudando do passo de tartaruga para o passo de tamanduá!!!

  • Joilson Gouveia Bel&Cel RR

    URGE REDUZIR ZONAS E PARLAMENTARES NOS TRÊS NÍVEIS
    Joilson Gouveia*
    Eis o que havíamos dito sobre o descomunal, monstruoso e gigantesco Poder Legislativo, a saber:
    • Temos uma das maiores senão a maior Constituição Federal, com seus 250 artigos originários e Atos das Disposições Constitucionais Transitórias – ADCT – com 114 artigos em nada transitórios – ao todo 364 artigos; 140 Propostas de Emendas Constitucionais e mais outras em tramitação; 17 Códigos (civil, penal, eleitoral, comercial, processuais civis e militares e penais, de trânsito, do consumidor etc.) mais uma Consolidação de Leis Trabalhistas – CLT; 159 Leis Complementares; 13.144 leis Ordinárias(até 17/05/2017); 13 Leis-Delegadas(até 27/8/1992); 9054 decretos numerados e inumeráveis “não-numerados”; 2481 decretos-leis (até outubro de 1988); sem contar as resoluções, portarias, circulares e avisos e/ou súmulas, decisões, acórdãos e enorme jurisprudência, em nível federal. In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/05/e-proibida-toda-publicidade-enganosa-ou.html – em breve teremos mais leis que gente, “nesse país”.
    Como se sabe, “o Poder Legislativo, exercido pelo Congresso Nacional, Assembléias Legislativas e Câmaras Municipais, tem como principal atribuição legislar – criar as leis, ouvindo os anseios da sociedade. Outra importante atribuição do Legislativo é a de fiscalizar os atos do Poder Executivo.” (Sic.) In https://expresso-noticia.jusbrasil.com.br/noticias/132111/para-que-serve-afinal-o-poder-legislativo-no-brasil.
    Na prática, em verdade e na realidade, referidos poderes legislativos sequer têm “ouvido os anseios do povo”, nem o representado tampouco “fiscalizado os atos” dos respectivos poderes executivos senão submetidos, subsumidos e subjugados a esses poderes executivos, num conluio mancomunado insólito e sórdido, como sói acontecido. Aliás, se “fiscalizam os atos do executivo”, para que servem os Tribunais de Contas?
    Inclusive, havíamos discorrido sobre o tema, a saber:
    • “Todos viram, ouviram, discutiram, comentaram e uns até comemoraram com alegria, satisfação, esperança e emoção a anunciada ou noticiada REDUÇÃO de um parlamentar, na esfera federal e três, na estadual, inclusive postei nossas humildes considerações, no renomado Blog do Ricardo Mota, e aqui transcrevo um texto datado de 1995, que cairia como luvas às mãos, para saneamento do desperdício do Erário com uma gama de “servidores”, que quase ou em nada beneficiam ao povo, à comunidade e à sociedade em geral com os “SEUS TRABALHOS”. Senão vejamos, a seguir.” In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2014/06/reducao-parlamentar-uma-medida-sa.html.
    Ademais, também assestamos o seguinte, a saber:
    • “Enfim, por quê e para que tantos parlamentares e legisladores se já temos mais de 13 mil leis, decretos, resoluções, portarias e normas que, no mais da vez, são descumpridas, desrespeitadas quando não desconhecidas da imensa maioria do povo que sequer conhece a nossa Constituição Federal, que mais se parece com uma colcha de retalhos de tanto emendada?
    • Urge uma reforma política ampla, geral e irrestrita! Temos 27 Estados, bastam 2 senadores para cada um, bem como apenas cinco deputados federais por estado, o que reduziriam gastos, despesas e desperdícios supérfluos e desnecessários ou perdulários, ao invés de 81 senadores, teríamos 54 mais 1 do DF; total: 55! Deputados federais, ao invés de 513, teríamos apenas 135, mais 2 do DF, num total de 137! Teríamos um Congresso enxuto, limpo, livre e muito mais leve, célere e eficiente de apenas 292 parlamentares!
    • Nos Estados-membros e municípios, reforma semelhante e extinção de alcaides e edis nos municípios sustentados pelos Estados e União ou não autossustentáveis, mormente aqueles de população menor que cem mil habitantes! Teríamos uma economia de magnitude salutar às finanças, erário e tesouro brasileiros; ou não?” In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2016/08/a-eleicao-e-selecao-dos-melhores-dentre.html.
    Atentem bem ao que averbamos noutro texto, mormente quanto ao desperdício com esses “ditos representantes”, a saber:
    • “Fato é que, os 311 milhões de reais saltaram para 819 milhões de reais, ou seja, numa majoração de mais de 263,6%. Onde o reequilíbrio das contas públicas?
    • Ademais, os mais de 29 milhões de “contribuintes” – menos de 15% dos 210 milhões de brasileiros e brasileiras, habitantes e existentes no país, exatos 14,33% – sustentam aos nababos “parlamentares” e aos demais não-contribuintes!
    • Demais disso: “A Câmara dos Deputados e o Senado Federal tem orçamento previsto de R$ 10,2 bilhões para 2017. Isso quer dizer que o trabalho dos parlamentares brasileiros custará o equivalente a R$ 28 milhões por dia. Os valores das dotações das “Casas Legislativas” estão previstos no Projeto de Lei Orçamentária Anual.” Fonte: In http://www.contasabertas.com.br/website/arquivos/13678
    • Enfim, tem-se 14,33% pagadores-de-impostos, para manter Poderes, ditos republicanos, que não estão nem aí aos reclamos, preocupações, aflições, pleitos e necessidades da imensa maioria da população brasileira, onde sustentamos um “congresso nacional, que é bicameral, logo composto por duas Casas: o Senado Federal (integrado por 81 senadores, que representam as 27 unidades federativas (26 estados e o Distrito Federal) e a Câmara dos Deputados (integrada por 513 deputados federais, que “representam o povo”, mas o povo deLLes, parentela, apaniguados, filiados, comissionados e quejandos), sem falar nos ministros das “altas cortes totalmente acovardadas” e dos tribunais de fazem de conta e etc., bem como, também, aos aparelhados nos três poderes até o terceiro-escalão desses respectivos poderes; sendo mais de 100 mil comissionados só governo federal, a 70% dos cargos do Legislativo e aos comissionados do Poder Judiciário, que nem o “dr Google” sabe informar. In http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/05/onde-sociedade-justa-fraterna-e.html
    Insto aos leitores visitarem e lerem aos demais textos a seguir, a saber:
    a) http://gouveiacel.blogspot.com.br/2016/11/ao-parlamento-quieto-mudo-cego-mouco-e.html;
    b) http://gouveiacel.blogspot.com.br/2017/05/os-fundos-sem-fundos-dos-fundos.html;
    Enfim, seria salutar e de bom alvitre fixar eleições gerais não só a cada quadriênio, de vereador ao presidente da república, com votos impressos em três vias, para maior economia, segurança, transparência e publicidade dos resultados, sobretudo uma imprescindível redução de Zonas Eleitorais, para evitar a zona, balbúrdia e bagunça, e até passar a impressão de que temos uma democracia representativa e não uma argirocracia em que transformaram nosso espoliado país. Ou não? Sem descurar que “o voto nada decide. Quem decide tudo é quem conta os votos”. – Stalin.
    Abr
    *JG