É claro que não foi esta a intenção da Taturaninha, também batizada de Sururugate, mas a operação da PF na Assembleia Legislativa pode ajudar o governador Renan Filho na sua relação com os deputados estaduais.

Não foi diferente, por exemplo, com o tucano Téo Vilela, em 2007, quando foi deflagrada a Operação Taturana (a “mãe”).

Lembrando que Renan Filho vem enfrentando uma recente ação de rebeldia com a bancada governista, o que ficou evidente quando da eleição da nova Mesa Diretora.

Evidentemente, a ação da PF fragiliza os parlamentares, inclusive os novos comandantes da Assembleia, que haverão de precisar mais do socorro palaciano na (re) eleição do próximo ano.

Esta é a expectativa entre os deputados estaduais mais ligados aos Calheiros.

É uma boa lógica.

Assembleia quer que o TJ diga o que e quem está sendo investigado pela PF
Renan sinaliza que governo Temer está no fundo do poço
  • ALADROAS

    Todos os dias as mesmas notícias e os mesmos criminosos, mas ninguém preso. esse caras são imunes à prisão, é?

    • solon

      Não, o judiciário é que não tem imunidade a corrupção

  • RCarvalho

    Raposas irão prestar contas ao raposão.

  • GOVERNO RENAN FILHO SÓ PROMESSA!

    O governador RENAN FILHO continua a enganar os alagoanos, agora mesmo uma criança precisou de vacina contra FEBRE AMARELA e não existe em Maceió, percorreu os Postos de Atendimento da Maravilha e dois outros indicados pela propaganda na TV a população e não existe vacina disponível e muito menos quando vai chegar!!! Agora a criança vai cancelar a viagem ao Rio de Janeiro com seus genitores porque o governo de Alagoas continua com o governador RENAN FILHO na sua péssima gestão de só prometer e não cumprir!!!
    Ao mesmo tempo já começou a propaganda de nova vacinação, desta feita contra ‘raiva’ para cães, gatos, e amanhã acaba como acabou a da ‘febre amarela’!!! Votou errado em RENAN FILHO eis a questão!

  • Decepcionado

    É só mais uma desculpa para negociarem “apoio’ em troca de benefícios como sempre e com esse governo não tem dificuldade pois ‘negociar’ é com ele.Se não foram punidos e nem devolveram nenhum tostão dos 300 milhões e ninguém foi e está preso,porque se preocuparem agora com “punição” por mais 150 Milhõesinhos ? Papai resolve.

  • JEu

    Pois vão se dar mal… muito mal… pois a lógica diz que, em 2018 a derrocada do clã dos Calheiros vai sofrer uma derrota das mais acachapantes… é só esperar para ver… em 2018 o povo vai dar o troco…

  • Joao

    Vergonha do judiciário alagoano ! O Brasil é o país da corrupção por causa da ganância e impunidade !
    Precisamos de nova lei orçamentária urgente com diminuição dos repasses para o judiciário e legislativo !